• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Ferreira Santos Farah
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Castanho, Pablo de Carvalho Godoy (Presidente)
Abud, Cristiane Curi
Sanahuja, Maria de La Almudena
Título em português
Emagrecer é uma barra (de chocolate): a psicanálise de grupo no tratamento de pacientes com queixas em relação a sobrepeso e obesidade
Palavras-chave em português
Distúrbios do ato de comer
Obesidade
Psicanálise
Psicoterapia de grupo
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre a dimensão metapsicológica da obesidade a partir da experiência de um dispositivo psicanalítico de grupo. A constatação de que a obesidade tem aumentado nos últimos anos e, consequentemente, os problemas de saúde a ela associados, reforça a importância de refletirmos sobre as suas causas e sobre os aspectos que dificultam o seu tratamento. Nos deparamos com uma grande oferta de tratamentos, sejam eles cirúrgicos, medicamentosos, esportivos, nutricionais ou mesmo psicoterapêuticos, que não consideram a subjetividade e os fatores inconscientes que sustentam o sintoma da obesidade e, ao contrário, acabam reforçando um ideal de corpo que muitas vezes está pouco ou nada conectado ao desejo do próprio sujeito. Para o desenvolvimento desta pesquisa foi montado um grupo de tratamento psicanalítico na Clínica Psicológica Durval Marcondes, no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. As sessões, com uma hora e meia de duração, aconteceram uma vez por semana, durante oito meses. O grupo, que teve início com 12 membros e terminou com quatro, tinha como proposta a sustentação de um espaço no qual os aspectos psíquicos que estão na base da obesidade pudessem ser escutados e trabalhados. Nesta perspectiva, a metapsicologia proposta por René Kaës, que oferece importantes contribuições para a psicanálise grupal, foi utilizada. Após cada encontro, as duas psicanalistas que conduziram o processo discutiam a sessão, levantando o conteúdo que seria registrado posteriormente, lido e discutido pelo grupo de orientação da Pós-graduação, momento compreendido como fundamental para a análise do grupo em função dos aspectos transfero-contratransferenciais envolvidos. Por meio da elaboração dos conteúdos das sessões nesses espaços, foram selecionados trechos dos relatos das sessões, a partir dos quais pudemos discutir aspectos que foram importantes no decorrer de todo o processo do grupo: as ansiedades persecutórias, o vazio, a relação com o objeto primário, as fronteiras, a raiva, os pactos denegativos e a importância da análise intertransferencial. Destacamos o quanto a dimensão relacional com os primeiros objetos é um dos pilares da formação e da manutenção do sintoma da obesidade e que o comer se apresenta, para essas pessoas, como um agir que busca aliviar qualquer tensão interna com a qual o aparelho psíquico não tenha condições de lidar. Concluímos com a hipótese de que aspectos pouco ou nada simbolizados da mente estão na base da constituição do sintoma da obesidade, evidenciando ser fundamental a consideração das comunicações inconscientes que se dão na intersubjetividade para a compreensão e o tratamento desses sujeitos.
Título em inglês
Losing weight is a rocky road (ice cream): group psychoanalysis in the treatment of patients with complaints related to excess weight and obesity.
Palavras-chave em inglês
Eating Disorders
Group psychotherapy
Obesity
Psychoanalysis
Resumo em inglês
This study aims to reflect on the metapsychological dimension of obesity through the experience of a group psychoanalytic device. The finding that obesity has increased in recent years and, consequently, the health problems associated with it, reinforces the importance of reflecting on its causes and on the aspects that make it difficult to treat. We are confronted with many treatment optionssurgical, medicated, sport, nutritional or even psychotherapeuticthat do not consider the subjectivity and unconscious factors that sustain the symptom of obesity and, on the contrary, end up reinforcing a body ideal that is has often little or nothing to do with the person's own desire. For the development of this research, a psychoanalytic treatment group was put together at the Durval Marcondes Psychology Clinic, located in the Psychology Institute at the University of São Paulo. The ninety-minute sessions took place once a week for eight months. The group, which started with 12 members and ended with four, proposed the maintenance of a space in which the psychic aspects that are the basis of obesity could be discussed and worked on. Within this perspective, the metapsychology proposed by René Kaës, who offers important contributions to group psychoanalysis, was used. After each meeting, the two psychoanalysts who conducted the process would discuss the session, organizing the content that would later be recorded, then read and discussed among graduate students in group advising, considered fundamental for analyzing the group according to the transfercountertransferences involved. Through the elaboration of the session contents in these spaces, excerpts were selected of the remarks made during the sessions, from which we were able to discuss aspects that were important throughout the group process: persecutory anxieties, emptiness, relationship with the primary object, boundaries, anger, denigrating pacts and the importance of intertransferential analysis. We emphasize how the relational dimension with the first objects is one of the pillars of the formation and maintenance of the symptom of obesity and that eating presents itself to these people as an act that seeks to alleviate any internal tension with which the psychic apparatus is unable to cope. We conclude with the hypothesis that little or not at all symbolized aspects of the mind are the basis for the establishment of the symptom of obesity, evidencing that it is fundamental to consider the unconscious communications that take place in intersubjectivity for the comprehension and treatment of these subjects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
farah_me.pdf (1.56 Mbytes)
Data de Publicação
2019-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.