• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2012.tde-19072012-102245
Documento
Autor
Nome completo
Suely Akimi Mizumoto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Zangari, Wellington (Presidente)
Machado, Fatima Regina
Paiva, Geraldo Jose de
Título em português
Dissociação, religiosidade e saúde: um estudo no Santo Daime e na umbanda
Palavras-chave em português
Ayahuasca
Coping
Dissociação
Mediunidade
Santo Daime
Saúde mental
Umbanda
Resumo em português
Este projeto pretendeu contribuir para a compreensão das relações entre saúde mental, psicopatologia e estados modificados de consciência, sobretudo no contexto religioso. Trata-se de um estudo observacional em corte transversal que objetivou apresentar a relação entre religiosidade e saúde advinda do exercício de práticas mediúnicas de duas religiões genuinamente brasileiras: Santo Daime e Umbanda. Serviram como sujeitos de análise cento e seis (n= 106) participantes, 42 do Santo Daime (Grupo 1 com 19 conversos, Grupo 2 com 23 novatos aderentes), e 44 da Umbanda (Grupo 3 com 22 conversos, Grupo 4 com 22 novatos). O grupo controle (Grupo 5), contou com 20 voluntários. O estudo compreendeu duas perspectivas, a qualitativa e quantitativa. A qualitativa teve apoio na abordagem fenomenológica com fundamentação teórica em Karl Jaspers. Os instrumentos utilizados foram: Questionário dos Perfis e instrumentos reconhecidos e validados transculturalmente para o idioma português do Brasil: Escala de Apoio Social do Medical Outcomes Study, (Sherbourne & Stewart, 1991); Escala de Resiliência (Wagnild & Young, 1993); Escala de Experiências Dissociativas (Carlson & Putnam, 1993); Escala de Bem Estar Subjetivo (Albuquerque & Troccóli, 2004); e Escala de Coping Religioso-Espiritual (CRE-Breve, Panzini & Bandeira, 2005). A investigação da saúde foi realizada mediante a análise das correlações entre os grupos religiosos e um grupo controle observando-se os seguintes aspectos: a) diferenças e semelhanças entre adeptos experientes e novatos aderentes a partir de um delineamento preciso do perfil dos participantes apresentados no Perfil Saúde (saúde física e mental incluindo-se aspectos etiológicos para a dissociação tais como o abuso físico ou psicológico, sonambulismo, amigos imaginários, inclinação e recuperação da drogadição); Perfil Religiosidade (explorando-se o exercício da espiritualidade em face da nova cosmogonia com aprendizado de habilidades psíquicas); e Perfil social (dados sócio demográficos); b) a associação existente entre a rede de apoio social e doutrinário e a capacidade de resiliência, presença de experiências dissociativas, de bem estar subjetivo e de estratégias de enfrentamento religioso/ espiritual a partir da busca pelo serviço religioso; c) o impacto do exercício da prática religiosa atual sobre a frequência e o controle das experiências dissociativas e suas possíveis repercussões sobre aspectos da saúde e; d) averiguação da associação entre o domínio adquirido sobre as experiências dissociativas e a recuperação da dependência (uso/abuso) de substâncias psicoativas atribuída à participação aos rituais. Resultados: a amostra é composta por 38 homens e 68 mulheres. Idade média=38 anos. Instrução superior=68%. Motivo da escolha= 70% espiritual. Religião de berço, católica= 75,5%%. Experiências dissociativas= redução da frequência e aumento do domínio para mudança abrupta de humor e sentimentos contraditórios e simultâneos, depois da participação aos rituais em ambos os grupos. Abuso com adulto=prevalência em população geral. Uso de substâncias com recuperação atribuída ao ritual em várias taxas. Única escala com diferença significante entre os grupos= CRE-Breve
Título em inglês
Dissociation, religiosidade and health: a study of Santo Daime and Umbanda
Palavras-chave em inglês
Ayahuasca
Coping
Dissociation
Mediumship
Mental health
Santo Daime
Umbanda
Resumo em inglês
The purpose of this Project was to contribute to the understanding of the relationship between mental health, psychopathology and altered states of consciousness, especially in the religious context. This is a cross-sectional observational study that aimed to present the relationship between health and religiosity arising from the exercise of mediumship practices from two genuinely Brazilian religions: Santo Daime and Umbanda. The subjects of analysis were one hundred and six (n = 106) participants, 42 of the Santo Daime (Group 1 with 19 converts, Group 2 with 23 novice members), and 44 of Umbanda (Group 3 with 22 converts, Group 4 with 22 novice members).The control group (Group 5), had 20 volunteers. The study comprised two perspectives, qualitative and quantitative. A qualitative approach was supported by the phenomenological theory based on Karl Jaspers. The instruments used were: Profiles Questionnaire and instruments cross-culturally recognized validated instruments into Brazilian Version: Social Support Scale of the Medical Outcomes Study (Sherbourne & Stewart, 1991); Resilience Scale (Wagnild & Young, 1993); Dissociative Experiences (Carlson & Putnam, 1993), Subjective Well-Being Scale (Albuquerque & Troccoli, 2004), and Spiritual/Religious Coping Scale (CRE-Brief, Panzini & Bandeira, 2005). The health research was conducted by analysis of correlations between religious groups and a control group observing the following aspects: a) similarities and differences between expert and novice adherents being from an accurate design of the profile of the participants presented firstly at the: Health Profile (physical and mental health including the etiology of the features of dissociation such as physical or psychological abuse, sleepwalking, imaginary friends, and drug addiction and recovery); Religiosity Profile (exploring the exercise of spirituality in the face of the new cosmogony with the learning of psychic abilities) and Social Profile (sociodemographic data); b) the association between social and doctrinal support network and resilience, presence of dissociative experiences, subjective well-being experiences and religious/spiritual coping strategies coming from the searching of the religious services; c) the impact of the exercise of the current religious practice on the frequency and the control of the dissociative experiences and possible repercussions on health issues and d) investigate the association between the acquired domain over the dissociative experiences and the drug addiction recovery (use/abuse) of psychoactive substances attributed to the participation in the rituals. Results: the sample is composed of 38 men and 68 women. Mean age = 38 years. Bachelor education= 68%. Reason for choice=70% spiritual. Cradle Religion=75.5%, Catholic. Dissociative experiences=reduction in frequency and increased domain over the abrupt change of mood and contradictory and simultaneous feelings after the participation in the rituals, in both groups. Abuse with an adult=prevalence in the general population. Substances use with recovery attributed to the ritual in various fees. Scale with a significant difference between groups=CRE-Brief
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.