• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2011.tde-21122011-134551
Documento
Autor
Nome completo
Katiene Nogueira da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Catani, Denice Barbara (Presidente)
Beisiegel, Celso de Rui
Lima, Ana Laura Godinho
Lugli, Rosario Silvana Genta
Pereira, Gilson Ricardo de Medeiros
Título em português
Do controle das paixões à maestria de si: um estudo acerca das práticas e das representações de moralização na escola pública paulista (1948-1978)
Palavras-chave em português
expansão do ensino paulista
história da educação
história da profissão docente
práticas e representações de moralização
práticas escolares
Resumo em português
Este trabalho busca compreender mediante a perspectiva sócio-histórica como foram configuradas e mobilizadas as práticas e as representações de moralização na escola pública paulista em um período que compreende a democratização das oportunidades de educação e que alterou o modelo de escola que era mantido desde a época republicana. O termo moralização é entendido como a moral destinada a ser incorporada pelos indivíduos. A idéia do poder sobre si mesmo exercido a partir do interior é especialmente fértil para a compreensão das práticas e das representações de moralização na escola pública paulista durante o período investigado. Além da diversidade em relação à clientela que passou a ocupar o espaço escolar, a origem social dos professores primários também mudou. Para governar as massas e gerir a diversidade no interior das instituições escolares durante a expansão do ensino, foi importante levar cada um a governar a si próprio, o que consistiu num elemento necessário à própria existência da democratização do acesso à educação pública. A escolha do ano de 1948 como marco inicial para o estudo deve-se a ser este o ano de início da Campanha de Defesa da Escola Pública. Trata-se um movimento cívico importante na história da escola pública brasileira e que culminou, em 1961, com a promulgação da LDB nº4.024. O período compreendido por este trabalho encerra-se em 1978, quando mudanças no comportamento dos professores ganharam visibilidade a partir do momento em que os mesmos aderiram a uma greve, ainda no regime militar, à revelia das entidades que os representavam, como a Associação dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP) e o Centro do Professorado Paulista (CPP). As fontes escolhidas, os manuais de didática e metodologia do ensino, as revistas pedagógicas e a legislação vigente no período, permitiram conhecer melhor os discursos veiculados, as normas e a obrigatoriedade referentes às práticas e às condutas nas escolas assim como as orientações dadas aos professorandos e depois aos professores sobre como deveria ser realizado o trabalho docente, visando a oferecer a formação considerada adequada aos alunos. Ao longo do exame das fontes consultadas, foi possível perceber que as práticas de moralização eram diversas e a sua justificativa era fundamentada mediante variados discursos, que obedeciam a três eixos principais: psicológico, religioso e cívico. Portanto, as principais evidências indicam que, para que as representações acerca da idéia de moral fossem transformadas em práticas nas escolas, era necessário evocar um discurso legitimado pela idéia de autocontrole, de Deus e de nação.
Título em inglês
The control of the passions to the mastery of self: a study about practices and representations of moralizing in public school in São Paulo (1948-1978)
Palavras-chave em inglês
expansion of teaching in São Paulo
history of education
history of the teaching profession
practices and representations of moralizing
school practices
Resumo em inglês
This work seeks to understand the socio-historical perspective as were configured and deployed practices and representations of moralizing in public school in São Paulo that period comprises the democratization of educational opportunities and that changed the school model that was kept from the Republican era. The term "morality" is understood as the moral to be incorporated by individuals. The idea of power about yourself exercised from the interior is especially important for the understanding of practices and representations of moralizing in public school during the period investigated. Besides the diversity in relation to people who moved to the school environment, the social origin of primary teachers has also changed. To govern the people and manage diversity within educational institutions during the expansion of higher education, it was important to take each one to govern itself, which was a necessary element for the existence of the democratization of access to public education. The choice of the year in 1948 as a milestone for the study is due to be the year of initiation of the campaign for defence of public school. This is an important civic movement in the history of Brazilian public school, and which culminated in 1961, with the promulgation of the LDB nº 4.024. The period for this work ends in 1978, when changes in the behaviour of teachers have gained visibility since they joined the strike, even in the military regime, in absentia of the entities that represent, as the Associação dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP) and the Centro do Professorado Paulista (CPP). The fonts you choose, didactic manuals and methodology of teaching, pedagogical magazines and the law of the period, enabled a better understanding of the speeches delivered, the standards and requirements concerning practices and to conduct schools as well as the guidelines given to students and then to teachers about how work should be accomplished teaching to provide training considered "proper" students. Throughout the examination of the sources consulted, it was possible to realize that morals were diverse and its justification was given by various speeches, which were the three main axes: psychological, religious and civic. Therefore, the main evidence indicates that for representations about the idea of "morals" were transformed into practice in schools, it was necessary to evoke a speech legitimized by the idea of self-governance, God and the nation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.