• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2011.tde-21072011-145333
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Marques Pucci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Crochik, Jose Leon (Presidente)
Ramos, Conrado
Sass, Odair
Título em português
O conceito de indivíduo na obra de Theodor W. Adorno e suas relações com o pensamento de Sigmund Freud
Palavras-chave em português
Psicanálise
Psicologia social
Sigmund Freud (1856-1939)
Theodor Wiesegrund Adorno (1903-1969)
Resumo em português
Com o advento da sociedade industrial do chamado capitalismo tardio, marcada por uma forma de dominação calcada na racionalidade administrativa e tecnológica, surge uma nova maneira de configuração dos indivíduos, representada por atitudes individuais padronizadas e irracionais, assim como também por um ego frágil, pouco desenvolvido e facilmente cooptado por movimentos sociais totalitários e irracionais. Diante dessa situação faz-se necessário pensar uma Psicologia social, de base psicanalítica, ligada ao estudo da relação entre indivíduo e sociedade, unida a uma teoria social e considerada sempre dentro do movimento histórico. Para contribuir com essa discussão, o objeto estudado desta pesquisa é o conceito de Indivíduo na obra de Theodor W. Adorno, e, o objetivo, analisar suas relações com o pensamento de Sigmund Freud, importante teórico que se propôs a estudar o indivíduo e suas atitudes irracionais. Vale ressaltar que a categoria indivíduo é uma das principais, se não a principal, categoria teórica da Psicologia como ciência, e apresenta-se, atualmente, como um elemento indispensável a qualquer tipo de transformação social ligada aos princípios de uma sociedade autônoma. Os resultados da pesquisa apontaram que relevante a psicanálise de Freud com certeza foi ao pensamento de Adorno, principalmente, em alguns temas específicos estudados por ele, ou seja, em textos e pesquisas específicas que tinham como reflexão a denúncia de fenômenos irracionais presentes no século XX, assim como também em estudos sobre os movimentos de massa contemporâneos, a personalidade autoritária, os fatores implicados no anti-semitismo e os efeitos psicossociais da indústria cultural. As reflexões de Freud que estiveram mais presentes nesses estudos foram as que se referem à psicologia de massa, libido, complexo de Édipo, id, ego, superego e narcisismo. Tais reflexões foram utilizadas, não sem críticas, por Adorno para auxiliá-lo, dentro do escopo de uma teoria social, a compreender o indivíduo, inserido na sociedade de massa contemporânea, e suas atitudes irracionais
Título em inglês
The concept of individual in Theodor W. Adornos work and its relationship with Sigmund Freuds thinking
Palavras-chave em inglês
Psychoanalysis
Sigmund Freud (1856-1939)
Social Psychology
Theodor Wiesegrund Adorno (1903-1969)
Resumo em inglês
With the industrial society advent within the so-called late capitalism, which is determined by the dominance of administrative and technological rationality, a new manner of individuals configuration emerged, being characterized by irrational standardized individual attitudes, as well as by individuals with a fragile and less developed ego who are easily carried out by irrational totalitarian social movements. In face of this situation, it is necessary to bear in mind a psychoanalytic-based social psychology which must be related to the study of the relation between the individual and society, and also linked to a social theory that is in accordance with a certain historical movement. In order to contribute to the discussion of this issue, the aim of this research is the concept of individual in Theodor W. Adornos work and its objective is analyzing its relationship with Sigmund Freuds thinking, an important theorist who proposed the study of individual and his irrational attitudes. It is worthwhile to stress that the categorization of an individual is one of the main not to say the most important theoretical category of Psychology as a science and is presented, nowadays, as an essential element to any social transformation related to the principles of an autonomous society. The results of this research proved undoubtedly that Freuds psychoanalysis was relevant to Adornos thinking, mainly in some specific themes studied by the latter, that is, in both texts and specific researches related to denouncing irrational social movements in the twentieth century, as well as some other publications on contemporary mass movements, the authoritarian personality, the factors implied in the anti-semitism and the socio-psychological effects in the cultural industry. Some of Freuds reflections that were present in Adornos thinking are those which refer to mass psychology, libido, Oedipian complex, id, ego, superego and narcissism. Those studies were used by Adorno and somehow criticized by him to develop his own ideas in the scope of a social theory to understand individuals within the contemporary massified society and their irrational attitudes
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
pucci_me.pdf (254.87 Kbytes)
Data de Publicação
2011-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.