• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2012.tde-25072012-094215
Documento
Autor
Nome completo
Walter Cautella Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Morato, Henriette Tognetti Penha (Presidente)
Barreto, Carmem Lucia Brito Tavares
Cury, Vera Engler
Gomes, Heloisa Szymansky Ribeiro
Scarcelli, Ianni Regia
Título em português
Do inominável à pro-ducção de sentido: o plantão psicológico em hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico
Palavras-chave em português
Crises
Fenomenologia existencial
Hospitais
Plantão psicológico
Resumo em português
Este trabalho intenta tematizar a questão da crise através da prática de Plantão Psicológico, tendo como cenário o hospital geral universitário (HU) da Universidade de São Paulo (USP). Acompanhando pacientes e equipe de saúde do hospital, os psicólogos experienciaram muitas situações de crise, tais como aquelas expressas pelo gênero dramático. Suas experiências levaram a compreender tal prática por meio de uma analogia. Escolhe-se a tragédia grega como fio condutor para esta pesquisa, uma vez que este gênero literário do século V a. C. possui um caráter de transcendência histórica, trazendo em seu bojo a possibilidade de traduzir e desvelar aspectos da experiência humana nas situações críticas. Artisticamente, o drama se reporta a uma situação em que o protagonista encontra-se em uma encruzilhada do destino, submetido a uma circunstância de perda de liberdade por um advento imponderável e convocado a empunhar sua responsabilidade na direção do sentido de sua existência. A metodologia de pesquisa se assenta no olhar da fenomenologia existencial. Sendo assim, afasta-se de procedimentos ou instrumentais pré-definidos, partindo, como propõe M. Heidegger, do questionamento do ser. Elege-se a narrativa de atendimentos realizados por psicólogos plantonistas nos vários espaços do HU, apresentada através de diários de bordo, como matéria-prima para este interrogar e interpretar. Desvelou-se a crise como ruptura ocasionada por um acontecimento que irrompe na cotidianidade, levando à situação de alheamento e ocultamento de sentido pelo aniquilamento temporário da malha representacional que dá sustentação a existência. Estando lançado neste hiato, inaugura-se outra temporalidade que convoca à metaforização da crise, considerando-se o Plantão Psicológico como utensílio pertinente para possibilitar este trânsito
Título em inglês
From The Nameless To The Sense Pro-Duction: Psychological Attendance In A General Hospital As A Tool To Metaphorize Crisis By The Tragedy Comprehension
Palavras-chave em inglês
Crisis
Existential Phenomenology
General Hospital
Psychological Attendance
Resumo em inglês
This present work intends to explore crisis phenomenon as a question through the Psychological Attendance practice, which scenario is the University General Hospital at the University of São Paulo. The psychologists experience many crisis situations such those expressed by drama theme, while accompanying hospital patients and health staff. Their experiences lead to comprehend such praxis by the means of an analogy. Greek tragedy is the guideline chosen for this research, because this literary style from the V b. C. century, by its historical transcendental characteristic, carries forward possibilities to translate and unveil relevant aspects of human experience when passing by critical situations. Artistically, drama conveys a situation where the protagonist finds himself in a destiny crossroads, under loss of freedom circumstances by an unexpected event, which convocates him to handle his own responsibility toward the sense of his existence. Existential phenomenology is the methodological path for this research. Departing from the questioning of being, as Heideggers proposal, it goes apart from predefined procedures. Psychologists attendances narratives at many hospital wards, as board diaries, are the main resource for the interrogation and interpretation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
cautella_do.pdf (1.85 Mbytes)
Data de Publicação
2012-08-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.