• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2018.tde-18122018-175414
Documento
Autor
Nome completo
Christiane Whitaker
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Priszkulnik, Leia (Presidente)
Loffredo, Ana Maria
Nogueira, Luiz Carlos
Título em português
Pânico, a fenomenologia da angústia: um estudo sobre a angústia em Freud e Lacan
Palavras-chave em português
Ansiedade
Freud
Lacan
Pânico
Psicanálise
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo estudar e questionar o Transtorno do Pânico no âmbito da Psicanálise. O conjunto dos sintomas que definem o Transtorno do Pânico para a Psiquiatria é o mesmo estabelecido por Freud na Neurose de Angústia. São dois campos epistemológicos distintos que estudam um mesmo fenômeno. Para Freud o ataque da angústia é concebido como inseparável do conceito da angústia propriamente dita. Legitimada por essa análise, o estudo sobre angústia em Freud constitui-se, dividido em dois tempos, teoria econômica e funcional. Lacan estuda a angústia retomando os conceitos freudianos, mas propondo novas articulações e formulações. Esta pesquisa está norteada pela angústia enquanto fenômeno psicopatológico, pois é dela que trata as crises de pânico, mas a angústia não é deixada de lado. Embora parte da questão se resolva quando se constata a correlação entre pânico e neurose de angústia, outras surgem. Qual é o enquadre atual para a neurose da angústia? Se Freud concedeu-lhe, em última teorização, o caráter de sinal frente a um perigo, Lacan acrescentará que o perigo é relativo à presentificação do vazio do Outro, sendo o Sinistro (Freudiano), sua manifestação, o fenômeno que representa a angústia em sua forma psicopatológica
Título em inglês
Panic, the phenomenology of anxiety: a study on anxiety by Freud and Lacan
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Freud
Lacan
Panic
Psychoanalysis
Resumo em inglês
The purpose of this work is to study and investigate Panic Disorder within the Psychoanalysis sphere. The set of symptoms that define Panic Disorder to Psychiatry is the same established by Freud in Anxiety Neurosis. They are distinct epistemology fields that study the same phenomenon. Freud conceives anxiety attacks, the major symptom of Anxiety Neurosis as inseparable from the real anxiety concept. Legitimated by this analysis, the study on anxiety by Freud is divided into two bases, economic and functional theories. Lacan studies anxiety stepping back to freudian concepts but proposing new articulations and formulations. Taking anxiety as reference while a phenomenon, because it is from it that Panic crisis is treated, the anxiety while a concept conceived as the structural portion of psychoanalytical theory is not overlooked. Although part of the issue is cleared when the correlation between Panic and Anxiety Neurosis is established, others may occur. On what account this is mentioned today? If Freud granted it in his last theorization, the type of sign in the presence of danger, Lacan will add that the danger is related to the presence of emptiness of the Other, in which the Sinister (freudian), its manifestation, would be the phenomenon that stages anxiety in its psychopathological form
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
whitaker_me.pdf (35.02 Mbytes)
Data de Publicação
2018-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.