• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Iara da Silva Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Bertolla, Márcia Helena da Silva Melo (Presidente)
Dutenhefner, Zila van Der Meer Sanchez
Murta, Sheila Giardini
Título em português
Prevenção à violência e promoção de comportamentos pró-sociais em pré-escolares: uma avaliação de necessidades 
Palavras-chave em português
Avaliação de necessidades
Comportamento pró-social
Educação Infantil
Prevenção
Violência escolar
Resumo em português
Diante da alta prevalência da violência escolar, mostra-se necessário o desenvolvimento de ações voltadas a prevenir esse problema e a criar contextos escolares que sejam mais efetivos em promover comportamentos pró-sociais, desde a primeira infância. Para isso, faz-se importante a realização de estudos de avaliação de necessidades. Esses se situam no ciclo de pesquisa em prevenção, na etapa de estudos de desenvolvimento de intervenções, tendo como um de seus propósitos identificar dificuldades e recursos, com vistas ao delineamento futuro de uma estratégia. Com base no exposto, o presente estudo teve como objetivo realizar uma avaliação de necessidades relacionada à promoção de comportamentos pró-sociais em pré-escolares, com vistas à prevenção à violência na escola. Trata-se de um estudo avaliativo de métodos mistos, que abrangeu uma amostra de quatro professoras e 67 crianças de uma escola pública de educação infantil, localizada em uma cidade do sudeste paulista. Para a coleta de dados foram utilizados formulário de registro de observação das práticas potencialmente promotoras de comportamentos pró-sociais, das professoras, nas interações com as crianças, formulário de registro de observação da ocorrência de comportamentos pró-sociais nas interações entre crianças, inventário destinado a acessar habilidades sociais educativas do professor (IHSE-Prof), formulários de extração de dados dos planos semanais e planejamento bimestral dos professores, roteiro de entrevista semiestruturada e roteiro para discussão do grupo focal. Foi realizado um estudo piloto com uma professora e sua turma, de outro período da escola, para refinar os procedimentos propostos. Os dados provenientes de cada fonte passaram por tratamentos específicos e foram submetidos a análises descritivas. Foram detectados recursos e dificuldades para a promoção de comportamentos pró-sociais e prevenção à violência na escola participante. Os recursos incluem a existência de práticas potencialmente promotoras de comportamentos pró-sociais, nos repertórios das professoras, sendo alguns mais variados e outros menos, a presença dos referidos comportamentos nos repertórios das crianças, a compreensão abrangente sobre a missão da Educação Infantil pela maioria das professoras e o posicionamento favorável ao desenvolvimento de uma intervenção futura na instituição de ensino. As dificuldades incluem lacunas na formação do professor, prejuízo na disponibilidade de suportes à prática, repertório de habilidades sociais educativas a ser desenvolvido, entendimento menos amplo sobre os atributos do professor da Educação Infantil, inconstância na elaboração do planejamento, pequena quantidade de conteúdos planejados relacionados à promoção de comportamento pró-social e habilidades sociais, e percepção de que a violência que se expressa na escola decorre apenas de eventos externos à instituição. Assim, os achados do presente estudo oferecem elementos para a discussão sobre o processo de escolarização na Educação Infantil junto à escola participante e ao município, com implicações para o redirecionamento de ações voltadas para o ensino, bem como fornece subsídios para a tomada de decisão acerca de ações destinadas à promoção de comportamentos pró-sociais e prevenção à violência na escola
Título em inglês
Violence prevention and prosocial behavior promotion in preschoolers: a needs assessment
Palavras-chave em inglês
Needs assessment
Preschool
Prevention
Prosocial behavior
School violence
Resumo em inglês
Given the high prevalence of school violence, it is necessary to develop actions aimed at preventing the problem and creating school contexts more effective in promoting prosocial behaviors from an early age. For this, it is important to carry out needs assessment studies. These are located in the prevention research cycle, at the stage of interventions development studies, having as one of its purposes the identification of difficulties and resources, in order to design a future strategy. Considering the above, the aim of this study was to conduct a needs assessment related to prosocial behavior promotion in preschool children, in order to prevent school violence. This is a mixed methods evaluative study, that included a sample of four teachers and 67 children from a public preschool, located in a city in southeastern São Paulo. To collect data, there were used an observation form to register teachers practices related to prosocial behavior promotion, an observation form to register occurrence of prosocial behaviors among children, an inventory aimed at access teachers educational social skills (IHSE-Prof), data extraction forms of weekly plans and bimonthly teacher planning, a semi-structured interview guide and a discussion focus group guide. A pilot study was conducted with a teacher and her class from another period of the school in order to refine proposed procedures. Data from each source underwent specific treatments and were submitted to descriptive analyzes. Resources and difficulties were detected for prosocial behavior promotion and violence prevention in the participating school. Resources include the existence, in teachers repertoire, of practices that potentially promote prosocial behavior, some of them being more varied and others less, the presence of prosocial behaviors in children repertoires, a comprehensive understanding of preschool education mission, by most of the teachers, and teachers favorable opinion in what concerns to the development of a future intervention in the school. Difficulties include teacher training gaps, lack of support for practice, repertoire of educational social skills to be developed, less understanding about the attributes of the preschool teacher, inconstantly planning and few planned content related to the promotion of prosocial behavior and social skills, and the perception that violence expressed in school only results from events occurred outside the institution. Thus, findings from the present study offer elements for the discussion about the process of schooling in the participating preschool and in the city where the institution is located, as well as have implications for the redirection of actions related to teaching, and provide subsidies for decision making of actions aimed at promoting prosocial behavior and preventing violence in schools
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
freitas_corrigida.pdf (3.35 Mbytes)
Data de Publicação
2019-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.