• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.47.2020.tde-28052020-163338
Documento
Autor
Nome completo
Amilcar Rodrigues Fonseca Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Hunziker, Maria Helena Leite (Presidente)
Banaco, Roberto Alves
Barba, Lourenço de Souza
Carvalho Neto, Marcus Bentes de
Debert, Paula
Micheletto, Nilza
Título em português
Aquisição, extinção e reaquisição do comportamento de variar sob contingências de esquiva
Palavras-chave em português
Esquiva
Extinção
Reforçamento negativo
Variabilidade comportamental
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo investigar os efeitos do reforçamento negativo contingente e não contingente ao variar (Experimento I), bem como os efeitos de dois procedimentos de extinção do comportamento de variar (Experimento II), sobre a variabilidade comportamental. No Experimento I, quatro ratos machos, experimentalmente ingênuos, foram submetidos a duas contingências de esquiva em tentativas discretas (Lag 1 e Aco), de acordo com o seguinte delineamento: Lag 1/Aco/Lag 1/Aco. O procedimento geral de esquiva envolveu a apresentação de estímulos elétricos (US) de 0,5 s e 0,4 mA em tempo fixo (FT), na presença de uma luz (CS). Respostas na presença do CS tiveram como consequência o desligamento imediato do CS, a apresentação de um tom de 0,5 s e 10 dB, e o cancelamento do próximo US programado para a sessão. Caso a resposta de esquiva não fosse emitida, o US era apresentado ao término do FT, o CS permanecia presente e uma nova tentativa era imediatamente iniciada. Sob a contingência Lag 1, o cancelamento do US foi contingente à emissão de uma sequência de três respostas que diferisse da última sequência emitida na sessão. Sob a contingência Aco, o cancelamento do US foi contingente à emissão de uma sequência de três respostas, variável ou não, seguindo a mesma distribuição de reforços obtida na última sessão da fase Lag 1. No Experimento II, cinco ratos machos, experimentalmente ingênuos, foram submetidos à mesma contingência de esquiva-Lag 1 empregada no Experimento I e a dois procedimentos de extinção (Ext 1 ou 0), de acordo com o seguinte delineamento: Lag 1/Ext 1/Lag 1/Ext 0/Lag 1/Ext 1/Lag 1/Ext 0/Lag 1. Três sujeitos foram expostos aos procedimentos de extinção em ordem inversa. Em ambos os procedimentos de extinção, as barras estiveram inoperantes e as respostas não tiveram consequência programada. Na Ext 1, ao final de cada tentativa, o US foi apresentado. Na Ext 0, o gerador de estímulos elétricos permaneceu desligado durante toda a sessão. Como resultado, foram obtidos altos índices de variação sob a contingência Lag 1 e decréscimo nos níveis de variação sob a contingência Aco e sob ambos os procedimentos de extinção. Na reexposição ao Lag 1, índices de variação menores/maiores que os registrados na linha de base foram obtidos nas fases Lag 1 pós-Ext 1 e pós-Ext 0, respectivamente. Esses dados sugerem que o comportamento de variar foi controlado pela contingência de esquiva e que a variabilidade comportamental pode ser extinta pela suspensão da relação de dependência entre o variar e suas consequências
Título em inglês
Acquistion, extinction and reacquisition of varying behavior under avoidance contingencies
Palavras-chave em inglês
Avoidance
Behavioral variability
Extinction
Negative reinforcement
Resumo em inglês
The present work aimed to investigate the effects of contingent and non-contingent negative reinforcement on varying behavior (Experiment I), as well as the effects of two extinction procedures (Experiment II), on behavioral variability. In Experiment I, four experimentally naive male rats were exposed to discrete trial avoidance contingencies (Lag 1 and Aco), according to the following design: Lag 1/Aco/Lag1/Aco. The general avoidance procedure included the presentation of 0.5-s, 0.4-mA electric shocks (US) on fixed time (FT) in the presence of a light (CS). Responses in the presence of the CS turned off the CS, sounded a 0.5-s, 10-dB tone, and avoided the next US programmed to be delivered. If the avoidance response was not emitted, the US was presented at the end of the FT, the CS remained unchanged, and a new trial was immediately initiated. Under the Lag 1 contingency, three-response sequences that differed from the last sequence emitted at the session avoided the US. Under the Yoke contingency, US cancellation was contingent on the emission of a three-response sequence, variable or not, following the same reinforcement distribution obtained in the last Lag session. In Experiment II, five experimentally naive male rats were exposed to the same avoidance-Lag 1 contingency employed in Experiment I and two extinction procedures (Ext 1 or 0), according to the following design: Lag 1/Ext 1/Lag 1/Ext 0/Lag 1/Ext 1/Lag 1/Ext 0/Lag 1. Three subjects were exposed to extinction procedures in reverse order. In both extinction procedures, the levers were inoperative, and responses had no scheduled consequence. Under the Ext 1, the US was delivered at the end of each trial. Under the Ext 0, the electrical stimulation generator remained off for the entire session. As a result, high variation levels were obtained under the Lag 1 contingency and low variation levels were obtained under the Aco contingency and under both extinction procedures. On Lag 1 re-exposure, variation levels were lower in the Lag 1 phases post Ext 1 and higher in the Lag 1 phases post Ext 0 than those recorded at baseline. These results suggest that the varying behavior was controlled by the avoidance contingency and that the behavioral variability may be extinguished by suspending the contingency between the varying behavior and its consequences
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.