• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.47.2009.tde-15122009-115939
Documento
Autor
Nombre completo
Hildeberto Vieira Martins
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2009
Director
Tribunal
Tassara, Eda Terezinha de Oliveira (Presidente)
Goncalves Filho, Jose Moura
Lima, Ivana Stolze
Rodrigues, Heliana de Barros Conde
Silva, Dilma de Melo
Título en portugués
As ilusões da cor: sobre raça e assujeitamento no Brasil
Palabras clave en portugués
Assimilação cultural
Fatores socioculturais
Negros
Resumen en portugués
O presente trabalho se propõe a realizar uma análise histórica que nos possibilite interrogar quais são as condições de produção e reprodução de certos modelos (idéias e práticas) sobre o que se instituiu denominar a questão racial brasileira. O objetivo deste trabalho é mapear a proliferação de uma série de discursos em torno da construção de um projeto nacional e civilizatório que teve como eixo principal a produção de um discurso racializado, ou seja, discutir de que modo certos fatores permitiram engendrar a produção de uma estranheza eficaz a partir da criação do que convencionamos chamar de elemento negro, constituindo-se como o representante mais eficaz desse espaço social destinado a demarcar um lugar de estranhamento (o outro como perigoso, anormal, diferente etc.). Utilizando como recurso analítico principal os trabalhos de Raimundo Nina Rodrigues e da Escola Baiana de Antropologia, discutimos como esse saber acadêmico possibilitou a formulação de um modelo psicofísico de explicação sobre a degeneração da raça brasileira. Mais tarde este modelo seria substituído por uma estratégia mais englobante, o que pode ser verificado pela aplicação dos conceitos de cultura ou aculturação, e mesmo pelo emprego dos modernos conceitos psicanalíticos. O nosso propósito consistiu em analisar a produção de certas práticas sociais: a constituição de uma ciência médico-psicológica; a difusão de certas opiniões a respeito do elemento negro através da imprensa e da literatura; a constituição jurídica do cidadão negro em decorrência da implementação de uma discussão política e legislativa pré e pós-abolicionista que se produziram em torno da construção de um projeto nacional e civilizatório e que tiveram como eixo principal a produção do elemento negro como personagem principal desse novo enredo: uma ortodoxia da cor. Optamos por discutir o processo de formação do Brasil e do brasileiro em finais do século XIX e início do século XX (período compreendido entre as décadas de 1870 e 1930), a partir das rupturas provocadas pelo iminente processo abolicionista.
Título en inglés
The color illusions: about race and antipersonification in Brazil
Palabras clave en inglés
Blacks
Cultural assimilation
Socialcultural factors
Resumen en inglés
This work aims at performing a historical analysis towards questioning the production and reproduction conditions of certain models (ideas and practices) regarding what become to be known as the Brazilian race problem. The purpose of this work is the mapping of the proliferation of various discourses regarding the construction of a national and civilized project whose backbone was the formation of a racial speech. In other words, we want to discuss how certain factors contributed to the engineering of an "efficient strangeness" derived from the creation of the so-called black element. This element turned out to be the most efficient representative of the social space designated to determine a strangeness locale (the other as dangerous, abnormal, different, etc). We discussed, based primarily on the research works of Raimundo Nina Rodrigues and of the Escola Baiana de Antropologia, the means by which such an academic knowledge facilitated the formulation of an explicatory psychophysical model for the degeneration of the Brazilian race. This model was subsequently generalized, which can be verified by concepts of culture or "acculturations", as well as by modern psychoanalytical concepts. Our proposal was to analyze the production of certain social practices: the constitution of a medico-psychology science; the diffusion of certain opinions regarding the black element through the press and the literature; and the judicial constitution of the black citizen. These practices were the result of the implementation of pre- and post-abolitionist legislative and political discussions inspired by a national and civil project whose backbone was the production of the black element as the principal character of this new script: the orthodoxy of color. We opted to focus our discussion on the formation process of Brazil and of the Brazilian between the final decades of the 19th century and the first decades of the 20th century (between 1870 and 1930), characterized by the ruptures aggravated by the imminent abolitionist process.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Doutorado_Vieira.pdf (1.14 Mbytes)
Fecha de Publicación
2010-01-11
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.