• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2016.tde-15082016-150022
Documento
Autor
Nome completo
Deise Rosalio Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Carmen Sylvia Vidigal (Presidente)
Saviani, Dermeval
Schlesener, Anita Helena
Secco, Lincoln Ferreira
Semeraro, Giovanni
Título em português
Hegemonia e educação: proposta gramsciana de superação da subalternidade
Palavras-chave em português
Cultura
Educação
Estado
Gramsci
Hegemonia
Subalternidade
Resumo em português
O presente trabalho versou sobre a investigação do léxico gramsciano com o objetivo de identificar os conceitos que influenciaram o delineamento de uma perspectiva educativa e do lugar que ela ocupa no conjunto da obra de Gramsci. Partindo do levantamento quantitativo de palavras e termos que representam conceitos mobilizados pelo autor, buscou-se a compreensão das noções desenvolvidas, a relação entre a recorrência do conceito e sua incidência na conformação de um ideário educativo integrante do projeto de ação política para a superação da subalternidade. A análise centrou-se no conjunto dos Cadernos do cárcere, obra que melhor expressa o apurado exame histórico e as reflexões sobre a delimitação estratégica de luta política desenvolvida pelo autor. Escritos anteriores à prisão, as Cartas do cárcere e produções de comentaristas foram complementares ao estudo. Pensada como parte inerente do seu projeto de transformação social, a concepção educativa não poderia ser plenamente compreendida se deslocada de um conjunto de conceitos produzidos e/ou reformulados por Gramsci ao longo de sua permanência no cárcere, entre os quais se destacam: senso comum, bom senso, religião, filosofia, ideologia, filosofia da práxis, sociedade política, sociedade civil, estrutura, superestrutura, guerra de posição, guerra de movimento, relações de força, transformismo, Oriente, Ocidente, Estado, bloco histórico, revolução passiva, revolução permanente, hegemonia, subalternidade, reforma intelectual e moral, teoria e prática, tradutibilidade, catarse, molecular, vontade coletiva, conformismo, forma e conteúdo, intelectual, partido, cultura e homem. A quantificação do uso dos conceitos nos Cadernos do cárcere sinalizou a relevância, mas não determinou necessariamente o peso da sua importância na construção da acepção pedagógica gramsciana. A ampliação do conceito de Estado e a reformulação e o aprofundamento da teoria de hegemonia compõem a maneira pela qual Gramsci realiza a tradutidibilidade do marxismo, enriquecendo-o com uma perspectiva educativa revolucionária concebida como proposta para a superação da subalternidade. A teoria histórica e política elaborada por Gramsci pode ser expressa por duas díades integradas: hegemonia e educação; teoria e prática. A revolução é pensada como um processo molecular de educação permanente para preservação da hegemonia necessária à conformação de um bloco histórico que deponha a subalternidade.
Título em inglês
Hegemony and education: Gramscian proposal to subalternity overcoming.
Palavras-chave em inglês
Culture
Education
Gramsci
Hegemony
State
Subalternity
Resumo em inglês
The present work is related on the research of Gramsci's lexicon in order to identify the concepts that influenced the delimitation of an educational perspective and the place it occupies in the set of Gramscis work.Through the quantitative survey of words and terms that represent concepts mobilized by the author, sought the understanding of the developed ideas, the relationship between the concepts recurrence and its incidence on the formation of an educational setting, part of a political action project for the subalternity overcoming. The analysis focused on the set of "Prison Notebooks", the work that best expresses the accurate historical examination and the reflections on the strategic definition of political struggle developed by the author.Previous writings to his prison, "Prison Letters" and commentators productions were complementary to the study. Imagined as an inherent part of his project of social transformation, the educational conception could not be fully understood if shifted from a set of concepts produced and or reformulated by Gramsci throughout his stay in prison, among which stand out: common sense, good sense, religion, philosophy, ideology, philosophy of praxis, political society, civil society, structure, superstructure, war of positions, war of movement, power relations, transformism, Eastern, Western, State, historical bloc, passive revolution, permanent revolution, hegemony, subalternity, intellectual and moral reform, theory and practice, translatability, catharsis, molecular, collective will, conformism, form and content, intellectual, party, culture and men.The concepts use quantification in the "Prison Notebooks" signaled the relevance, but not necessarily determined the weight of their importance in the construction of Gramscian pedagogical meaning.The concept expansion of State and the reformulation and deepening of hegemony theory make up the way in which Gramsci realizes Marxism translatability, enriching it with a revolutionary educational perspective conceived as a proposal for subalternity overcoming.The historical and political theory developed by Gramsci can be expressed by two integrated dyads: hegemony and education; theory and practice.The revolution is thought as a molecular process of continuing education to preserve the hegemony required to the formation of a historical bloc that deposes the subalternity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.