• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Nádia Baggio Barreto Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ramos, Michele Schultz (Presidente)
Canzonieri, Ana Maria
Bastos, Flavio Henrique
Bedeschi, Cynthia
Título em português
Aspectos do aprendizado motor em pacientes com esclerose múltipla remitente recorrente: implicações para a reabilitação
Palavras-chave em português
Aprendizado motor
Esclerose múltipla
Reabilitação física
Resumo em português
Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune, inflamatória e desmielinizante, a qual afeta o sistema nervoso central (SNC) podendo ocasionar disfunções sensoriais, cognitivas e/ou motoras. Até o momento não há cura, entretanto, os indivíduos acometidos podem apresentar expectativa de vida prolongada e de boa qualidade utilizando-se da terapêutica medicamentosa correta e se envolvendo nos programas de reabilitação física e cognitiva, os quais se relacionam diretamente à aprendizagem motora (AM). Entende-se AM como um fenômeno que compreende mudanças no SNC, advindas de experiências e práticas prévias, relacionadas à capacidade de realizar tarefas motoras específicas, resultado de processos de neuroplasticidade. O objetivo desta pesquisa foi avaliar aspectos do AM na EM. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Humanos da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo - EACH/USP - através do parecer número 1.947.155; CAAE 60189716.6.0000.5390. A amostra foi composta por 36 indivíduos, sendo 18 com Esclerose Múltipla Remitente Recorrente (EMRR) e 18 sem a doença, os quais foram submetidos a testes que avaliaram aspectos do AM: aquisição, retenção a curto e a longo prazo e transferência, através da realização de uma tarefa de função manual avaliada por um sistema computadorizado. Os testes foram filmados nos planos sagital e transversal durante a execução da tarefa, sendo estes vídeos avaliados posteriormente de forma qualitativa. Os resultados encontrados neste estudo foram semelhantes entre os grupos na maioria das variáveis estudadas, demonstrando que os indivíduos com EMRR, de baixa incapacidade motora e com até 10 anos de diagnóstico, apresentam a mesma curva de AM que indivíduos sem a doença. Apesar da capacidade de AM deste indivíduo estar íntegra, algumas particularidades encontradas nesta população indicam a necessidade de repensar as estratégias terapêuticas utilizadas neste grupo, a fim de potencializar as capacidades de aprendizagem motora
Título em inglês
Not informed by author
Palavras-chave em inglês
Motor learning
Multiple sclerosis
Physical rehabilitation
Resumo em inglês
Multiple Sclerosis (MS) is an autoimmune, inflammatory and demyelinating disease, which affects the central nervous system (CNS) and can cause sensory, cognitive and / or motor dysfunctions. At the moment there is no cure, however, the affected individuals can present long life expectancy and good quality by using the correct drug therapy and becoming involved in physical and cognitive rehabilitation programs, which are directly related to motor learning (ML). ML is understood as a phenomenon that includes changes in the CNS, arising from previous experiences and practices related to the capacity to perform specific motor tasks, the result of neuroplasticity processes. The aim of this study was to evaluate aspects of ML in MS. The research was approved by the Committee of Ethics in Research with Humans of Escola de artes, ciências e humanidades- Universidade de São Paulo - EACH / USP - number 1,947,155; CAAE 60189716.6.0000.5390. The sample consisted of 36 individuals, 18 of them with RRMS and 18 without the disease, who underwent tests that evaluated aspects of ML: acquisition, short and long term retention and transfer, by performing a function task manual evaluated by a computerized system. The tests were filmed in the sagittal and transversal planes during the execution of the task, these videos being evaluated later in a qualitative way. The results found in this study were similar between the groups in most of the variables, demonstrating that the individuals with RRMS, with low motor incapacity and with up to 10 years of diagnosis, present the same motor learning curve as individuals without the disease. Although the motor learning ability of these individuals is suitable, some particularities found in the MS population indicate the need to rethink the therapeutic strategies used in this group, in order to potentiate the motor learning abilities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
rodrigues_me.pdf (2.19 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.