• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.47.2005.tde-08082007-180214
Documento
Autor
Nombre completo
Fernando Milton de Almeida
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2005
Director
Tribunal
Morato, Henriette Tognetti Penha (Presidente)
Custódio, Eda Marconi
Michelazzo, José Carlos
Ramires, Jose Antonio Franchini
Schmidt, Maria Luisa Sandoval
Título en portugués
Ser clínico como educador: uma leitura fenomenológica existencial de algumas temáticas na prática de profissionais de saúde e educação
Palabras clave en portugués
aconselhamento
fenomenologia existencial
ser
supervisão clínica
tempo
Resumen en portugués
Neste trabalho, configura-se uma pesquisa para a apresentação de uma leitura fenomenológica existencial da prática profissional em saúde e educação. Parte-se de um questionamento que, dirigindo-se à compreensão da dimensão de ser clínico, atravessou tanto a vida quanto a profissão do pesquisador. Tal empreitada requer que se atenha em temáticas básicas pertinentes a essa prática. Tendo o horizonte delineado pela ontologia fundamental de Martin Heidegger, contida em sua obra "Ser e Tempo", o desenvolvimento dos temas recorre a situações da própria prática, sobretudo, em referência ao Plantão Psicológico, uma modalidade de Aconselhamento Psicológico, por ser constituinte da experiência profissional do pesquisador em instituição de ensino em Psicologia. Na exploração desses temas, buscam-se subsídios à prática profissional especificada na antropologia filosófica proposta nessa obra. Para isso, recobram-se explicitações elucidativas dentro de cada capítulo e nos capítulos, que se constituem em ensaios. Inicialmente, apresenta-se a hermenêutica interpretativa, metodologia norteadora desse trabalho, pontuando seus pressupostos e questões peculiares cruciais. No ensaio seguinte, abordando-se a situação como manifestação da existência, discorre-se sobre questões relevantes, tais como poder-ser, facticidade, realidade, mundanidade, linguagem, interpretação. A seguir, explicitam-se as facetas da pluralidade e singularidade do eu, reportando-se à impropriedade, propriedade, solicitude, angústia, cuidado, sentido, finitude e consciência. Após, fala-se do eu como tempo e história, acontecendo em destinação. Num último ensaio, traz-se em cena a dimensão de ser clínico como educador, a qual se sustenta na determinação ontológica de ser-em do eu, expondo sua condição de ser afetado, compreender e falar; novamente, são retomados, entre outros, os assuntos da angústia, interpretação, sentido e linguagem. Espera-se que o principal resultado a ser realçado haja sido a consecução de uma nova perspectiva que integra clínica e educação.
Título en inglés
Clinical being as an educator: an existential and phenomenological reading of the founding thematic concerned with the health and education practices by the practicing professionals.
Palabras clave en inglés
being
clinical supervision
counseling
existential phenomelogy
time
Resumen en inglés
In this work one presents a research and a particular reading of an existential and phenomenological view of the practicing professionals in the health and education activities. One departed from a questioning that, aimed at the comprehension of what is to be a clinical professional, broke through both, the personal life and the profession of the researcher. This undertaking required sticking to the basic thematic related to this particular professional practice. With the surrounding horizon delineated by Martin Heidegger´s fundamental ontology, out of his work "Being and Time", the development of the themes goes after situations of the practice itself, moreover related to the Psychological Emergency Attendance, a form of Psychological Counseling, a part of the professional experience of the researcher in a teaching institution of Psychology. In the exploration of these themes, relevant elements are sought for the professional practicing as specified in the philosophical anthropology proposed at his work. For this, explanations are requested, again and again, within each chapter and at each of the chapters which are themselves essays. In the beginning, the interpretative hermeneutics is presented, to be the guidance of the work, pointing to the assumptions underlying it, and to crucial decurrently questioning as well. In the essay that follows, focusing the situation under the point of view of a manifestation of the existence, one speaks on relevant topics, such as potentiality-for-being, facticity, realness, worldliness, language and interpretation. Following suit are made explicit the facets of the plurality and of the singularity of the "I", in respect to the impropriety, propriety, solicitude, anxiety, care, meaning, finiteness and consciousness. Afterward one speaks on the "I" as time and history, happening in its destination. In a last essay, the dimensions of the clinical being as an educator is brought into the stage, which are supported by the ontological determination of being-in of the "I", exposing its condition as subject to be affected, of understanding and discourse, again retaking the topics of anxiety, interpretation, meaning and language, among others. Perhaps, the major result to emphasize is a new integrated comprehension of clinic and education.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2007-09-17
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.