• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.46.2020.tde-11112021-104451
Documento
Autor
Nome completo
Laura de Medina Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Faria, Dalva Lucia Araujo de (Presidente)
Mazali, Italo Odone
Petrella, Yara Ligia Mello Moreira
Título em português
Caracterização espectroquímica de policromias em esculturas barrocas brasileiras: estudo e carnações
Palavras-chave em português
Arroco mineiro
Carnação
Microscopia Raman
Microscopia vibracional
Pigmento
Policromia
Resumo em português
A presente Dissertação trata da análise de oito amostras de carnações de esculturas policromadas em madeira coletadas de quatro altares diferentes (São Gonçalo, Santa Ana, Santo Antônio e Nossa Senhora da Assunção) da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição de Catas Altas, MG, representativas do Barroco Mineiro (séculos XVIII-XIX). Foram utilizadas técnicas microanalíticas não destrutivas como SEM-EDS, microscopia Raman e microscopia ATR-FTIR (µATR-FTIR) para a identificação de pigmentos, cargas, aglutinantes, colas e possíveis vernizes; tratamento estatístico (HCA e MCR) especificamente para os resultados de µATR-FTIR para a busca dos compostos orgânicos foi realizado. Os resultados obtidos dessas análises foram comparados com os tratados de pintura reconhecidos como referência da arte técnica daquela época (Felipe Nunes, Francisco Pacheco e Cennino Cennini) para descobrir se os artistas brasileiros seguiam ou não esses tratados europeus ou se os adaptavam para a realidade do País. Os resultados foram também comparados com os reportados na literatura para outras peças brasileiras e portuguesas, tanto para fim de contextualização quanto para evidenciar a eficácia e relevância do uso de técnicas microanalíticas neste tipo de investigação. Foi possível concluir que a composição química das policromias estudadas não difere das de outras policromias brasileiras e portuguesas produzidas no mesmo período e que a possibilidade de estudar individualmente as várias camadas que as compõem também levou à conclusão de que as formulações dos tratados foram seguidas, o que permite descrever a técnica empregada na confecção das policromias como erudita. Não foram encontradas evidências de qualquer tipo de procedimento adotado pelos artistas que trabalharam nas peças dessa igreja que pudesse implicar na produção intencional de tonalidade mais escura para as carnações. Uma camada de imprimatura identificada nas amostras Ca026, Ca030, Ca039, Ca045 e Ca126, e de hematita na camada pictórica de todas as amostras podem causar esse efeito de escurecimento nos tons de pele, mas são procedimentos já descritos no tratado de Felipe Nunes.
Título em inglês
Spectrochemical characterization of polychromy in Brazilian baroque sculptures: flesh-tones study
Palavras-chave em inglês
Baroque mineiro
Flesh-tone
Pigment
Raman Microscopy
Vibrational microscopy
Wooden polychrome
Resumo em inglês
This work reports on the analysis of eight samples of flesh-tones from wooden polychromes collected from four different altars (Saint Gonçalo, Santa Ana, Saint Anthony and Our Lady of the Assumption) of the Mother Church of Our Lady of Conception of Catas Altas, MG, which are representative the Baroque Mineiro (18th-19th centuries). Non-destructive microanalytical techniques such as SEM-EDS, Raman microscopy and ATR-FTIR microscopy (µATR-FTIR) were used to identify pigments, fillers, binders, glues and possible varnishes. Statistical processing (HCA and MCR) carried out on the µATR-FTIR data aimed at the identification of organic compounds. The obtained results were compared with painting treatises recognized as references in technical art of the 18th-19th centuries in Portugal and Spain (Felipe Nunes, Francisco Pacheco and Cennino Cennini) to find out whether Brazilian artists followed these European treatises or sought to adapted them to the local reality. The results were also compared with the literature on Brazilian and Portuguese wooden polychromes in order to place the studied samples into context and also to emphasize the effectiveness and relevance of using microanalytical techniques in this type of investigation. It was possible to conclude that the chemical composition of the studied samples do not differ from the composition of other Brazilian and Portuguese polychromes produced in the same period and that the possibility of analyzing individually each layer in the stratigraphies also led to the conclusion that the treatises formulations were followed, i.e., the wooden polychromes were produce according to the erudite tradition. No evidences were found that could suggest the involvement of the artists who worked on the polychrome sculptures from Catas Altas with procedures aiming at darker flesh-tones. An imprimatura layer detected in samples Ca026, Ca030, Ca039, Ca045 and Ca126, and of hematite in the pictorial layer (all the samples) are likely to cause a darkening in the flesh-tone, but such procedures are already described in Nuness treatise.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.