• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.48.2020.tde-15022021-120930
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Carmen Sylvia Vidigal (Presidente)
Chiozzini, Daniel Ferraz
Dallabrida, Norberto
Gutierrez, Laurent
Tamberlini, Angela Rabello Maciel de Barros
Título em português
Classes experimentais secundárias de instituições públicas de ensino do estado de São Paulo: um estudo sobre formas de circulação e apropriação de práticas pedagógicas (1951-1962)
Palavras-chave em português
Apropriação
Circulação
Classes experimentais secundárias
Classes Nouvelles
Cultura escolar ensino secundário
Resumo em português
O campo educacional brasileiro, nos anos 1950, configurava-se como um espaço-tempo de rico florescimento de posições teóricas e iniciativas de renovação do ensino secundário, etapa do ensino cuja revisão se impunha como pauta da vez. Este anseio por reformulação era atribuído à marca elitista e tradicional, desenhada pelo sistema de rigidez formal imposto pelas Leis Orgânicas de Ensino. Nesse contexto, a retomada do debate promovido pelo movimento da Escola Nova fornecia reflexões que iam ao encontro das soluções desejadas. Baseadas nesses pressupostos, as classes experimentais integravam a clave das inovações pedagógicas pretendidas, inserindo-se nesse campo de aplicação de métodos, processos escolares e matrizes pedagógicas consideradas renovadoras. No estado de São Paulo, o surgimento dessas experiências contou com as ações pioneiras do educador Luis Contier, que, após realizar estágio de Centre International d Études Pédagogiques, em Sèvres, centro que fazia circular a matriz pedagógica das Classes Nouvelles, implantou as primeiras classes experimentais em um instituto estadual, à margem da legislação vigente. Nessa esteira, impulsionadas pelas ações desse educador, essas experiências foram autorizadas via homologação dos Pareceres no. 31/58 do Conselho Nacional de Educação e no 77/58 da Consultoria Jurídica do Ministério da Educação e Cultura. A partir de sua criação, a documentação norteadora destes ensaios orientava que, assim como o ensaio desenvolvido por Contier, as classes experimentais secundárias seguissem os moldes classes nouvelles. A partir da ampliação destes ensaios, que se estenderam a diferentes instituições públicas e privadas, laicas e confessionais, multiplicaram-se também as matrizes hibridizadas e práticas pedagógicas foram tecidas, dando novos contornos à formatação original. Neste sentido, a presente tese tem por objetivo analisar as apropriações realizadas, a partir das Classes Nouvelles, nas classes experimentais secundárias instaladas duas em instituições públicas de ensino do estado de São Paulo: no Instituto Estadual Alberto Conte, primeira experiência não oficial, e no Instituto Narciso Pieroni, primeira experiência oficial. Parte-se da hipótese de que, a exemplo das primeiras classes experimentais do estado, incorporadas no tecer da legislação que autoriza o ensaio, as experiências que se seguiram também se apropriaram da matriz advinda das classes nouvelles. Busca-se, nesta direção, balizar os usos diferenciados que fizeram desta matriz pedagógica. O recorte temporal do presente estudo inicia-se na década de 1950, quando Contier, retorna de estágio em Sèvres e dá início ao seu ensaio de renovação, e conclui-se na primeira metade da década de 1960, quando a Lei de Diretrizes e Bases de 1961 formaliza a autorização para a realização destas experiências pedagógicas, e, ainda, ano em que se finalizava a última turma de Experimental do Instituto Narciso Pieroni. O corpus empírico é composto por documentados coletados em acervos brasileiros e franceses, constituindo-se de revistas e periódicos nacionais e internacionais; documentos dos acervos dos educadores envolvidos nas experiências; legislação e documentos oficiais; relatórios das classes; relatos e documentos de ex-alunos/as e ex-professores/as. Para a leitura desta questão, utilizar-se-ão os conceitos de apropriação e circulação compreendidos na perspectiva de Roger Chartier; tática e a estratégia, tomados de Michel de Certeau, e campo, de Pierre Bourdieu.
Título em inglês
Secondary experimental Classes of public education institutions in the state of São Paulo: a study on forms of circulation and appropriation of pedagogical practices (1951-1962)
Palavras-chave em inglês
Appropriation
Circulation
Nouvelles classes
School culture secondary education
Secondary experimental classes
Resumo em inglês
The Brazilian educational field, in the 1950s, was demarcated as a space-time of rich flourishing of theoretical positions and practical initiatives aimed at renovating secondary education, but which needed reformulation. The revision of secondary education was due to its elitist, traditional and characterized by the rigidity of Organic Teaching Laws. The resumption of the debate was promoted by Escola Nova, with reflections that sought the desired solutions. Thus, the experimental classes became part of the intended pedagogical innovations. It is in this sense that they fall within the field of application of renewing methods and processes, as well as in the field of new types of curricular matrices. In São Paulo, these experiences counted on the pioneering spirit of Luis Contier, who, after his internship at the Center International d Études Pédagogiques, in Sèvres, where known the pedagogical matrix as Classes Nouvelles circulated, implemented, contrary to current legislation, the first experimental classes in a state institute. In the wake of this educator, such experiences, approved by Decree no. 31/58 of the National Education Council and no 77/58 of the Legal Consultancy of the Ministry of Education and Culture, were regulated by the publication of Circular no 1, of the Secondary Education Directorate, in 1959. From its creation, the documentation that he started guide these essays, orienting that, like the essay developed by Contier, the secondary experimental classes followed the molds of the nouvelles classes. Different institutions, public and Catholic, have adopted hybrid matrices. Pedagogical practices were woven, reformatting the original version. This thesis aims to analyze such appropriations from the Nouvelles Classes in the secondary experimental classes in public teaching institutions in São Paulo: at the Alberto Conte State Institute, first unofficial experience, and at the Narciso Pieroni Institute, first official experience. It starts from the hypothesis that, like these first classes, incorporated by the legislation that authorized the essay, the other experiences also appropriated the pedagogical matrix of the nouvelles classes. What is sought is to mark out its different uses. The time frame of the present study begins in the 1950s, when Luis Contier, returned from his internship, started the renovation test, and concluded in the first half of the 1960s, when the Law of Guidelines and Bases of 1961 authorizes the pedagogical experiences for the improvement of the educational processes and the variation of teaching, due to the social and regional specificities of each institution, the same year in which the last experimental class of the Narciso Pieroni Institute was concluded. The empirical corpus of the present research - collected in Brazilian and French collections - comprises national and international magazines and periodicals in circulation at the time; collections of educators involved in the experiences; legislation and official documents; class reports; reports and documents from alumni and teachers. For its reading, concepts of appropriation and circulation will be used, understood in the perspective of Roger Chartier; tactics and strategy, on the other hand, will be taken by Michel de Certeau, and those on the field, by Pierre Bourdieu.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-02-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.