• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Vinicius Gomes Melo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Santos, Alessandro de Oliveira dos (Presidente)
Calegare, Marcelo Gustavo Aguilar
Castelar, Marilda
Guimarães, Danilo Silva
Prestes, Clélia Rosane dos Santos
Silva, Luis Guilherme Galeão da
Título em português
Atuação dos/as profissionais de psicologia no tema das relações étnicos-raciais
Palavras-chave em português
Pesquisa quantitativa
Profissão de psicóloga(o)
Relações étnico-raciais
Resumo em português
Trata-se de uma pesquisa exploratória de cunho quantitativo e tem o objetivo de caracterizar a atuação das(os) profissionais de psicologia no tema de relações étnico-raciais no Brasil. Os dados foram coletados por meio de um WebSurvey e participam, como respondentes, psicólogas/os dos Estados brasileiros do Amazonas, da Bahia e de São Paulo. O formato da pesquisa tem o intuito de fazer um estudo comparativo de atuações nos três Estados, sob um recorte multicêntrico. Buscou-se compreender as associações entre os dados do processo formativo e ocupacionais das/os profissionais. Sobre a formação, por exemplo, houve a investigação sobre o nível de titulação, o perfil da Instituição de Ensino onde tiveram a formação e o interesse no tema das relações étnico-raciais. Sobre os dados ocupacionais, fezse alusão ao tempo, ao número e as áreas de atuação, ao perfil do serviço psicológico, as populações étnico-raciais e socioeconômicas atendidas, as percepções de situações de racismo no cotidiano de trabalho e as intervenções técnicas elaboradas no tema das relações étnicoraciais, dentre outro itens. Tais dados foram processados no software SPSS (Statistical Package for the Social Sciences), versão 20. Também sob o viés quantitativo, são analisadas as crenças das/os respondentes sobre "atuação e identidade do psicólogo/a" e sobre "humano e as categorias étnico-raciais populares no Brasil" (a saber, Pessoas Orientais, Pessoas Negras, Pessoas Indígenas e Pessoas Brancas). As crenças foram investigadas segundo o método de Evocações Livres e realizada a Analise Lexical de conteúdo, com auxílio do software IRAMUTEQ (Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires), versão 0.7. Nos resultados, o perfil das(os) profissionais são apresentados com a Estatística Descritiva e com a testagem de 12 hipóteses. A partir dos achados concluise com cinco (05) principais argumentos. O primeiro, é que há disparidades formativas e ocupacionais entre profissionais brancas(os) e negras(os). O segundo, é que há também disparidades étnico-raciais no atendimento das populações. O terceiro, acerca da influência política e filosófica cristão-católica na atuação das(os) profissionais de psicologia. Influência cristão-católica também notada no perfil do racismo brasileiro, que também pode ser identificado nas crenças das(os) participantes sobre as categorias étnico-raciais. O quarto diz respeito à prevalência do uso isolado do recurso da habilidade pessoal das(os) profissionais no, que é a Escuta Atenta e Sensível para o tema, alheio a outras ações, técnicas e procedimentos específicos para o tema das relações étnico-raciais. O quinto e o último argumento versa sobre a influência dos históricos institucionais dos respectivos Conselhos Regionais de Psicologia na difusão do tema das relações étnico-raciais, cada estado pesquisado, o que é observada pelas proporções das(os) profissionais quem pautam o tema no seu ambiente de trabalho
Título em inglês
Performance of psychology professionals in the theme of ethnic-racial relations
Palavras-chave em inglês
Ethnic-racial relations
Profession of Psychologist (o)
Quantitative research
Resumo em inglês
It is an exploratory research of quantitative nature and aims to characterize the performance of psychology professionals in the subject of ethnic-racial relations in Brazil. The data were collected through a WebSurvey and as respondents, psychologists from the Brazilian states of Amazonas, Bahia and São Paulo. The format of the research is intended to make a comparative study of performances in the three states, under a multicentric cut. It was sought to understand the associations between the data of the training process and occupational of the professionals. About training, for example, there was research on the level of qualification, the profile of the Institution of Education where they had the training and the interest in the subject of ethnic-racial relations. Regarding the occupational data, the time, the number and the areas of action were mentioned, the profile of the psychological service, the ethnic-racial and socioeconomic populations served, the perceptions of situations of racism in daily work and the technical interventions elaborated on the subject of ethnic-racial relations, among other items. These data were also processed in SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) software, version 20. Also under the quantitative bias, the respondents' beliefs about the "performance and identity of the psychologist" and about "human and categories ethnicracial groups in Brazil "(namely, Eastern Persons, Black People, Indigenous Peoples and White People). The beliefs were investigated according to the Free Evocations method and carried out the Lexical Analysis of content, using the software IRAMUTEQ (Interface for Multidimensional Analyzes of Textes et de Questionnaires), version 0.7. In the results, the profile of the professionals is presented with Descriptive Statistics and with the testing of 12 hypotheses. rom the findings we conclude with five (05) main arguments. The first is that there are training and occupational disparities between white and black professionals. The second is that there are also ethnic-racial disparities in serving the populations. The third, about the political-philosophical and Christian-Catholic influence in the performance of psychology professionals. Christian-Catholic influence also noted in the Brazilian racism profile, which can also be identified in the participants' beliefs about ethnic-racial categories. The fourth concerns the prevalence of isolated use of the personal skill of the professionals in the Attentive and Sensitive Listen to the theme, unrelated to other actions, techniques and procedures specific to the theme of ethnic-racial relations. The fifth and final argument concerns the influence of the institutional histories of the respective Regional Councils of Psychology in the diffusion of the subject of ethnic-racial relations, each state being researched, which is observed by the proportions of the professionals who guide the theme in their workplace
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MeloCarlos_Cor.pdf (7.60 Mbytes)
Data de Publicação
2019-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.