• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2013.tde-30072013-100240
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Geraissate Gorenstein
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Morato, Henriette Tognetti Penha (Presidente)
Critelli, Dulce Mara
Safra, Gilberto
Título em português
João e o vício: por entre o cuidar de ser
Palavras-chave em português
Drogas
Fenomenologia existencial
Narrativa
Vício
Resumo em português
Este estudo buscou uma compreensão acerca do fenômeno vício. Pela perspectiva da Fenomenologia Existencial, a pergunta sobre o que do ser do vício implica na descrição da forma pela qual este fenômeno se dá a ver, o como. O vício pôde ser explicitado em um caráter singular, pela experiência no contato com um homem viciado em cocaína, João. O percurso desse contato foi narrado a partir das considerações de Walter Benjamin sobre a narrativa e o narrador. O vício pôde ser compreendido como uma experiência dissonante, na qual a emergência da droga dissolve a urgência no cuidado próprio. Inapropriado do cuidado de si, o viciado incumbe àqueles ao redor da responsabilidade para a tarefa, na mesma medida em que se apresenta como uma ferramenta para a droga. Contudo, através dos suportes para sua sustentação, pode lançar-se no angustiante empreendimento de deixar de ser quem é para realizar-se como ser de possibilidades
Título em inglês
João and the Addiction: through the caring of being
Palavras-chave em inglês
Addiction
Drugs
Existential phenomenology
Narrative
Resumo em inglês
Through the Existential Phenomenology´s perspective, the question what is the addiction´s being implies on the description over the way this phenomenon appears to sight, the how. The addiction could be made explicit in a singular character, through the experience from the contact with a cocaine addicted man, João. The course of this contact has been narrated using Walter Benjamin´s considerations regarding narrative and narrator. The addiction could be comprehended as a dissonant experience, in which the drugs emergency dissolves the own care´s urgency. Ill-fated on the self care, the addicted delegates to those around the responsibility for this task, to the same extent which he presents himself as a tool for the drug. Nevertheless, through the backings for his sustenance, he can leap into the anguishing enterprise of letting be who he is, to actualize himself as a being made of possibilities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Gorenstein_me.pdf (1.26 Mbytes)
Data de Publicação
2013-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.