• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2009.tde-11122009-155557
Documento
Autor
Nome completo
Sandra Regina Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Freitas, Laura Villares de (Presidente)
Alves, Elaine Gomes dos Reis
Kovacs, Maria Julia
Título em português
Corpo deficiente e individuação: um olhar sobre pessoas com deficiência física adquirida a partir da psicoterapia breve de orientação junguiana
Palavras-chave em português
Deficiente físico
Individuação (psicologia)
Psicologia junguiana
Psicoterapia breve
Resumo em português
O conceito de individuação, proposto por Carl G. Jung, estabelece que o indivíduo, como um ser continuum, em conexão com seu Self é guiado a uma jornada rumo à sua plenitude. Assim, esse processo é interminável e ocorre na vida de todas as pessoas, desde seu nascimento. Quando uma pessoa sofre algum dano que interfere nesse caminho, a oportunidade de mudanças em vários âmbitos se presentifica, sendo importante que o ego integre essa experiência, ocorrendo uma simbolização psíquica. Neste estudo, busco avaliar como o processo de individuação pode ocorrer de forma criativa em pessoas que adquiriram uma deficiência física motora, podendo ser esta propiciadora de modificações necessárias para a promoção de ampliação da consciência. Para isso, utilizo como recurso metodológico narrativas de intervenções psicoterápicas de três pacientes por mim atendidos em psicoterapia breve em centros de reabilitação para pessoas com deficiência física. As causas e os diagnósticos das deficiências são distintos, sendo uma mulher vítima de acidente vascular cerebral, um homem tetraplégico e uma paciente com amputação transfemural. A partir dos meus relatos das intervenções, busquei refletir sobre alguns elementos que se evidenciaram durante o acompanhamento e que me auxiliaram no embasamento de uma psicoterapia breve de abordagem junguiana. Os eixos visualizados durante o processo psicoterápico referemse a: apropriação da persona do deficiente físico e integração criativa dos aspectos sombrios que caracterizam a perda física; corpo deficiente como símbolo da maneira de se relacionar com o mundo e consigo mesmo; análise do destino que vinha se configurando em contraposição às alterações propiciadas pela deficiência e retomada do caminho engendrado pelo Self, a partir da assimilação criativa da deficiência ao cotidiano. Coloco-me como terapeuta-narradora das intervenções psicoterápicas desses pacientes sob a ótica da psicologia analítica, utilizando como referencial literário a escritora Clarice Lispector, cuja obra se delineia sobre a ficção trágica de contos baseados em histórias de vida. Os resultados observados refletem a importância de um trabalho multidisciplinar no acompanhamento a essas pessoas e na possibilidade de se resgatar o caminho configurado previamente, embora com modificações importantes simbolizadas no corpo limitado.
Título em inglês
Deficient body and individuation: a look on people whith acquired physical deficiency through brief psychoterapy of junguian orientation
Palavras-chave em inglês
Brief psychotherapy
Individuation (psychology)
Junguian psychology
Physical disabled
Resumo em inglês
The concept of individuation, proposed by Carl G. Jung, establishes that a person, as a continuum being, in connection with its Self is guided to a journey to its fullness. Thus, this is an endless process and occurs in everyone's life, since birth. When a person suffers trauma that interferes with this journey, the opportunity of changes in multiple scopes is present, and it is important that the ego integrates this experience, occurring a psychic symbolization. In this study, I try to evaluate how the individuation process can occur in a creative form to people with acquired motor physical deficiency, which may bring necessary modifications for the promotion of an amplification of the conscience. So, as methodological resourse, I took narratives of psychotherapic interventions of three patients atended under brief psychotherapy in different physical rehabilitationcenters. The etiologies and the types of deficiencies are distinct: a woman with cerebral vascular event sequel, a tetraplégic man and a another woman with transfemural amputation. Based on the reports of interventions, I tried to reflect on some elements highlighted during the treatment of those patients, which. helped me to apply a brief junguian psychotherapy. The cores detected during the psychotherapic process refer to: appropriation of physical deficient persona and creative integration of the shady aspects that characterize physical loss; deficient body as symbol of the relationship with the world and himself; the analysis of destiny that was being configured in contraposition to alterations resulting from deficiency, and the return to the way produced by the Self, from the creative assimilation of deficiency to the daily life. I have placed myself as therapist-narrator of those patients psychotherapic interventions under analytical psychology view, using as referencial literary the writer Clarice Lispector, whose publications are delineated on the tragic story fiction based on real life histories. The observed results the need for a multidisciplinary approach to this kind of patients and for the possibility of rescuing the way configured previously, even so with symbolized important modifications in the impaired body.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-12-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.