• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2009.tde-17122009-093542
Documento
Autor
Nome completo
Simone Peixoto Conejo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Yamamoto, Kayoko (Presidente)
Rosa, Jose Tolentino
Schliemann, Ana Laura
Título em português
Homem e obesidade - excesso e faltas: corpos que contam histórias
Palavras-chave em português
Escala
Homens
Obesidade
Prevenção
Psicanálise
Saúde
Resumo em português
Este estudo buscou compreender a associação entre obesidade e variantes da eficácia da adaptação em homens adultos entre 30 e 50 anos. Utilizou como instrumentos a Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada Revisada (EDAO-R), a Entrevista Preventiva, a Escala de Avaliação Global do Funcionamento (AGF) e a Escala Toronto de Alexitimia (ETA-20). Contou com a colaboração de quatro sujeitos do sexo masculino, com idades entre 30 e 42 anos. Três sujeitos participaram desse estudo por meio da empresa em que trabalham e um foi contatado por intermédio de um profissional de saúde. Os resultados obtidos mostram que a obesidade está associada, predominantemente, a aspectos afetivos. Entre os setores adaptativos prepondera, então, como o mais importante, o setor Afetivo-Relacional. Todos apresentaram esse setor como pouquíssimo adequado. A pouquíssima adequação encontrada nesse setor repercute, nesses sujeitos, no setor Orgânico. O setor Produtivo também recebe interferências e apresenta prejuízos em dois dos participantes do estudo. Deste modo, concluímos que os fatores emocionais corroboram com a instalação e manutenção da obesidade.
Título em inglês
Man and obesity excess and paucity: (the) bodies that tell stories.
Palavras-chave em inglês
Health
Men
Obesity
Prevention
Psychoanalysis
Scaling (testing)
Resumo em inglês
This study aimed to understand the association between obesity and effectiveness variants of adaptation in male adults between 30 and 50 years old. It used as instruments the Operational Adaptive Diagnostic Scale Revised (OADS-R), the Preventive Interview, the Global Assessment Scale of Functioning (GAF), and the Toronto Scale of Alexithymia (TSA-20). It had the cooperation of four male subjects, aged between 30 and 42. Three subjects took part in this study through the company where they worked, and one was contacted by a health professional. The results show that obesity is mainly associated with affective aspects. Among adaptive sectors, therefore, the Affective-Relational sector preponderates as the most important one. They all presented this sector as considerably inappropriate. This very little appropriation reverberates, in these subjects, in the Organic sector. The Productive sector also receives interferences and presents damages in two participants of the study. Consequently, we came to the conclusion that emotional factors corroborate with obesity presentation and maintenance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Conejo_ME.pdf (1.25 Mbytes)
Data de Publicação
2009-12-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.