• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.47.2011.tde-20072011-150734
Document
Auteur
Nom complet
Kate Delfini Santos
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2011
Directeur
Jury
Motta, Ivonise Fernandes da (Président)
Oliveira, Tereza Marques de
Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
Titre en portugais
Um estudo psicanalítico sobre a maternidade na adolescência: histórias de abandono, violência e esperança na trajetória de três jovens mães
Mots-clés en portugais
Donald Woods Winnicott (1876-1971)
Gravidez na adolescência
Psicanálise
Relações mãe-criança
Violência
Resumé en portugais
A relação mãe-filho é um dos elementos fundadores do psiquismo humano e é por meio desta que a criança apreende o mundo a sua volta. São muitas as variáveis que interferem nessa relação como, por exemplo, a experiência pessoal, os legados inter e transgeracionais, as condições históricas, sociais, e econômicas. Tendo em vista a fragilidade dos laços afetivos nos dias atuais e a dificuldade no estabelecimento de vínculos que propiciem o sentimento de confiança, segurança e estabilidade, este trabalho tem como objetivo verificar como três jovens mães, que vivenciaram diversos tipos de violências em suas trajetórias, desempenham a função materna. As participantes encontravam-se em um abrigo para jovens mães no município de São Paulo. Foram realizados cinco encontros com cada dupla (mãe e filho) com cerca de uma hora de duração, onde foram explorados conteúdos a respeito da relação da adolescente com sua mãe e a família, a experiência com a gestação e a maternidade, a experiência com as diversas formas de violência e o vínculo com o filho. Foi empregado o método de pesquisa psicanalítico e, portanto, além da comunicação verbal foram analisados aspectos transferenciais e contratransferenciais. Os conteúdos encontrados articulam-se com as idéias de Winnicott. Por meio desse estudo concluiu-se que o sentimento de abandono e vazio causado pela a ausência de uma relação genuína de afeto é transmitido entre as gerações na relação mãe-filho, tendo muitas vezes como consequência a violência. Esta, por sua vez, interrompe o processo de amadurecimento emocional e a conquista de um sentimento de preocupação real com outro. A possibilidade de restaurar laços e dar continuidade ao processo de integração depende em grande parte da sustentação e do apoio (holding) oferecido a essas jovens mães. Nos três casos analisados, observamos que ainda há esperança, segundo a conceituação de Winnicott, de reencontrar uma experiência de afeto significativa, por meio da qual se constitua um sentimento autêntico de preocupação e comprometimento com o próximo
Titre en anglais
A psychoanalytic study on teenage motherhood: stories of abandonment, violence and hope in the path of three young mothers
Mots-clés en anglais
Adolescent pregnancy
Donald Woods Winnicott (1876-1971)
Mother child relations
Psychoanalysis
Violence
Resumé en anglais
The mother-son relationship is one of the founding elements of the human psyche and it is through this that the child perceives the world around him/her. There are many variables that affect this relationship, for example, personal experience, the inter-and transgenerational legacy and the historical, social, and economic conditions. Given the fragility of the affective bonds today and the difficulty in establishing links that give the feeling of trust, security and stability, this study aims to determine how three young mothers, who experienced several types of violence in their lives, play the maternal role. The participants were in a shelter for young mothers in São Paulo city. Five meetings were conducted with each pair (mother and son) for about one hour, when the relationship between the teenager with her mother and family, her experience with pregnancy and motherhood, her experience with various forms of violence and the bond with her child, were exploited. The psychoanalytic research method was employed and transference and countertransference aspects, which go beyond the verbal communication, were therefore analyzed. The content found can be linked with the Winnicotts ideas. In this study we concluded that the feeling of abandonment and emptiness caused by the absence of a genuine affection is transmitted between generations in the mother-child relationship and frequently has the violence as consequence. The violence stops the process of emotional maturation and the achievement of a sense of real concern to another person. The possibility of restoring ties and continuing the integration process depends largely on the support and assistance (holding) offered to these young mothers. In these three cases, we observed that there is still hope, according to Winnicott's concept, to find a meaningful experience of affection, through which it constitutes a genuine feeling of concern and commitment to the other person
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Delfini_me.pdf (1.12 Mbytes)
Date de Publication
2011-09-13
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.