• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.47.2020.tde-14022020-192732
Documento
Autor
Nome completo
Tiago Sanches Nogueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Rosa, Miriam Debieux (Presidente)
Dunker, Christian Ingo Lenz
Estevão, Ivan Ramos
Loureiro, Ines Rosa Bianca
Tatit, Luiz Augusto de Moraes
Vives, Jean-michel
Título em português
A canção de si: a música como instrumento de intervenção na clínica do traumático
Palavras-chave em português
Música
Psicanálise
Semiótica da canção
Tragédia grega
Trauma
Resumo em português
A presente tese tem como objetivo compreender o modo como a experiência musical pode contribuir, em termos de tratamento, para a chamada clínica do traumático - campo que exige modelos de intervenções clínicas não convencionais que possibilitem a criação de condições de alterações simbólico-subjetivas, sociais e políticas no sujeito acometido pelo trauma. Seguindo a hipótese de que o choque provocado por um acontecimento violento tem o poder de exilar o sujeito do circuito da pulsão invocante, discutiremos a contribuição que uma oficina de composição de canções tem a oferecer para a transformação desse impacto traumático em narrativa. A partir da constatação de que a subtaneidade desse inesperado produz um fenômeno típico - o silenciamento do sujeito -, constatamos que nosso dispositivo de intervenção possa vir a possibilitar aos sujeitos afetados por experiências de violência e de desenraizamento, o compartilhamento e a reintegração de suas partes exiladas no momento do traumatismo. Nesse sentido, a narrativa da própria história que vira letra de canção e, posteriormente, um canto de lamento coletivo, faz existir um Outro para o qual a palavra violenta, que transborda a narrativa, possa ser endereçada
Título em inglês
The music as instrument of intervention in the trauma clinic
Palavras-chave em inglês
Greek ragedy
Music
Psychoanalysis
Semiotics of song
Trauma
Resumo em inglês
This study aims to understand how a musical experience can contribute, in terms of treatment, to a trauma clinic - field that requires models of unconventional clinical interventions that enable the creation of conditions of symbolic-subjective, social and political changes in the subject affected by trauma. Following the hypothesis that the shock provoked by a violent event has the power to exile the subject from the invoking drive circuit, we will discuss the contribution that a songwriting workshop has to offer to transform this traumatic impact into narrative. From the realization that the subtaneity of this unexpected produces a typical phenomenon - the subject's silence -, we found that our intervention device could enable the subjects affected by experiences of violence and uprooting, the sharing and reintegration of their exiled parts at the time of trauma. In this sense, the narrative of the story itself, which becomes a lyric and, later, a song of collective lamentation, gives rise to an Other to which the violent word, which overflows from the narrative, can be addressed
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
nogueira_do.pdf (10.50 Mbytes)
Data de Publicação
2020-02-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.