• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Simony Cristina Teixeira dos Anjos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Cintya Regina (Presidente)
Oliveira, Amurabi Pereira de
Tosta, Sandra de Fátima Pereira
Título em português
Diálogos entre educação e antropologia na ABA e na Anped: espaços educativos e territórios identitários
Palavras-chave em português
ABA
Anped
Antropologia e educação
Poder-saber
Verdade
Resumo em português
Esta pesquisa, intitulada Diálogos entre Antropologia e Educaçãona ABA e na Anped: espaços educativos e territórios identitários, é fruto do nosso interesse pelas relações, conexões, intersecções e disputas entre dois campos do conhecimento: a antropologia e a educação. Assim sendo, tem como objetivo traçar os caminhos dos debates entre a antropologia e a educação presentes nos trabalhos apresentados nos encontros da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) e da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), no período compreendido entre 1995 e 2015. Com base no tripé foucaultiano do saber, poder e verdade, o estudo apresenta os temas e maiores discussões dos papers selecionados nos anais de tais eventos, buscando identificar discursos e disputas discursivas. Em outras palavras, de que forma os objetos de pesquisa caros à antropologia e à educação têm se cruzado, medido forças e circulado na seara da atual problemática educacional. Para realizar tal tarefa, dentro do recorte apresentado, foram mobilizadas todas as mesas que versaram sobre educação nos registros dos anais da ABA e na Anped, todas as mesas que trouxeram temas caros à antropologia como educação indígena, educação rural/agrária, diversidade sexual e de gênero, questões étnicas, além de mesas que mobilizassem as ciências sociais, explicitamente. A partir desse levantamento, foram traçados três eixos de análise, a saber: 1) Quais espaços educacionais (formais ou não) suscitam problemas para a educação e para a antropologia; 2) A construção da alteridade nos papers apresentados; e 3) Como as pesquisas com perspectivas culturais indicam uma nova proposta de educação formal.Assim, nos propusemos a mapear por quais caminhos esses entrecruzamentos se dão em nosso arquivo. E acreditamosser nossa contribuição aos estudos educacionais em relação à cultura e à antropologia, a identificação do enunciado recorrente em nosso acervo: a intersecção constante entre a escola e a diferença.
Título em inglês
Dialogues between anthropology and education at ABA and Anped: educational spaces and identitarian territories
Palavras-chave em inglês
ABA
Anped
Anthropology and education
Power-knowledge
Truth
Resumo em inglês
This dissertation, entitled Dialogues between Anthropology and Education at ABA and Anped: educational spaces and identitarian territories, is the fruit of our interests on relations, connections, intersections and disputes between two fields of knowledge: Anthropology and Education. Thus, this research aims to trace paths of anthropology with education debates in the papers presented at the meetings of the Brazilian Association of Anthropology (ABA) and the National Association of Postgraduate and Research in Education (Anped), from 1995 to 2015. Based on the foucaultian tripod: knowledge, power and truth, this dissertation shows the themes and major discussions of the papers selected from the annals records, seeking to identify discourses and discursive disputes. In other words, how the research objects that are important to anthropology and education have been intersected, measured, and circulated in the current educational scenario. In order to carry out this task, all the presenting tables which dealt with education in the records of ABA and Anped's annals were mobilized, all the tables that brought significant subjects to anthropology (such as indigenous education, rural / agrarian education, sexual and gender diversity, ethnic issues, among others), as well as tables that explicitly mobilized social sciences. Through this research, three analysis axles were drawn: 1. Which educational spaces (formal or otherwise) raise problems for education and for anthropology; 2. The construction of alterity in the papers presented and 3. How research with cultural perspectives indicates a new proposal of formal education. Thus, we set out to map by which paths these crisscrosses occur in our archive. And we believe that it is our contribution to educational studies in relation to culture, and to anthropology, the identification of the most repeated statement in our collection: the constant intersection between school and difference.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.