• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.1979.tde-18092013-140404
Documento
Autor
Nome completo
Jussara Falek
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1979
Orientador
Banca examinadora
Nogueira, Luiz Carlos (Presidente)
Kolck, Odette Lourenção van
Qualifik, Paul
Título em português
A estrutura em tapetes no teste das Pirâmides coloridas de Max Pfister
Palavras-chave em português
Max Pfister
Resumo em português
É nosso objetivo, no trabalho que ora apresentamos, colocar uma série de questões referentes às bases, às origens da construção do Teste das Pirâmides Coloridas de Max Pfister. Nosso interesse principal é em relação à estruturação das pirâmides, e, em especial, à estruturação em tapetes. Assim, após colocarmos uma série de questões, propomo-nos a sugerir uma resposta, na forma de uma nova maneira de trabalhar com o teste. O teste de Pfister é uma técnica projetiva. Nosso primeiro foco de interesse será o de esclarecer o duplo significado do termo projeção: a) dentro das técnicas projetivas; b) historicamente, dentro da Psicanálise. Começaremos o nosso trabalho elucidando esta parte. Partiremos do surgimento do termo e da evolução do seu significado na Psicanálise, para nos determos depois no aparecimento das técnicas projetivas e nos problemas teóricos existentes nesta área. Um segundo passo no nosso trabalho será uma pesquisa bibliográfica relativa às estruturas no teste de Pfister. Como sabemos, o material deste teste é analisado quanto à: a) freqüência das cores; b) síndromes; c) fórmula do processo; d) estruturas. É este último elemento de análise do teste que nos interessa na presente pesquisa, e, para tanto, percorreremos a bibliografia em busca dos significados atribuídos aos diferentes modos de estruturação, e dos progressos alcançados na pesquisa. Finalizaremos o trabalho com um proposta, que vai aparecer sob a forma de um caso ilustrativo: trata-se de um estudo de caso, do qual extrairemos a anamnese, bem com o protocolo do teste de Pfister, o qual nos proporemos a analisar através da leitura das estruturas e do processo segundo o qual elas vão aparecendo neste protocolo. Isto constituirá, por um lado, numa tentativa de analisar o teste de uma outra maneira, diferente daquela usualmente utilizada, e por outro, numa tentativa de assim fazendo descobrir algo de novo, não só em relação ao sujeito pesquisado, mas também em relação às estruturas em tapetes.
Palavras-chave em inglês
Max Pfister
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.