• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.48.2020.tde-30092020-165643
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel Saraiva Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Santos, Marcelo Giordan (Presidente)
Carnio, Michel Pisa
Mortimer, Eduardo Fleury
Título em português
Aspectos discursivos e contextuais da problematização no ensino de química sob uma persperctiva sociocultural
Palavras-chave em português
Interações discursivas
Modelo topológico de ensino
Problema
Problematização
Sequências didáticas
Resumo em português
Este trabalho tem como base a noção de problema sob a perspectiva sociocultural e objetiva caracterizar as estratégias discursivas mobilizadas por uma professora de Química para efetuar o processo de problematização sociocientífica de uma sequência didática (SD) elaborada com base no Modelo Topológico de Ensino (MTE). Para isso, utilizamos o termo problema sociocientífico como forma de aproximar as esferas social e científica em sala de aula de modo que situações de relevância para os/as estudantes sejam estudadas e apropriadas por eles/as. Sendo assim, para que tais objetivos sejam cumpridos, exige-se dos professores uma estruturação de planos de ensino que ditem de forma sistematizada as atividades em sala de aula. Assim, propomos o MTE como ferramenta teórica e metodológica de planejamento de ensino segundo o qual o problema, definido com uma questão desencadeadora que estrutura a narrativa do professor em sala de aula, funciona como elemento articulador dos eixos estruturantes do modelo atividade, conteúdo e tema. Para analisar, portanto, as características discursivas da problematização, utilizamos a elaboração de uma SD como desenho metodológico para produção de dados para a pesquisa. O tratamento dos dados foi efetuado com base na metodologia de mapeamento multinível para a seleção de episódios de ensino referentes ao movimento de problematização que estruturou a sequência e análise de suas respectivas características discursivas. De forma geral, nossos resultados demonstraram que houve uma dinâmica de ocorrência de propósitos e contextos discursivos ao longo das aulas para subsidiar a problematização, sendo que, para a apresentação do problema, observamos uma maior abertura às ideias dos alunos e ao longo da sua resolução e conclusão um discurso mais direcionado pela professora de modo a efetuar transições entre atividades e relacionar o problema aos conteúdos químicos estudados. Observamos também nas diferentes fases da problematização tensões discursivas suscitadas por deslocamentos contextuais mobilizados para a construção da problematização.
Título em inglês
Discursive and contextual aspects of the problematization in Chemistry teaching from a sociocultural perspective
Palavras-chave em inglês
Didactical sequences
Discursive interactions
Problem
Problematization
Topological model of teaching
Resumo em inglês
This work is based on the notion of problem under the sociocultural perspective and aims to characterize the discursive strategies performed by a Chemistry teacher to structure the process of socioscientific problematization of a didactical sequence (DS) based on the Topological Model of Teaching (TMT). To do so, we chose the term socioscientific issue (SSI) as a way to bring the social and scientific spheres closer to the classroom by the proposition of relevant themes which will be studied and appropriated by the students. Therefore, in order to achieve these goals, teachers are required to structure teaching plans that systematically dictate classroom activities. Thus, we propose the TMT as a theoretical and methodological tool for teaching planning according to which the problem, defined as a triggering question that structures the teacher's narrative in the classroom, functions as an articulating element of the structuring axes of the model - activity, content and theme. Therefore, to analyse the discursive characteristics of the problematization, we used the production of a DS as a methodological design for data production for the research. The data treatment was based on the multilevel mapping methodology for the selection of teaching episodes related to the problematization movement that structured the sequence and analysis of their respective discursive characteristics. In general, our results showed that there was a dynamic occurrence of purposes and discursive contexts throughout the classes to support the problematization. For the problem presentation, we observed a greater openness to the students ideas, and throughout its resolution and conclusion, a directed discourse by the teacher in order to make transitions between activities and to relate the problem to the chemical contents. We also observed in different phases of the problematization discursive tensions raised by contextual displacements that were mobilized for the construction of the problematization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-11-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.