• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.48.2020.tde-19112019-155241
Documento
Autor
Nome completo
Andreia Lunkes Conrado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Santos, Vinicio de Macedo (Presidente)
Côrrea, Diogo Silva
Godoy, Elenilton Vieira
Monteiro, Alexandrina
Soares, Denise Carreira
Título em português
Diversidade, diferença e currículo de matemática: relações entre macropolíticas e o tempo dos atores na escola
Palavras-chave em português
Currículo de matemática
Diferença
Diversidade
Educação de jovens e adultos
Políticas curriculares
Resumo em português
Esta investigação tem como objetivo compreender o tempo e a ação dos atores na escola em relação ao tratamento das diferenças culturais no contexto da prática e suas relações com as políticas curriculares oficiais com foco na diversidade. As chamadas políticas da diversidade, produzidas entre 2004 e 2014, abarcaram uma série de agendas relativas às questões da educação especial, relações étnico-raciais, educação de jovens e adultos, educação do campo, educação escolar indígena, educação escolar quilombola, gênero e sexualidade, educação de pessoas encarceradas e educação ambiental; e produziram efeitos para as políticas curriculares. A partir deste contexto, a pesquisa se desenvolve em dois movimentos. O primeiro, analisa os textos oficiais que sustentam estas políticas (diretrizes, leis e outros documentos) no campo curricular a fim de identificar o modo como tratam a questão da diversidade-diferença e suas implicações para o currículo de matemática. O segundo, descreve uma experiência de campo realizada no Centro Integrado de Educação Jovens e Adultos (Cieja) Paulo Emílio Vanzolini, pertencente à rede municipal de educação da cidade de São Paulo. A escola foi escolhida em razão do tratamento dado a diversidade em sua proposta curricular e a pesquisa de campo procurou identificar e analisar situações e ações relacionadas à diversidade no contexto escolar, em especial, na sala de aula de matemática. Os dados foram coletados por meio de uma metodologia de inspiração etnográfica, em situações vivenciadas nas aulas de matemática, em reuniões pedagógicas coletivas, em eventos promovidos pela escola, além da análise de documentos produzidos pela escola e de entrevistas realizadas com docentes, discentes e gestores. A pesquisa toma como referência teórica autores do campo da sociologia pragmática, das Teorias Curriculares e da Educação Matemática em sua vertente sociocultural.
Título em inglês
The place of diversity in the mathematics curriculum: relationships between macro-politics and actors' time in school
Palavras-chave em inglês
Adult education
Curricular policies
Difference
Diversity
Mathematics curriculum
Resumo em inglês
This research aims to understand the time and the action of the social actors in school as regard as the treatment of cultural differences in contexts of practice and official curriculum standards focusing on diversity. The so called "diversity policies", produced between 2004 and 2014, covered a range of agendas: ethnic-racial relations, adult education, rural education, indigenous education, quilombola education, gender and sexuality, education of people incarcerated and environmental education; and eventually produced effects for curricular policies. From this context, the research has developed in two movements. The first one analyzes the official texts that underpin these policies (curricular standards, legislation and other documents) in the curriculum field in order to identify how they deal with the issue of diversity and its implications for the mathematics curriculum. The second, describes a fieldwork held at to the public adult educational system of the city of São Paulo - Centro de Integração de Educação de Jovens e Adultos (Cieja) Paulo Emílio Vanzolini. That school was chosen because of the treatment given to diversity in its curricular proposal and the field research aimed to identify and analyze situations and actions related to diversity in the school context, especially in the mathematics classroom. The data were collected through an ethnographic inspiratated methodology in situations experienced in mathematics classes, in teachers meetings, in events promoted by the school, in addition to the analysis of documents produced by the school and interviews with teachers, students and managers. This research takes as theoretical reference authors in the field of pragmatic sociology, curricular theories and mathematical education in its sociocultural aspect.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.