• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.48.2020.tde-11122019-173022
Documento
Autor
Nombre completo
Jacqueline Cristina Jesus Martins
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Neira, Marcos Garcia (Presidente)
Camargo, Maria Cecilia da Silva
Carvalho, Rosa Malena de Araújo
Título en portugués
Educação física, currículo cultural e a educação de jovens e adultos: novas possibilidades
Palabras clave en portugués
Currículo cultural
Educação física
EJA
Resumen en portugués
Por um longo período, a Educação Física esteve afastada da Educação de Jovens e Adultos. Contribuiu com esse fato tanto a legislação que a rege como as práticas pedagógicas que não consideram as singularidades dos seus sujeitos. Ancorada em pressupostos que concebem as aulas como momentos de realização de exercícios físicos extenuantes, e por isso não seriam adequadas a esses estudantes, a frequência é desnecessária e, às vezes, a própria oferta do componente curricular. Em muitos casos, quando acontecem, as aulas são tratadas como meras atividades, deixando de lado o caráter pedagógico e realizando práticas que caberiam em outros espaços, como clubes e academias. Apesar do quadro desanimador, o tema tem despertado o interesse dos pesquisadores. Embora ainda seja pequena, a produção científica sobre o assunto sinaliza a emergência de uma outra forma de compreender a Educação Física na EJA. Com esse intuito, foram desenvolvidas e analisadas experiências com o chamado currículo cultural em um Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (Cieja) localizado no município de São Paulo. Adotando a pesquisa descritiva como método e a análise cultural como forma de interpretar os relatos das experiências, as entrevistas com estudantes, professores e gestores da escola e os documentos pedagógicos, foi possível reconhecer a potência da Educação Física cultural na EJA, graças ao diálogo travado com os sujeitos e com o contexto social vigente. A investigação reconhece diferentes significações atribuídas ao componente curricular e compreende tal polifonia como fruto do contexto social vigente, a Pós-Modernidade. O estudo também identifica certas especificidades do currículo cultural quando colocado em ação na modalidade Educação de Jovens e Adultos, como o estabelecimento de rotinas nas aulas com vistas a proporcionar a uma participação mais efetiva dos estudantes com deficiência; e um olhar mais detido sobre as habilidades corporais envolvidas nas manifestações tematizadas, a fim de proporcionar um engajamento equilibrado nas atividades propostas. Conclui-se, portanto, que o currículo cultural de Educação Física se apresenta como possibilidade de mudança para o atual cenário da Educação Física na EJA.
Título en inglés
Physical education, cultural curriculum and youth and adult education: new possibilities
Palabras clave en inglés
Adult education
Cultural curriculum
Physical education
Resumen en inglés
For a long time, Physical Education was far from Adult Education. The legislation of this teaching modality and pedagogical pratices that do not consider the singularities of its public produce this situation. Anchored in conceptions of classes as moments of strenuous physical exercises, and therefore would not be suitable for these students, frequency is unnecessary and sometimes even the curricular component. In many cases, when they happen, the classes are treated as mere "activities", leaving aside the pedagogical character and performing practices that would fit in other spaces, such as clubs and academies. Despite the discouraging situation, the topic has aroused the interest of researchers. Although still small, the scientific production on the subject indicates the emergence of another way of understanding Physical Education in the Adult Education. With this purpose, experiences with the so-called cultural curriculum were developed and analyzed in an Integrated Center for Adult Education, in São Paulo. Adopting the method of the descriptive research and cultural analysis as a way of interpreting the experiences, reports and interviews with students, teachers and school administrators and pedagogical documents, it was possible to recognize the power of the cultural Physical Education in the Adult Education, thanks to the dialog with people envolved and with the current social context. The research recognizes different meanings attributed to the curricular component and realizes such polyphony as a result of the current social context, Post-Modernity. The study also identifies some specificities of the cultural curriculum when it is performed in the Youth and Adult Education modality: the establishment of routines in the classes aiming at the better participation of the disabled students and a look at the corporal abilities involved in the themed corporal manifestations bring the balance and the participation of all. It is concluded, therefore, that the cultural curriculum of Physical Education presents itself as a possibility of change to the current scenario of Physical Education in the Adult Education.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-01-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.