• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.48.2022.tde-27052022-110234
Documento
Autor
Nome completo
Eric Rodrigues Netto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Silveira, Paulo Henrique Fernandes (Presidente)
Fabbrini, Ricardo Nascimento
Gallo, Silvio Donizetti de Oliveira
Título em português
Sobre a tomada da palavra em educação: uma leitura de Jacques Rancière
Palavras-chave em português
Emancipação intelectual
Igualdade
Jacques Rancière
Maio de 1968
Tomada da palavra
Resumo em português
Nesta pesquisa teórica, buscamos compreender possíveis relações da ideia de tomada da palavra com os textos do pensador franco-argelino Jacques Rancière, em especial os seus contributos para a educação. Tendo extração inicial a partir do caráter simbólico que a tomada da palavra veio a ganhar no contexto de maio de 1968 na França e na aproximação que propõe entre as palavras de poetas, trabalhadores e intelectuais , interpretamos esta noção em diálogos possíveis de textos de Rancière com seu O mestre ignorante. Um deles trata da cena romana da secessão dos plebeus ao monte Aventino e de uma querela sobre a palavra, em passagens do livro O desentendimento; outro, envereda pelos trabalhos de Rancière acerca do regime estético ou regime das artes, a fim de salientar a potência poética da tomada da palavra em educação. Nesse sentido, investigamos como essa noção desestabiliza as hierarquias socialmente definidas entre aqueles que podem ou não falar, entre intelectuais e não-intelectuais, e como o povo verifica sua capacidade intelectual e a igualdade das inteligências ao tomar a palavra.
Título em inglês
On enacting speech in education: a reading of Jacques Rancière
Palavras-chave em inglês
Enacting speech
Equality
Intellectual emancipation
Jacques Rancière
May 1968
Resumo em inglês
In this theoretical research, we seek to understand possible relationships between the idea of enacting speech and the texts of the French-Algerian thinker Jacques Rancière, especially his contributions to education. Initially extracted from the symbolic character which enacting speech came to have in the context of May 1968 in France, we interpret this notion in possible dialogues between texts by Rancière and his book The Ignorant Schoolmaster. One of them deals with the Roman scene of the secession of the plebeians to Mount Aventine and a quarrel over the word, in passages from the book Disagreement; the otherstake up Rancière's work on the aesthetic regime or the regime of the arts, aiming to emphasize the poetic power of enacting speech in education. In this sense, we investigate how this notion destabilizes the socially defined hierarchies between those who can or cannot speak, between intellectuals and non-intellectuals, and how the people verify their intellectual capacity and equality of intelligences when they enact speech.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ERIC_RODRIGUES_NETTO.pdf (1,015.04 Kbytes)
Data de Publicação
2022-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.