• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.47.2021.tde-03122021-165628
Documento
Autor
Nombre completo
Natália Marcourakis Calegare
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Título en portugués
Instruções sobre as consequências negativas do comer e sua influência no comportamento alimentar
Resumen en portugués
Estudos experimentais investigaram o quanto instruções podem modular o desejo por alimentos utilizando como variáveis dependentes (VDs), principalmente, correlatos neurais e autorrelatos de desejo. O presente trabalho dividiu-se em dois estudos, o primeiro trata-se da revisão metodológica dessa área de pesquisa e o segundo de um experimento, cujo objetivo foi propor e testar uma proposta metodológica que incluísse medidas comportamentais e exposição direta ao alimento, aos estudos que relacionam instruções e comportamento alimentar. A revisão metodológica teve por objetivo analisar criticamente essa área, com foco específico nos seguintes aspectos: distribuição de publicações ao longo dos anos, características das populações estudadas, quais variáveis independentes (VI), VDs e estímulos foram utilizados. Como resultados observou-se que essa é uma área recente de estudo, que tem como participantes majoritariamente mulheres jovens e que há escassez de estudos que possibilitam replicação, já que há alta variedade do tipo de instrução (VI), do tipo de estímulos aos quais os participantes foram expostos e de medidas (VDs). Além disso, poucos estudos apresentam com exatidão a VI e utilizam medidas comportamentais. O segundo estudo teve três objetivos específicos: (1) averiguar se a instrução exerce algum controle sobre o consumo alimentar dos participantes; (2) avaliar se há correspondência entre o que os participantes dizem sentir perante os alimentos e o quanto eles efetivamente consomem dos mesmos; e (3) verificar se a instrução exerce algum controle sobre os autorrelatos de desejo. Para tal, optou-se pelo desenho de linha base múltipla entre participantes, no qual os três participantes foram expostos a sessões de linha de base e sessões experimentais. Durante a linha de base foram observadas imagens de alimentos pontuados como preferidos, preenchidos autorrelatos de desejo e consumo dos alimentos de preferência. Nas sessões experimentais o mesmo procedimento foi realizado, porém antes de observadas as imagens de alimentos, os participantes foram instruídos a pensarem nas consequências negativas de consumi-los. Os resultados obtidos não permitem concluir que a instrução teve efeito no consumo alimentar ou nos autorrelatos de desejo dos participantes. Além disso, não houve indicativos de que houve correspondência entre os autorrelatos de desejo e o consumo dos alimentos
Título en inglés
Instructions on the negative consequences of eating and its influence on eating behavior
Resumen en inglés
Experimental studies investigated how instructions can modulate desire for food using as dependent variables, neural correlates, and self-reports of desire. The present work is divided in two studies. The first is a methodological review of that research area and the second is an experiment. The methodological review aimed to critically analyze this area, with a specific focus on the following aspects: distribution of publications over the years, characteristics of the populations studied, which independent variables, dependent variables and stimuli were used. The findings reveal that this is a recent area of study, which has mostly young women as participants and that there is a lack of studies that can be replicated, since there is a high variety of the type of instructions, of stimuli to which participants were exposed and dependent variables. Furthermore, few studies accurately describe the independent variable (i.e., instructions) or use overt behavioral measures. The second study had three specific objectives: (1) to find out if the instruction exerts any control over the participants food consumption; (2) check if the instruction exerts any control over the self- reports of desire and (3) assess if there is a correspondence between food desire and consumption. For this purpose, multiple baseline between participants design was chosen, in which the three participants were exposed to baseline and experimental sessions. During baseline sessions, images of the preferred foods were observed, self-reports of desire were filled, and the preferred food was consumed. In the experimental sessions, the same procedure was performed, but before observing the food images, participants were instructed to think about the negatives consequences of consuming them. The results do not allow the conclusion that the instruction influenced the participants food consumption or on the self-reports of desire. Moreover, there were no indications of correspondence between the self-reports of desire and the food consumption
 
Fecha de Publicación
2021-12-06
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.