• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Guinoza Matuda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Vicentini, Paula Perin (Presidente)
Lugli, Rosario Silvana Genta
Martins, Andréia
Neira, Marcos Garcia
Novaes, Luiz Carlos
Título em português
O magistério como nova carreira e ascensão social: histórias de vida e formação de egressos do curso de pedagogia de uma faculdade privada da cidade de São Paulo (2014-2017)
Palavras-chave em português
Conhecimento pedagógico do conteúdo
Curso de pedagogia
Docência nos anos iniciais
Formação de professores
Ingresso no magistério público
Saberes docentes
Resumo em português
Os processos de massificação do Ensino Superior permitiram que indivíduos das camadas populares chegassem a este nível de ensino, mas eles acessam sistemas bastante desiguais e ficam sujeitos à hierarquia das profissões, conforme Dubet (2015). A carreira do magistério parece atrair estudantes provenientes desses segmentos que veem a profissão como uma possibilidade de ascensão. Deste modo, a partir das referências de Shulman (2014) sobre o conhecimento pedagógico relativo aos conteúdos a serem lecionados e de Tardif (2010) e Pimenta (1997) sobre os saberes docentes, o objetivo desta pesquisa foi averiguar como profissionais oriundos de camadas populares mobilizam a sua formação, em termos pedagógicos e de conteúdos, ao iniciar sua prática docente no Ensino Fundamental da rede pública. Para tanto, este estudo ocupou-se em investigar egressos do Curso de Pedagogia de uma instituição privada de ensino localizada na cidade de São Paulo- SP e que estavam em seus primeiros anos como professores. Na primeira etapa, 169 egressos deste curso responderam um questionário com suas informações pessoais e ocupações profissionais. A maioria deles declara que trabalha na área de Educação, porém nem todos como professores. Os que iniciaram na carreira docente estão predominantemente nas escolas públicas, lugar de sua formação inicial. Entre estes participantes, foram entrevistadas cinco professoras que atuam no Ensino Fundamental, quatro delas ingressaram na carreira por meio do concurso público e uma como professora eventual. Os relatos destas professoras indicam que os saberes docentes são múltiplos e vêm de diversas fontes como: a história pessoal e familiar dos sujeitos, a trajetória escolar e os contextos de vida escolar nos quais se inserem na profissão. São professoras que iniciam a carreira entre os 35 e 48 anos, sendo o magistério sua segunda ou terceira profissão. Elas indicam que estavam há muito tempo distantes dos processos de escolarização quando ingressaram no Ensino Superior e, quando concluíram seus estudos, apesar de avaliarem que tiveram uma boa formação no Curso de Pedagogia, afirmam que não se sentem preparadas para lidar com todas dificuldades enfrentadas em sala de aula. Por este motivo, as entrevistadas apontam suas fontes de saberes do conhecimento pedagógico relativo aos conteúdos que precisam lecionar. Livros didáticos, a troca de experiências com os colegas e mídias disponíveis na internet são algumas dessas fontes.
Título em inglês
Teaching as a new career and social: life and education stories of undergraduated students of the Pedagogy degree in a private college in São Paulo city (2014-2017)
Palavras-chave em inglês
Pedagogical content knowledge
Pedagogy degree
Teachers training
Teaching at public schools
Teaching in elementary school
Teaching knowledge
Resumo em inglês
The massification of Higher Education have allowed individuals from the popular classes to reach this level of education, but they access quite unequal systems and are subject to the hierarchy of professions, according to Dubet (2015). The teaching career seems to attract students from these segments who see the profession as a possibility of ascension. Thus, based on Shulman's (2014) references on pedagogical content knowledge and on Tardif (2010) and Pimenta (1997) on teachers knowledge, the objective of this research was to find out how professionals from the popular classes mobilize their training, in terms of pedagogy and content, when starting their teaching practice in Elementary School of the public system. Therefore, this study was to investigate students of the Pedagogy degree of a private educational institution located in São Paulo city and who were in their early years as teachers. In the first step, 169 undergraduated of this degree answered a questionnaire with their personal information and professional occupations. Most of them state that they work in the area of Education, but not all as teachers. Those who began their teaching career are predominantly in public schools, a place for their initial formation. Among these participants, five teachers were interviewed who work in elementary schools, four of them started the career through public contest and one as an eventual teacher. The reports of these teachers indicate that the teaching knowledge is multiple and comes from different sources such as: the personal and family history of the subjects, the school trajectory and the school life contexts in which they are inserted in the profession. They are teachers who start their career between the ages of 35 and 48 and the teaching is their second or third profession. They indicate that they have been long distant from the schooling process when they started the undergraduation studies and, when they finished their studies, although they evaluated that they had a good formation by the Pedagogy degree, they affirm that they do not feel prepared to deal with the difficulties faced in a classroom. For this reason, the interviewees point out their sources of pedagogical content knowledge: textbooks, sharing experiences with colleagues and media available on the internet are a few examples.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.