• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2012.tde-26102012-145514
Documento
Autor
Nome completo
Isabella Bertelli Cabral dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Bussab, Vera Silvia Raad (Presidente)
Bissoto, Maria Luisa Amorim Costa
Mauro, Patricia Izar
Título em português
Desconto do futuro e percepção de tempo
Palavras-chave em português
Desconto do futuro
Percepção de tempo
Psicologia cognitiva
Resumo em português
A tomada de decisão quase sempre envolve a dimensão temporal e no ser humano, como nos outros animais, há um viés em favorecer o presente, fenômeno chamado de desconto do futuro. Entender em que condições e contextos os vieses cognitivos como o desconto do futuro ocorrem nos ajuda a compreender o funcionamento da cognição humana, e pode fornecer caminhos para prevenir a sua ocorrência quando são prejudiciais. Há pouco consenso sobre os antecedentes psicológicos do desconto do futuro, e o nível em que ele ocorre varia conforme a espécie, o sexo, a idade, os indivíduos, e os diferentes contextos para o mesmo indivíduo. Há poucos estudos que investigam a relação entre escolhas intertemporais e a percepção subjetiva do tempo. Para compreender o fenômeno do desconto do futuro e os mecanismos psicológicos relacionados a ele, nesse estudo investigamos a influência da percepção subjetiva de tempo. Participaram 208 pessoas, 117 mulheres e 91 homens com idades entre 18 e 71 anos, que responderam a um questionário online, anônima e voluntariamente. Foram perguntados o gênero, a idade, escolaridade, estado civil, se o participante possuía ou não filhos e em seguida o participante respondia a quatro instrumentos: (1) Cenário do Cupom, para verificar a taxa de desconto do futuro, com quatro condições experimentais que corresponderam a diferentes modos de apresentação do intervalo de tempo de três meses, (2) Aversão ao Risco, para verificar a aversão ao risco e (3) Distância da data e (4) Zimbardo Time Perspective Inventory ZTPI, para verificar a percepção subjetiva de tempo. Não foi encontrada diferença significativa na taxa de desconto do futuro entre as quatro condições experimentais, contudo foi encontrada uma correlação positiva entre taxa de desconto do futuro e distância subjetiva da data em geral, juntando-se os quatro grupos e independente da apresentação. As análises indicaram que as mulheres dessa amostra apresentam maior taxa de desconto do futuro, são mais avessas ao risco, e mais propensas à orientação temporal do futuro. Os jovens, apresentaram, com relação aos mais velhos, maior taxa de desconto do futuro e maior propensão ao tempo presente. Além da distância subjetiva temporal, as variáveis gênero e idade foram as únicas que correlacionaram com diferenças na taxa de desconto do futuro. O instrumento Cenário do cupom pode não 7 ter sido adequado para acessar a taxa de desconto do futuro dos participantes quando se considera o gênero, já que outros fatores podem ter causado o maior valor pedido, e não uma maior propensão ao presente
Título em inglês
Future discounting and time perception
Palavras-chave em inglês
Cognitive psychology
Evolutionary psycology
Future discounting
Time perception
Resumo em inglês
Every moment we have to decide, and during this process cognitive biases can occur. Decision making almost always includes the temporal dimension. Human beings and other animals prefer the present, phenomenon known as future discounting. There is almost no consensus about the psychological antecedents of future discounting. Its occurrence varies with the species, the individual, the gender, the age, and different contexts for the same individual. We can understand the functioning of human mind studying the cognitive biases and the context of their occurrence, moreover we can prevent their occurrence when they are prejudicial. There are not many studies on intertemporal choice and time perception, therefore we want to contribute to the literature, adding data and reflections in this area. We explored the time perception, trough four experimental conditions, and controlling gender, age, marital status and if the participant had children or not. We had 208 participants, 117 women and 91 men, ages varying from 18 and 71, which answered to an anonymous online questionnaire, voluntarily. There were four instruments, one to verify the discounting future rate (Gift certificate Scenario ) with four experimental conditions corresponding to four different ways of presenting the three months interval , one to verify risk aversion (Risk aversion), and two to verify time perception (Distance to the date, Zimbardo time perspective inventory). There was no difference in the four experimental conditions; women had a higher future discounting rate than men, and younger participants had a higher discounting rate than older participants. Women were more risk averse than men. Younger participants had more propensity to the present than older participants. Women had more propensity to the future than men. The higher the discounting rate, higher the subjective distance of the date. There were no influence of the way the date is present, neither the participant´s marital status or if the participant had children or not. Age and gender showed an influence in time perception and future discounting
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
santos_me.pdf (1,022.50 Kbytes)
Data de Publicação
2012-11-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.