• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.47.2021.tde-13092021-140045
Documento
Autor
Nome completo
Paula Puertas Beltrame
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Isabel Cristina (Presidente)
Levinzon, Gina Khafif
Monaco, Gustavo Ferraz de Campos
Título em português
Adoção de crianças maiores e adolescentes: um estudo qualitativo acerca das motivações dos pretendentes
Palavras-chave em português
Adoção
Adolescentes
Crianças maiores
Judiciário
Psicanálise
Resumo em português
O desencontro entre o perfil de filho desejado por candidatos à adoção e a realidade de crianças e adolescentes à espera de uma família adotiva leva a longas filas de espera de pretendentes e remotas chances de adoção para as crianças. As estatísticas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) indicam que atualmente, no Brasil, a adoção declina significativamente quando a criança já ultrapassou os sete anos de idade. Diante desta realidade, esta pesquisa teve o objetivo de identificar e compreender as motivações, conscientes e inconscientes, de pretendentes que desejavam adotar crianças maiores de sete anos de idade e adolescentes. A partir da metodologia clínico-qualitativa, e sob o referencial teórico da Psicanálise, foram realizadas cinco entrevistas semidirigidas com pretendentes à adoção de diferentes configurações familiares, que já estavam habilitados judicialmente para adotar crianças efetivamente maiores e/ou adolescentes. Os resultados indicaram que as novas configurações vinculares facilitam este tipo de adoção, tendo sido apresentadas motivações contemporâneas, que ultrapassam as questões de infertilidade e altruísmo. As motivações inconscientes subjacentes à busca pela adoção estavam associadas à singularidade de cada um, se apresentando com maior intensidade no discurso dos entrevistados em que as expectativas em torno da adoção se distanciavam da realidade da parentalidade adotiva. A diferença entre expectativas mais próximas ou mais distanciadas da realidade da filiação e parentalidade adotivas mostrou-se relacionada à história de vida dos entrevistados, e ao preparo recebido durante o tempo de espera pela adoção. A análise das entrevistas apontou ainda estratégias, por parte das equipes interprofissionais, para a alteração do perfil de filho desejado, revelando ações tanto para a ampliação da idade aceita, como para sua redução, explicitando uma tentativa de reproduzir o modelo tradicional de família, o que acaba por reduzir as chances de crianças maiores e adolescentes serem adotados. Ao lançar luz sobre as motivações dos pretendentes, esta pesquisa visou contribuir para uma prática, no campo das adoções, voltada ao melhor interesse das crianças e dos adolescentes
Título em inglês
Adoption of older children and adolescents: a qualitative study about motivations of candidates
Palavras-chave em inglês
Adolescents
Adoption
Judiciary
Older children
Psychoanalysis
Resumo em inglês
The mismatch between the desired child profile from adoption applicants and the reality of children and adolescents waiting for adoptive family results in long waiting lines for the applicants and remote chances of adoption of children. Statistics from Nacional Council of Justice (CNJ) indicates that in Brazil, adoption declines significantly when the child already surpassed the age of seven. In face of this reality, this work intended to identify and understand the motivations, conscious and unconscious, from candidates who desire to adopt older children and teenagers. With a clinic-qualitative methodology and from Psychoanalysis Theory perspective, we performed five semi-directive interviews with Court enabled candidates from different family configurations. The results indicated that diverse family structures facilitate the older children adoption, presenting contemporary motivations that overcome the questions about infertility and notional altruism. Unconscious motivations in seek a child were particular of the singularities of each person, performing with greater intensity on the interviewees speech, whose adoption expectations went away from the reality of the adoptive parenting. The range of this expectations about adoptive filiation and parenting was related to interviewee`s life history and the preparation received during the adoption waiting period. The analysis of the interviews pointed out strategies from Courts experts to change the desired child profile, revealing actions either to enlarge the accepted age, or reduce it by reproducing the traditional model of family and diminishing the chances of adoption of older children. By illuminating the motivations of candidates, the present research contributed for the good practices in adoption, focusing the best interest of older children and adolescents
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.