• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Thalles Palmeira de Lucena Amorim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Costa, Marcelo Fernandes da (Presidente)
Lopes, Marcia Caires Bestilleiro
Souza, Givago da Silva
Ventura, Dora Selma Fix
Título em português
Acuidade visual e visão de cores no tratamento cirúrgico precoce e tardio da catarata congênita
Palavras-chave em português
Cambridge Colour Test
Canais Oponentes
Catarata Congênita
Desenvolvimento Visual
Resumo em português
A Catarata Congênita (CC) é definida como a opacidade do cristalino, que está presente no nascimento ou surge logo após. Pode ser classificada de acordo com sua morfologia, posição, densidade e seu prognóstico varia conforme a morfologia e precocidade do diagnóstico e tratamento. Devido à privação visual na Catarata Congênita, ocorre o impedimento da evolução orgânica e funcional de maneira adequada do sistema visual, levando a alterações que resultam na baixa visão, além afetar componentes da retina e áreas do cérebro relacionados com o processamento de cores. O objetivo deste trabalho foi verificar o impacto da no desenvolvimento da visão de cores e acuidade visual entre crianças tratadas da catarata congênita. Foram avaliados 2 grupos: 16 crianças do grupo controle e 16 crianças do grupo CC. Foi utilizado os Cartões de Acuidade de Teller para avaliar a acuidade visual e uma versão adaptada para avaliação de crianças do Cambridge Colour Test (CCT) para a avaliação dos três eixos de visão de cores (protan, deutan e tritan). Houve redução de Acuidade visual de todas as crianças do grupo CC além de redução nos eixos deutan e protan quando comparados com o grupo controle, principalmente o eixo protan. Foi encontrada correlação entre o eixo protan e acuidade visual, inferindo assim que há uma alteração na retina central e na via parvocelular em crianças com CC
Título em inglês
Visual acuity and color vision after treatment of congenital cataracts
Palavras-chave em inglês
Cambridge Color Test
Congenital Cataract
Opponent Channels
Visual Development
Resumo em inglês
Congenital Cataracts (CC) is defined as lens opacity, present at birth or appearing soon after. This condition can be classified according to morphology, position and density, and the prognosis varies according to morphology and early diagnosis and treatment. Due to visual deprivation in Congenital Cataracts, the organic and functional evolution of the visual system is impaired, leading to changes that result in poor vision, while also affecting retina components and brain areas related to color processing. The aim of this study was to verify the impact on the development of color vision and visual acuity among children who underwent congenital cataracts treatment. Two groups were evaluated: 16 children in the control group and 16 in the CC group. Teller's Acuity Cards were used to evaluate visual acuity, and an adapted version of the Cambridge Color Test (CCT) was applied to evaluate the three color vision axes (protan, deutan and tritan). Decreased visual acuity was observed for all children in the CC group, as well as in the deutan and protan axes when compared to the control group, primarily the protan axis. A correlation was detected between the protan axis and visual acuity, thus inferring that changes in the central retina and the parvocellular pathway in children with CC do indeed occur
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
amorim_corrigida.pdf (1.29 Mbytes)
Data de Publicação
2019-07-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.