• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2006.tde-09102012-085510
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Cesar Marques
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Anelli, Luiz Eduardo (Presidente)
Fonseca, Vera Maria Medina da
Simões, Marcello Guimarães
Título em português
Taxonomia dos invertebrados da Formação Ponta Grossa (Eomesodevoniano), borda norte da Bacia do Paraná, região de Amorinópolis, Estado de Goiás, e análise cladística de espiriferídeos basais
Palavras-chave em português
Devoniano
Filogenia
Ponta Grossa
Spiriferida
Resumo em português
Apesar do grande número de estudosenvolvendo taxonomia esistemática de braquiópodes, poucos foramos estudos que utilizassema metodologia de análise cladística. Desta forma,no estudo aqui apresentado, foi feita uma análise cladística dos taxabasais da Ordem Spiriferida, comatenção especialà superfamília Delthyridoidea. Esta superfamília, Siluro-Devoniano, temcomointegrante o taxon Australospirifer, representante típico do Domínio Malvinocáfrico, e presente no Devoniano brasileiro. A análise cladística tambémtem por objetivo testar a hipótese filogenética apresentada por Lespèrance e Bizarro (1999) para a superfamília Delthyridoidea. Braquiópodes, bivalves, tentaculítideos e trilobitas, típicos representantes do Província Malvinocáfrica, foram descritos para o flanco norte da Formação Ponta Grossa (Eo-mesodevoniano), Estado de Goiás, Brasil, uma área compoucos estudos paleontológicos. Foi descrita uma nova espécie para o gênero Ptychopteria, e umnovo gênero e nova espécie de espiriferídeo, comafinidades filogenéticas ao gênero Australospirifer. A análise cladística foi realizada com enraizamento a posteriori no taxon Eospirifer.O cladograma semiestrito resultante, escolhido como proposta detrabalho, apresentou CI=0,40, RI=0,70, RC=0,30. Apesar da baixa resolução, este estudo aqui discutido apresenta uma acuidade maior emrelação ao anteriormente realizado por Lespèrance e Bizarro (1999), principalmente por conter um maior número de caracteres e taxa.Como resultado, pôde ser observado que alguns grupos tradicionalmente considerados basais emSpiriferida, como Delthyridoidea e Cyrtioidea não são considerados monofiléticos. Por outro lado Reticularioidea e Martinioidea (excluindo Tenellodermis) são confirmados comogrupos monofiléticos. Além disso, o gênero Australospiriferé considerado um metataxon, sendo basal emrelação a um grupo inteiro, que corresponde tanto a taxatípicos do Hemisfério Norte quanto ao taxonnovo aqui descrito.
Título em inglês
Invertebrate taxonomy of Ponta Grossa Formation (Early to Middle Devonian), Northern Boundary of Paraná Basin, Amorinópolis region, state of Goiás, and cladistic analysis of basal Spiriferida
Palavras-chave em inglês
Devonian
Phylogeny
Ponta Grossa
Spiriferida
Resumo em inglês
Despite the large number of taxonomic studies on fossil brachiopods, few include cladistic analysis. This study is one of the first to apply thismethod to basal taxa amongs Spiriferida, with special attention to the superfamily Delthyridoidea. This superfamily, restricted to the Silurian and Devonian, includes the taxon Australospirifer, which is common in Devonian deposits of Brazil and representative of the Malvinocafric Realm. This analysis also tests the phylogenetichypothesis proposed by Lespèrance and Bizarro (1999) for the superfamily Delthyridoidea. Brachiopods, bivalves, tentaculitids and trilobites, typical elements of the Malvinocafric Realm,are describedfrom the Ponta Grossa Formation (Early to Middle Devonian) in the northern portion of the Parana Basin in the State of Goiás, Brazil, a region still poorly known paleontologically, especially for brachiopods, when compared to the southern portion of the basin. A new species ofthe genus Ptychopteria,and a new genus and species ofspiriferidhaving phylogenetic affinities with the genus Australospiriferare described. The cladistic analysis was carriedout with a posteriorirooting in the taxon Eospirifer. The resulting semistrict cladogram, the preferred working hypothesis, presented CI=0,40, RI=0,70 and RC=0,30. Despite its relatively low topological resolution, this cladogrampresents greater accuracy than that proposed by Lespèrance and Bizarro (1999), mainly because of the greater number of characters, and taxa utilized. As a result,some groups, traditionally considered as basal within the Spiriferida, such as Delthyridoidea and Cyrtioidea, can not be interpreted here as monophyletic. On the other hand, Reticularioidea and Martinioidea (excluding Tenellodermis) are confirmed as monophyletics groups. In addition, the genus Australospirifer is considered a metataxon, and basal not only to the group including typical Northern Hemisphere taxa but also to the new genus and species described here.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RCMarques.pdf (5.85 Mbytes)
Data de Publicação
2012-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.