• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2013.tde-04062014-152057
Documento
Autor
Nome completo
Bianca Cechetto Carlos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Marcelo Urbano (Presidente)
Carvalho, Leonardo Jose de Moura
Carvalho, Luzia Helena
Junqueira, Maria Imaculada Muniz Barboza
Marinho, Claudio Romero Farias
Título em português
Antígenos variantes de superfície de hemácias infectadas por Plasmodium falciparum na Amazônia brasileira: aderência a receptores do endotélio vascular (CD36 e ICAM-1) e reconhecimento por anticorpos.
Palavras-chave em português
Plasmodium
Aderência celular
Amazônia brasileira
Anticorpos
Endotélio vascular
Receptores celulares
Resumo em português
A relativa raridade de casos graves de malária no Brasil sugere que os isolados locais de Plasmodium falciparum tenham menor virulência que os parasitas africanos e asiáticos. Este trabalho investigou os padrões de aderência de sete isolados de P. falciparum, provenientes de uma área da Amazônia brasileira em que a malária grave é rara, a dois receptores do endotélio vascular, CD36 e ICAM-1. Também analisamos a resposta de anticorpos de indivíduos locais contra oitos antígenos de superfície, incluindo isolados de campo e a cepa 3D7. Mostramos que: (a) de modo geral, os isolados locais de P. falciparum expressam VSAs capazes de aderir tanto a ICAM-1 quanto a CD36; (b) detectamos anticorpos contra antígenos apresentados por isolados de campo e pela cepa 3D7 entre moradores de uma área endêmica próxima à origem dos isolados; (c) vimos que alguns dos soros testados foram capazes de bloquear a adesão de hemácias parasitadas a ICAM-1 e CD36, in vitro; (d) detectamos uma baixa prevalência do alelo S (hemoglobina S) na população de estudo.
Título em inglês
Variant surface antigens from Plasmodium falciparum-infected erythrocytes in Brazilian Amazon: adherence to endothelium receptors (CD36 and ICAM-1) and antibodies recognition.
Palavras-chave em inglês
Plasmodium
Antibodies
Brazilian Amazon
Cell adhesion
Cell receptors
Vascular endothelium
Resumo em inglês
The relative rarity of severe malaria in Brazil suggests that the local Plasmodium falciparum isolates are less virulent than African and Asian parasites. This work investigated adherence patterns to CD36 and ICAM-1, two receptors of the vascular endothelium, in P. falciparum isolates from an area of the Brazilian Amazonia, where severe malaria is rare. We also analyzed, in the same area, the antibody responses of people against eight VSAs. We found that: (a) local P. falciparum isolates express VSAs capable to adhere to both receptors, CD36 and ICAM-1; (b) we detected antibodies against VSAs in a human population exposed to malaria, expressed from local parasites and the 3D7 control; (c) we found in vitro that some sera contained naturally acquired antibodies which blocked the adherence of the parasitized RBCs to ICAM-1 and CD36; (d) we detected a low frequency of the S allele (hemoglobin S) in the study population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-06-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.