• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.48.2006.tde-22062007-111924
Document
Author
Full name
Eliana Maria Ormelezi
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2006
Supervisor
Committee
Masini, Elcie Apparecida Fortes Salzano (President)
Gatti, Bernardete Angelina
Kupfer, Maria Cristina Machado
Mrech, Leny Magalhaes
Prieto, Rosangela Gavioli
Title in Portuguese
Inclusão educacional e escolar da criança cega congênita com problemas na constituição subjetiva e no desenvolvimento global: uma leitura psicanalítica em estudo de caso
Keywords in Portuguese
Cegueira
Crianças cegas com problemas graves no desenvolvimento
Distúrbios globais de desenvolvimento
Inclusão escolar
Problemas na constituição da subjetividade
Psicanálise e educação
Abstract in Portuguese
Esta Tese tem como objeto de estudo a criança cega congênita com problemas na constituição da subjetividade e do desenvolvimento e sua inclusão educacional e escolar. É composta por um estudo de caso de um menino cego, no período em que ele se encontrava com cinco e seis anos de idade, com o objetivo de conhecer as especificidades dessa criança no modo como se instauraram os graves problemas de desenvolvimento, identificando singularidades e condições nas quais ela manifesta possibilidades de tornar-se sujeito e desenvolver-se, viabilizando também a inferência em relação a outras crianças cegas que mostram problemas semelhantes, sem compará-las à criança vidente. Além desse estudo apresentamos o levantamento de dados de outros dois casos para corroborar a análise e reflexões do primeiro. Estudar essa problemática, com o foco no âmbito educacional, poderá colaborar com os educadores na criação de condições necessárias à efetiva participação dessas crianças no contexto escolar. As referências teóricas que apóiam este trabalho estão pautadas em conceitos fundamentais da Psicanálise que abrem perspectivas para pensar essa criança, tais como as noções de corpo para além do dado orgânico na implicação da constituição de sujeito e a noção de olhar constituinte do sujeito, capaz de ver a criança além da deficiência. A abordagem da Psicanálise com a Educação, as especificidades da Educação Especial com foco na deficiência visual e os debates acerca dos paradigmas que atravessaram a Educação Especial até a Educação Inclusiva também deram suporte teórico à questão estudada. Os procedimentos metodológicos adotados foram a observação participativa da criança em atividades em uma instituição especializada e a entrevista com a mãe. Para análise dos dados foi adotado o método de Análise de Discurso em três níveis, a saber: 1) das condutas, falas, emoções, expressões corporais e modos próprios da criança; 2) do discurso de sua mãe; e 3) da inter-relação dos elementos significativos do discurso da mãe e das manifestações da criança. Os dados obtidos nesta pesquisa confirmam que a cegueira não é fator determinante nos desvios e comprometimentos no desenvolvimento, apesar de ter valor fundante na estruturação psíquica. A criança que nasce cega tem plenas condições de constituir-se sujeito, bem como de desenvolver-se. Mas ela poderá ter seu caminho impedido dependendo de como seus pais se sentirem afetados em sua fantasmática acerca da cegueira. São as dificuldades na interação mãe-bebê que poderão causar problemas para essa criança se desenvolver. Sua cegueira pode ser um limite ao desenvolvimento e à constituição, mas não a causa de possíveis desvios. É a preocupação com a inclusão educacional e escolar que dá sentido a este mergulho junto à mãe e à criança que estudamos para compreender o conflito referente à deficiência que se instala na família, o qual se estende a toda sociedade, da qual a escola é uma parte fundamental.
Title in English
Educational and school inclusion of the blind chills with problems on the subjective constitution and on the development: a psychoanalytic lecture of a study case
Keywords in English
Blind child with severe problems in the development
Blindness
Global development disorders
Inclusion
Problems at the constitution of subjectivity
Psychoanalysis and education
Abstract in English
This thesis concerns a congenital blind child with problems in his subjective constitution and development. It is a case study of a blind boy between five and six years old. It has the objective of studing the specific characteristics of this child and how he develops his severe problems of development, identifying singularities and conditions that he manifests. This research permits comparison with other blind children with similar problems, without comparing them with sighted children. In addition, we discuss the data of two other cases, to confirm the analysis and reflection about the first one. This study, in educational perspective, can aid teachers create the necessary conditions to the effect participation of these children in the school ambient. The theoretician references that support this research are based on the fundamental concepts of Psychoanalysis that open perspectives to think about this child, notions of the body, (not only the organic body) the subjective constitutions, the recognition of the subject beyond of the deficit. This research is supported by Psychoanalysis and the Education approach, the specific characteristics of Special Education that refers specially to the blind and the debates of the paradigm that crossed the Special Education until the Inclusive Education supports this research. The methodological procedure adopted were the participative observation of the activity of the child in the specialized institution and an interview with the mother. The data analysis used the analysis of discourse in three levels: 1) the attitude, the speech, the emotions, the body expression and the particular ways of the child be in the world; 2) the discourse of the mother; and 3) the interaction between the meaningful elements of the mother's speech and the manifestations of the child. The obtained data of these research confirms that the blindness is not a determinative factor on the problems of development, but it has a structural value on the psychic structure. The child that born blind has all the conditions to be a subject and to develop; however the child's development can be difficult, depending upon how the parents feel affected about blindness. But she can find difficult in her development depending how the parents be afected about the blindness. Difficultties in the relationship between mother and child may cause problems for the development of the child. Blindness can be a limit on development, but not the cause of the problems. It´s the concern about the child entering the school and social environment that explains our motivation of this study - the relationship of mother and child to understand the conflict about the handicap inside the family, that can be extend to all society, and to school, which is an important part of the life of the child.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2007-07-06
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2022. All rights reserved.