• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.44.2021.tde-11052021-093859
Documento
Autor
Nome completo
Marina Fernandes Sanches Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Louro, Vinicius Hector Abud (Presidente)
Almeida, Emerson Rodrigo
Elis, Vagner Roberto
Título em português
Utilização de métodos geofísicos na análise de contaminação de água subterrânea em Urânia - SP
Palavras-chave em português
Aquífero Adamantina
Contaminação
Dar Zarrouk
Resistividade
Resumo em português
A cidade de Urânia enfrenta problemas de contaminação do Aquífero Adamantina desde a década de 1970, assim como muitas áreas urbanas paulistas. É de extrema importância detectar e monitorar ambientes contaminados para prevenção e reparo, uma das limitações é o difícil acesso ao aquífero, para o estabelecimento dos níveis aquíferos e das características litológicas da zona não saturada. Este trabalho identifica as áreas de recarga do aquífero na região mais suscetíveis à degradação antrópica e delimita áreas contaminadas utilizando contrastes de eletrorresistividade. Sondagens Elétricas Verticais (SEVs) e Caminhamentos Elétricos foram realizados e distribuídos de forma a obter um conjunto de dados representativo do município. Os resultados obtidos através das SEVs e poços de monitoramento determinaram o índice de vulnerabilidade, definido através do parâmetro de condutância longitudinal de Dar Zarrouk, aliado às características do aquífero como o tipo de aquífero, o nível d'água e litologia da zona não saturada. Os perfis de resistividade obtidos pelos Caminhamentos Elétricos mostraram valores abaixo de 0.5 Ohm.m na zona nordeste da cidade, próximo à região de descarga do aquífero, onde há concentração de contaminantes orgânicos. A partir do mapa de vulnerabilidade foi possível indicar a área sudeste da região de estudo como mais propensa a contaminação devido ao material geológico permeável e pouca espessura da zona não saturada. As anomalias de baixa resistividade (< 0.5 Ohm.m) foram comparadas a análises químicas anteriormente publicadas, corroborando com as avaliações levantadas, e apresentando as áreas contaminadas no aquífero dentro e nas imediações da área urbana de Urânia.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
Adamantina Aquifer
Aquifer contamination
Dar Zarrouk
Resistivity
Resumo em inglês
The city of Urânia has been experiencing contamination problems in the Adamantina Aquifer since the 1970s, like many urban areas in São Paulo. It is extremely important to detect and monitor contaminated environments for prevention and repair, but one of the limitations is the limited access to the aquifer, especially establishing aquifer levels and the lithological characteristics of the unsaturated zone. This work identifies the aquifer recharge areas in Urânia most susceptible to anthropic degradation, by electroresistance contrasts. Vertical Electrical Surveys (VES) and Electrical Profiling provided a representative electrical dataset of the municipality. VESs and monitoring wells supported calculating the Dar Zarrouk Longitudinal Conductance Parameter and, further, the vulnerability index. The investigation also counted with other aquifer characteristics, such as its type, water level and lithology of the unsaturated zone. The resistivity profiles obtained by the Electric Walks showed values below 0.5 Ohm.m in the northeastern part of the city, close to the aquifer discharge region, where there is a concentration of organic contaminants. The vulnerability map indicated the southeast area as the most prone to contamination due to its permeable geological material and low thickness of its unsaturated zone. Low resistivity anomalies (<0.5 Ohm.m) were compared to previously published chemical analyzes, corroborating with their assessments, and showing the aquifer contaminated areas in and around the urban area of Urânia.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.