• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2009.tde-08122009-105508
Documento
Autor
Nome completo
Clarissa Medeiros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello (Presidente)
Barone, Leda Maria Codeco
Goncalves Filho, Jose Moura
Neumann, Carlos Fernando Bittencourt
Rosa, Jose Tolentino
Título em português
Girando o cata-vento: sofrimento e cuidado na psicanálise do ser e fazer
Palavras-chave em português
Intervenção psicoterapêutica
Psicanálise
Psicopatologia
Psicoterapia
Winnicott Donald Woods 1896-1971
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo investigar os fundamentos psicopatológicos exigidos pela psicanálise winnicottiana, concebida como cuidado à continuidade de ser, quando se busca coerência ética e epistemológica entre o olhar psicopatológico, a intervenção terapêutica e a antropologia implícita. Justifica-se por abordar a questão nuclear relativa à articulação existente entre teoria e clinica, no contexto da percepção de importantes estudiosos acerca da incompatibilidade entre o ser e o fazer clínico, que se desenvolve a partir do holding e do manejo do setting, e a adoção de modelos pulsionais, que pensam o psíquico segundo configurações fisicalistas. Metodologicamente, realizamos um estudo teórico-reflexivo a partir de três produções discursivas. A primeira consiste na apresentação dos contornos que caracterizam a clinica winnicottiana como cuidado à continuidade do ser, focalizando objetivos do tratamento, modalidades interventivas e sua inter relação. Esta apresentação, que assume uma discursividade teórico-conceitual, é retomada, ao longo do texto, por meio de narrativas de experiências clínicas, que favorecem o estabelecimento de um contato próximo e concreto com o solo clinico e experiencial a partir do qual este estudo se forjou. As duas outras produções discursivas consistem na introdução dos modelos teóricos estrutural- pulsional e estrutural- relacional, que são estudados de modo a detectarmos as linhas de força a partir das quais se organizam. O quadro assim configurado permite concluir que uma teorização psicopatológica relacional é não apenas possível, como indispensável, pois só deste modo se podem evitar reducionismos organicistas e fisicalistas.
Título em inglês
Turning the pinwheel: suffering and care in the psychoanalysis of being-and-doing.
Palavras-chave em inglês
Psychoanalysis
Psychopathology
Psychotherapeutic intervention
Psychotherapy
Winnicott D.W. 1896-1971
Resumo em inglês
The aim of this paper is investigating the psychopathological foundations demanded by Winnicottian psychoanalysis, conceived as care for the going-on-being. It is justified for approaching the core issue of the articulation between theory and clinical practice, according to the perception of important experts concerning the incompatibility between the clinical being-and-doing - arisen from holding and setting management - and the adoption of impulsional models - which analyze the psyche according to physicalist parameters. In methodological terms, a theoreticalreflective study was conducted based on three essays. The first one consists of the introduction of the outlines that distinguish the Winnicottian clinic as the care for the going-on-being, focusing on the treatment aims, intervention modes and their mutual relationship. This introduction, which adopts a theoretical and conceptual discursive quality, is then recaptured along the text by means of clinical experience narratives. These narratives favor the establishment of a close and real contact with the clinical and experimental ground in which this study is rooted. The other two essays consist of the introduction of the impulsional-structural and relationalstructural theoretical models, which are studied in order to help us detect the power sources which ground their organization. Such constructed picture allows to the conclusion that a relational psychopathological theorization is not only possible, but actually vital, because it is the only way to avoid organicist and physicalist reductionisms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Medeiros_DO.pdf (713.90 Kbytes)
Data de Publicação
2010-02-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.