• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.48.2014.tde-25092014-145658
Documento
Autor
Nombre completo
Fabio Marques de Souza
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Catani, Afranio Mendes (Presidente)
Abrahao, Maria Helena Vieira
Bongestab, Cristina
Cruz, Maria de Lourdes Otero Brabo
Moraes, Amaury Cesar
Título en portugués
O cinema como mediador na (re)construção de crenças de professores de espanhol-língua estrangeira em formação inicial
Palabras clave en portugués
Cinema
Crenças
Espanhol-língua estrangeira (E-LE)
Filmes
Formação de professores
Integração latino-americana
Resumen en portugués
A cultura de aprender e ensinar uma língua estrangeira baseia-se em teorias implícitas que são compostas por fatores como crenças, motivações, memórias, intuições e imagens, dentre outros. Dessa forma, as concepções dos agentes envolvidos na operação global do ensino de línguas exercem profunda influência em todo o processo, já que cada indivíduo, permeado por seu contexto sócio-histórico-discursivo tem suas crenças que embasam as atitudes que norteiam seu comportamento em face do complexo processo de ensino-aprendizagem de línguas. Diante do exposto, esta tese tem como escopo analisar as crenças de professores de espanhol-língua estrangeira (E-LE) em formação inicial, no que diz respeito ao processo de aquisição/aprendizagem da língua estrangeira e ao tratamento unidade e diversidade linguística experimentada pelo espanhol no contexto do ensino desta língua para brasileiros; todas essas reflexões mediadas pelo cinema. Guiamo-nos pela pergunta de pesquisa: se e como se transformam, com a mediação do cinema, as crenças de professores de espanhol em formação inicial acerca do processo de aquisição/aprendizagem da língua estrangeira e do tratamento da unidade e diversidade linguística no ensino de espanhol-língua estrangeira para brasileiros? Trata-se de uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico que se iniciou com a compreensão panorâmica do nosso contexto e, a partir de um grupo focal, traçou um levantamento das crenças dos participantes antes, durante e depois das oportunidades de reflexão propiciadas ao longo do semestre 2013.2, de forma a compreender, no processo, como elas se transformavam ou não por meio das atividades de reflexão propostas. A fundamentação teórica do trabalho está ancorada na perspectiva sociocultural, na formação de professores de línguas, na reflexão a respeito das crenças que permeiam o complexo processo de ensino-aprendizagem de línguas e no papel do cinema como artefato semiótico mediador. A experiência reforçou nossa tese de que o cinema pode contribuir significativamente na formação inicial de professores de espanhol língua-estrangeira promovendo a conscientização linguística a respeito de como se adquire/aprende a língua, bem como possibilitando o trabalho com a variação linguística no ensino deste idioma para brasileiros a partir do cinema, considerado conforme a perspectiva sociocultural que adotamos como artefato cultural, ferramenta de mediação simbólica potencializadora do desenvolvimento humano. Concluímos ressaltando a necessidade da difusão do espanhol como língua estrangeira multidimensional e intercultural para brasileiros no âmbito da integração latino-americana, bem como a importância da promoção de espaços de mediação na busca pela transformação de conceitos cotidianos, iluminados por conceitos científicos, possibilitados por meio de atividades que se proponham promover o pensamento reflexivo acerca das crenças, estratégias e atitudes envolvidas no processo de aprendizagem de línguas estrangeiras, almejando potencializar o engajamento do aprendiz e o autogerenciamento da sua aprendizagem.
Título en inglés
Cinema as a mediator in the (re)construction of beliefs of preservice teachers of Spanish as a foreign language
Palabras clave en inglés
Beliefs
Cinema
Latin American integration
Movies
Spanish as a foreign language (S-FL)
Teachers education
Resumen en inglés
The culture of learning and teaching a foreign language is based on implicit theories involving beliefs, motivations, memories, insights and images, among others. In this sense, the concepts of the agents behind the overall operation of language teaching exert a profound influence on the whole process, since each individual, permeated by his socio-historical-discursive context, carries beliefs which ground their attitudes and behavior towards the complex process of teaching/learning languages. Considering the above, this dissertation aims at analyzing the beliefs of pre- service foreign language teachers of Spanish, with regard to their acquisition/learning of the language and the linguistic unit vs linguistic dichotomy experienced by Spanish teachers and learners in Brazil. These reflections will be mediated by the cultural and linguistic diversity of Spanish-speaking films. Our research questions whether the mediation of cinema would contribute to change the beliefs of pre-service teachers of Spanish towards the acquisition/learning of foreign languages and the linguistic diversity in the teaching of Spanish as a foreign language in Brazil. Under the framework of ethnography and qualitative research, our study started by understanding the larger context, and using the focus group methodology, we surveyed the beliefs of the participants before, during and after the reflection encounters offered throughout the second semester of 2013, in order to detect whether these beliefs changed in the course of the discussions. Our theoretical framework is grounded on a sociocultural perspective, and drawn from studies on teacher education, on the role of beliefs on foreign language teaching/learning, and on the role of cinema as an artifact of semiotic mediation. The experience has strengthened our contention that cinema can significantly contribute to pre-service training of teachers of Spanish by promoting language awareness and language learning metacognition. Moreover, films, when regarded as cultural artifacts and tools of symbolic mediation that amplify human development, enable a deeper understanding of cultural and linguistic variation. We conclude by stressing the Spanish should be taught as a multidimensional, intercultural foreign language in Brazil, in the context of Latin American integration. We would also like to emphasize the importance of promoting spaces of mediation, since they may contribute to the transformation of everyday concepts, enlightened by scientific concepts, afforded through activities that promote reflection on the beliefs, attitudes and strategies involved in the process of learning a foreign language, and these may ultimately encourage learners autonomy and the self-management.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-10-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.