• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2012.tde-19092012-110423
Documento
Autor
Nome completo
Keitty Raquel Benevides Pereira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Marinho, Claudio Romero Farias (Presidente)
Bevilacqua, Estela Maris Andrade Forell
Costa, Fábio Trindade Maranhão
Título em português
Estudo dos mecanismos imunológicos envolvidos na recrudescência da malária experimental durante a gravidez.
Palavras-chave em português
Plasmodium Plasmodium berghei Gravidez
Imunologia
Malária
Placenta
Recrudescencia
Resumo em português
Neste trabalho, usamos um modelo murino de recrudescência da malária associada à gravidez, com camundongos BALB/c infectados por Plasmodium berghei ANKAGFP com o objetivo de avaliar a resposta imune associada ao recrudescimento da infecção. Observando as populações de células do baço por citometria de fluxo notou-se um aumento no percentual de células CD4+, CD19+, TCR gd+, GR1+ nos animais infectados, em relação aos controles não infectados. Não foram observadas diferenças no percentual de leucócitos placentários. Além disso, nossos resultados mostraram que no baço, linfócitos TCD4+ e TCD8+ estão mais ativados em fêmeas recrudescentes, enquanto que na placenta, estes animais apresentaram um aumento na ativação de células TCD4+. A relação IgG2a/IgG1 em animais ecrudescentes e não recrudescentes indicou um aumento de 3 vezes na produção de IgG2a que indica um padrão Th1 de resposta imune. A análise de qRT-PCR concomitantemente à citometria de fluxo evidenciou que células dendríticas são os reservatórios do parasita durante o estágio crônico da doença, que antecede o recrudescimento. Juntos, esses dados sugerem que a recrudescência durante a gestação está diretamente ligada ao dano tecidual, provavelmente relacionado a uma exacerbada resposta Th1 na placenta.
Título em inglês
Study of the immunologic mechanisms involved in the recrudescence of experimental malaria during pregnancy.
Palavras-chave em inglês
i>Plasmodium Plasmodium berghei Immunology
Malaria
Placenta
Recrudescence
Resumo em inglês
In this work, we used a murine model of recrudescence of malaria associated with pregnancy, consisting of BALB / c mice infected with Plasmodium berghei ANKAGFP to evaluate the immune response associated with the recrudescence of the disease. Observing the spleen cell populations by flow cytometry, an increase in the percentage of CD4+, CD19+, TCR gd+, GR1+ cells was observed in the infected animals, compared to the uninfected controls. No differences were observed in the percentage of placental leukocytes. Furthermore, our results showed that in the spleen, CD4+ and CD8+ cells were in a more active state in recrudescent females, while in the placenta, these animals exhibited an increase in CD4+ T cell activation. The ratio IgG2a/IgG1 in recrudescent vs non-recrudescent animals showed a 3-fold increase in the production of IgG2a indicating a Th1 immune response. qRT-PCR analysis, together with flow cytometry, showed that dendritic cells were the reservoirs of the parasite during the chronic stage of the disease, preceding the recrudescence. Together, these data suggest that recrudescence during pregnancy is directly linked to tissue damage, probably related to an exacerbated Th1 response in the placenta.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.