• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2016.tde-02022016-150335
Documento
Autor
Nome completo
José Candido Stevaux
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1986
Orientador
Título em português
Faciologia e ambientes de sedimentação da Formação Rio Bonito (SP) da Bacia do Paraná
Palavras-chave em português
Sedimentologia
Resumo em português
Neste trabalho foram estudados os sedimentos da Formação Rio Bonito (P), Grupo Tubarão, em afloramentos na região de Rio do Sul, SC e em testemunhos de sondagens (poços 2-AL-1-SC e 2-CS-1-PR) com o objetivo de caracterizar suas associações faciológicas e de determinar os ambientes deposicionais envolvidos na sua sedimentação. Para tanto foram utilizadas descrições petrográficas (macroscópicas e microscópicas), descrição de afloramentos (geometria dos litossomas e estruturas sedimentares), descrição de testemunhos de sondagens, análise mineralógica de argila por meio de difratometria de raios X, análise micropaleontológica, análise icnofossilífera, geoquímica de matéria orgânica e perfis geofísicos. As associações faciológicas determinadas por meio de testemunhos de sondagem e/ou afloramentos constituíram vários perfis verticais que, comparados com "motivos deposicionais" obtidos na literatura, puderam caracterizar diversos ambientes deposicionais. Foram, dessa forma, determinados 8 ambientes deposicionais: - Canais distributários e fluviais. - Planície de inundação com depósitos de rompimento de dique marginal ("crevasse splay"). - Canais e planície de maré. - Planície de maré clástico-carbonática.- Complexo barreira-laguna.- Barras de costa-afora ("offshore"). - Lobo deltaico. - Baía interdistributária. De um modo geral estes ambientes deposicionais desenvolveram-se sob um clima que variou de sub-glacial a quente com tendências locais à a aridez, numa bacia deposicional de energia relativamente baixa (golfo?), onde as tempestades foram, provavelmente, o agente dinâmico mais eficiente. O resultado obtido pela metodologia utilizada satisfez os propósitos estabelecidos neste trabalho.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
It is studied in this paper the Rio Bonito Formation (P), Tubarão Group, through the outcrops in the Rio do Sul (SC) region and drill cores (wells 2-AL-1-SC and 2-CS-1-PR) with the aim of identifying its faciologic association and to determine the sedimentary environments that acted during the sedimentation. Petrographic descriptions (macroscopic and thin section), outcrops and core descriptions, x ray diffraction analysis of clay minerals, micropaleontological analyses, icnofossiliferous analyses, organic geochemistry and electrical well logs are used in this work. The comparison of the faciologic associations obtained from the description of outcrops and cores with the depositional models found in the literature allowed us to identify the following depositional environments: - deltaic: distributary and fluvial channel, flood plain with crevasse splay, interdistributary bay delta front and prodelta. - barrier island-lagoonal complex. - clastic-carbonate tidal plain. - tidal channel and plain. - offshore (with offshore bars). These depositional environments were submitted to sub-glacial ranging to hot climate with local tendency to aridity, in a low energy depositional basin (gulf?), where the storms were the major dynamic agent. The results obtained by this method can be considered satisfactory.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Steveaux_Mestrado.pdf (22.34 Mbytes)
Data de Publicação
2016-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.