• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.47.2016.tde-16092016-113405
Document
Auteur
Nom complet
Tatiana Dimov
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2016
Directeur
Jury
Mello, Sylvia Leser de (Président)
Silva, Luis Guilherme Galeão da
Surjus, Luciana Togni de Lima e Silva
Svartman, Bernardo Parodi
Vasconcelos, Eduardo Mourão
Titre en portugais
Participação de usuários da saúde mental em pesquisa: a trajetória de uma associação de usuários
Mots-clés en portugais
Paridade participativa
Participação cidadã
Pesquisa ação participante
Saúde mental
Resumé en portugais
A participação de usuários de serviços de saúde mental em pesquisas acadêmicas é uma tendência recente que vem, de forma incipiente, sendo adotada no Brasil. São iniciativas interessantes na medida em que promovem a democratização da produção de conhecimento, conferindo a grupos populares a oportunidade de ter se colocarem frente às suas necessidades específicas. Rose (2003) coloca que existem vários níveis de participação e essas iniciativas não representam necessariamente a emancipação dos usuários, sendo necessário que se observe e qualifique o protagonismo dos participantes. A presente tese visa avaliar quais os efeitos do envolvimento de uma associação de usuários (a AFLORE) junto a uma aliança internacional de pesquisa (a ARUCI-SMC). Nos utilizamos da metodologia da pesquisa ação participante afim de que os membros da associação pudessem se envolver diretamente em diferentes etapas desta pesquisa, como a formulação de perguntas de pesquisa e a sistematização da experiência. As análises aqui propostas baseiam-se no conceito de paridade participativa em Nancy Fraser, que é composto por três dimensões interligadas: o reconhecimento, a redistribuição e a representação. Partiremos destas dimensões para avaliar em que medida a parceria de pesquisa promove a paridade participativa dos envolvidos. A participação de usuários em pesquisas na aliança em questão parte do reconhecimento dos mesmos enquanto sujeitos portadores de um saber único, que advém da experiência. No entanto o contrato entre universidade e comunidade e reforça estruturas sociais que bloqueiam a paridade participativa, promovendo a desigualdade. É necessário que a academia se disponha a rever aspectos como a vinculação formal com a universidade e a possibilidade de remuneração para pesquisadores comunitários. Além disso a linguagem é apresentada como aspecto que dificulta a participação de membros da comunidade. Uma estratégia de linguagem adotada nesta pesquisa é a produção audiovisual realizada de forma dialógica entre técnico do audiovisual e pesquisadores, potencializando a sistematização do conhecimento a partir das demandas do grupo de pesquisadores comunitários
Titre en anglais
Not informed by the author
Mots-clés en anglais
Consumer participation
Mental health
Participatory action research
Participatory parity
Resumé en anglais
The participation of mental health service consumers in academic research is a recent trend that has being adopted in Brazil. Such initiatives promote the democratization of knowledge production. This way popular groups have the opportunity to put forward their specific needs. Rose (2003) states that there are several levels of participation and these initiatives do not necessarily represent the empowerment of consumers, being necessary to observe and qualify the role of the participants. This thesis aims to assess what effects the involvement of an association of consumers (AFLORE) next to an international research alliance (the ARUCISMC). The use of participatory action research methodology enables consumers to be directly involved at different stages of this research. Consumers were involved in the formulation of research questions and the systematization of experience. The analysis proposed here is based on the concept of participatory parity in Nancy Fraser, which consists of three interrelated dimensions: recognition, redistribution and representation. We leave these dimensions to assess to what extent the research partnership promotes participatory parity of those involved. Consumers participation in the alliance research is based on the recognition that they are subjects with a unique knowledge that comes from experience. However, the contract between the university and community reinforces social structures that block the participatory parity, promoting inequality. Academy has to review aspects such as the formal link between the university and community researchers. Also the language is presented as an aspect that hinders the participation of community members. A language strategy adopted in this research is the audiovisual production
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
dimov_do.pdf (970.81 Kbytes)
Date de Publication
2016-09-23
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.