• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2013.tde-28012014-100610
Documento
Autor
Nome completo
Miriam Brito Guimaraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Araújo, Ulisses Ferreira de (Presidente)
Colello, Silvia de Mattos Gasparian
Grandino, Patricia Junqueira
Título em português
Heterogeneidade na sala de aula: as representações dos professores de anos iniciais da educação básica
Palavras-chave em português
Heterogeneidade
Inclusão
Representações de professores
Resumo em português
Um longo e lento caminho de transformações determina a história da educação. Da criação da instituição escolar, até a atualidade, a luta para transformar o privilégio da educação, em um direito e expandi-lo a todos atravessou os séculos. A consolidação da educação como direito trouxe o acesso de todos às escolas e modificou a sala de aula, aumentando a heterogeneidade e desafiando os modelos pedagógicos que se tornaram insuficientes para atendê-la. O debate sobre a qualidade na educação contemporânea se alterna entre a perspectiva econômica da visão da educação do povo, como capital humano e a de direito de inserção social do indivíduo. Os professores enfrentam o desafio de promover a aprendizagem de todos dentro de duas perspectivas divergentes e necessitam recorrer a habilidades profissionais para lidar com as diferenças em salas de aula e adequar sua prática docente. Para oferecer apoio a esses profissionais é necessário conhecer seu modo de compreender e atuar dentro desse cenário para se estabelecer ações mais eficazes para formação desses profissionais. Assim, este trabalho visou identificar as formas de representação dos professores da educação básica sobre a heterogeneidade das classes, que foi acentuada pelas transformações sociais e pelas mudanças da educação contemporânea no Brasil. Para atingir nosso objetivo, fizemos uma pesquisa com 31 professoras de anos iniciais de três escolas públicas de São Paulo, coletando informações sobre as representações que fazem da heterogeneidade da sala de aula e buscando as relações com as dimensões de ação e de emoção dos professores. Nossos resultados apontaram que as professoras, em sua maioria identificam o fenômeno da heterogeneidade em suas salas e fazem diferentes representações a respeito dele. Existe, no grupo, de forma expressiva, a visão problematizada sobre as diferenças dos alunos, seja em relação aos níveis de alfabetização, ou a limites de aprendizagem que identificam neles. Registramos a presença de forte ideal de homogeneização do grupo-classe, expresso pela definição de objetivos pedagógicos unificados, levando a um ensino padronizado, com pouca consideração para as expectativas ou interesses dos alunos.. Esses objetivos estão também atrelados às avaliações oficiais padronizadas para todas as escolas, que acabam reforçando a tendência niveladora. Identificamos uma minoria de professoras que buscam atuar na lógica contrária, qual seja, a de partir das necessidades e expectativas diferenciadas dos alunos para oferecer-lhes caminhos pedagógicos adequados, que consideram suas singularidades. Estas professoras consideram as diferenças nos alunos na ótica inclusiva e até como elemento enriquecedor da sala de aula e consideram as diferenças ao realizarem planejamento e estabelecerem objetivos para grupo e alunos, utilizando estratégias inclusivas.
Título em inglês
Heterogeneous classroom: representations of teachers in the early years of basic education
Palavras-chave em inglês
Heterogeneity
Inclusion
Teachers representations
Resumo em inglês
A long and slow path of transformations underlines the history of Education . Since creation of the school institution, thousands of years ago, until today, the struggle to transform this privilege in right and expand it to all people it took centuries . The consolidation of education as a right brought access to all schools and changed the classroom, increasing heterogeneity and challenging pedagogical models. The debate about quality in contemporary education alternated between economic perspective view of the education of the people , such as human rights and social integration of the individual . Teachers face the challenge of promoting the learning of all within two divergent perspectives and need to resort to professional skills to deal with differences in classrooms and adapt their teaching practice. To provide support for them is necessary to know their way of understanding and acting within this scenario to establish more effective actions on training of these professionals. This study aimed at identifying the representation form of Basic Education teachers on the heterogeneity seen in classrooms, as well as identifying implications between teaching representations and practices. To address this issue, we carried out a study with 31 teachers of the first years of public schools of São Paulo, trying to get information on the representation they make of the classrooms heterogeneity, and trying to find relationships with the teachers action and emotion dimensions. Our findings indicate that the vast majority identifies their student groups as heterogeneous in different ways. The two leading approaches show a strong link of homogenization with the classroom-group. The most recurring one associates the heterogeneity to the discrepancies in learning processes or results presented by the students, and the second one, of heterogeneity in a perspective of heterogeneity as a synonym of problems. In a smaller part of our sample we also identified the idea of heterogeneity as a natural phenomenon among students that manifest itself through different expectations, personalities and learning ways. Also, we were able to identify the existence of correlations among the forms of representations made and the practices suggested by teachers, reinforcing the research work in the field. This points out to the need of resuming the debate with the teachers on the current educational background and the discussion on the educational models that could be implemented to indeed promote education for all.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.