• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2013.tde-19072013-103505
Documento
Autor
Nome completo
Aline Moreira da Silva Tafner
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Tardivo, Leila Salomao de La Plata Cury (Presidente)
Gil, Claudia Aranha
Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
Título em português
Oficina expressiva de desenho e pintura com crianças e adolescentes abrigados e seu cuidador
Palavras-chave em português
Crianças abrigadas
Enquadre diferenciado
Psicodiagnóstico
Resumo em português
A pesquisa teve um duplo objetivo: (1) realizar um estudo clínico, a partir: de psicodiagnósticos compreensivos de crianças e adolescentes abrigados, suas relações dentro do abrigo e perspectivas de vida; (2) desenvolver e apresentar uma Oficina Terapêutica, a Oficina de Desenho e Pintura, como modalidade psicoterapêutica, em enquadre grupal, e verificar seu alcance neste grupo. A pesquisa se desenvolveu a partir do método clínico, de referencial psicanalítico, sob os aportes de Winnicott. Três meninas abrigadas, de 10, 14 e 16 anos; e seu cuidador participaram de todas as fases deste estudo. No entanto, houve a participação esporádica de outros 8 adolescentes (entre 13 e 18 anos) e 3 cuidadoras. Para a compreensão diagnóstica foram realizadas entrevistas individuais (com o cuidador e as três meninas), e o uso de instrumentos, exclusivamente com os jovens. Utilizou-se o Desenho da Figura Humana (DFH), Desenho da Pessoa na Chuva, Teste de Fábulas de Düss, Inventário de Frases no Diagnóstico de Violência Doméstica (IFVD) e Questionário de Depressão Infantil (CDI). Os dados obtidos nesta etapa inicial foram compreendidos em conjunto com o processo desencadeado pelos doze encontros que compuseram a Oficina. Ao final, foram realizadas entrevistas devolutivas para as crianças e a Diretora do abrigo e a reaplicação do Desenho da Pessoa na Chuva e do CDI nos jovens. Os vínculos afetivos surgiram como aspecto central na compreensão da vivência dessas crianças e adolescentes. O estudo descreve estas etapas que compreenderam o processo e permitiram a emergência de aspectos mal integrados relacionados à vida dentro e fora do abrigo. O enquadre ainda proporcionou a elaboração e integração do Self das crianças e adolescentes participantes. Dessa forma, a partir da análise do processo psicoterapêutico, a proposta da Oficina se mostrou eficaz, sendo relevante para contextos institucionais como esse onde o trabalho pôde se desenvolver
Título em inglês
Workshop of drawing and painting with sheltered children and teenagers and their caregiver
Palavras-chave em inglês
Nontraditional Framework
Psycodiagnosis
Sheltered Children
Resumo em inglês
The research had two main aims: (1) conduct a clinical study a psychodiagnosis comprehensive of sheltered children and adolescents and their relationships within the shelter and life prospects, (2) develop and submit a Therapeutic Workshop, the Workshop of Drawing and Painting as psychotherapeutic modality in group framework, and verify its reach to this group. The research was developed from the clinical method of psychoanalysis, based on the contributions of Winnicott. Three sheltered girls, 10, 14 and 16 years old, and their caregiver participated in all phases of this study. However, there were sporadic participation of eight other teenagers (between 13 and 18 years old) and 3 caregivers. To elaborated the diagnostic comprehension, single interviews were conducted (with the caregiver and the three girls), and the use of instruments exclusively with the girls. We used the Human Figure Drawing (HFD), the Person in the Rain Drawing, Duss Fables Test, The Phrase Inventory of Intrafamilial Child Abuse (PIICA) and Children's Depression Inventory (CDI). The data obtained in this initial stage were understood in conjunction with the process including the twelve meetings that formed the Workshop. By the end, back interviews were performed for the children and the shelters Director and the reapplication of Person in the Rain Drawing and CDI on the children. The emotional bonds emerged as a central aspect in understanding the experiences of these children and adolescents. The study describes these steps to understand the process and provided the emergence of poorly integrated aspects related to life inside and outside the shelter. The framework also provided the Self development and integration of children and adolescents participating. Thus, from the analysis of the psychotherapeutic process, the proposal of the workshop was effective and relevant to this institutional context
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tafner_completo.pdf (3.45 Mbytes)
tafner_parcial.pdf (3.19 Mbytes)
Data de Publicação
2013-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.