• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.44.1983.tde-28082015-144848
Document
Author
Full name
Sebastiao Gomes de Carvalho
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 1983
Supervisor
Committee
Barbour, Aledir Paganelli (President)
Bettencourt, Jorge Silva
Ribeiro Filho, Evaristo
Title in Portuguese
Geologia e potencial de mineralização dos arredores de Fortaleza de Minas (MG)
Keywords in Portuguese
Fortaleza de Minas (MG)
Geologia
Abstract in Portuguese
Os traços geológicos mais gerais das Faixas dobradas proterozóicas (Grupos Araxá, Andrelândia e Canastra), bem como o seu embasamento, na parte sudoeste de Minas Gerais são abordados. Na região de Fortaleza de Minas (MG), essas litologias podem ser grupadas em 3 unidades litoestratigraficamente destintas, denominadas: Embasamento Cristalino, Cinturão Vulcano-Sedimentar, Morro do Ferro e Grupo Araxá. Localmente, as rochas que constituem o embasamento são representadas por anatexitos, migmatitos e gnaisses diversos, que mostram uma evolução estrutural similar aquela aventada - por Fiori (1974) para rochas do Complexo Silvianópolis (Fig. 16). As rochas tidas como pertencentes ao Grupo Araxá, no local, são representadas principalmente por quartzitos da Formação Canastra. Outras litologias consideradas como pertencentes a este Grupo, agora melhor caracterizadas, passam a ser parte integrante do "Cinturão Vulcano Sedimentar Morro do Ferro", modificando-se parcialmente os modelos estratigráficos até agora propostos para a área. O estudo Petrográfico das litologias que compõem o Cinturão vulcano sedimentar "Morro do Ferro" e mais especificamente aqueles que formam a "Unidade Morro do Níquel" sugerem composições originais correspondentes à peridotitos, piroxenitos e subordinadamente basaltos. A complexidade estrutural da área é excepcionalmente grande, levando à um rompimento generalizado dos corpos que constituem as diferentes litologias na área, bem como à formação de diversas xistosidades e fenômenos de transposição. Dados obtidos a partir de prospecção geoquímica na área, e tratados estatisticamente, revelaram a presença de anomalias de Cromo, Níquel, Cobre e Cobalto na unidade Morro do Níquel. Com base nos modelos geotectônicos existentes na literatura para a região, nos trabalhos locais de petrografia, estrutural, estratigrafia, geoquímica, bem como dos vários indícios de mineralizações existentes na área, é tentada uma abordagem metalogenética (Sensu Lato), para a região de Fortaleza de Minas.
Title in English
Not available.
Keywords in English
Not available.
Abstract in English
Not available.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Carvalho_Mestrado.pdf (34.69 Mbytes)
Publishing Date
2015-08-31
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.