• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2012.tde-18042013-102717
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Perlati Santos Aleixo de Paula
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Franco, Marcelo de (Presidente)
Kaneno, Ramon
Mauro, Eliana Faquim de Lima
Título em português
Influência dos alelos R e S do gene Slc11a1 na suscetibilidade à carcinogênese de pele induzida por 7,12-dimetilbenzantraceno.
Palavras-chave em português
Camundongos
Inflamação
Neoplasias cutâneas
Pele
Polimorfismo
Resumo em português
Camundongos AIRmax e AIRmin diferem na sensibilidade à carcinogênese, sendo os AIRmin mais sensíveis à carcinogênese de pele devido ao seu fundo genético e um polimorfismo no gene Ahr. Mais que isso, estas linhagens possuem um desequilíbrio de frequência dos alelos do gene Slc11a1. Para estudar a interação dos alelos de resistência (R) ou suscetibilidade (S) do gene Slc11a1 com os loci de resposta inflamatória aguda dos animais AIRmax e AIRmin, foram produzidas sublinhagens homozigotas para estes alelos:AIRmaxRR, AIRmaxSS, AIRminRR e AIRminSS. Nosso objetivo foi investigar a diferença de sensibilidade à carcinogênese de pele induzida por DMBA nestas sublinhagens. A incidência de câncer de pele foi de 7% nos animais AIRminRR e de 13% nos animais AIRminSS.Os animais AIRmaxSS não apresentaram câncer de pele, mas a incidência de câncer em órgãos internos foi 100% nesta sublinhagem.Esses dados mostraram que os camundongos AIRmaxSS tem maior suscetibilidade à carcinogênese, sugerindo que o alelo S, no fundo genético AIRmax, pode influenciar na suscetibilidade ao câncer.
Título em inglês
Influence of R and S alleles of Slc11a1 gene in the susceptibility to skin cancer induced by 7,12-Dimethylbenz[a]anthracene.
Palavras-chave em inglês
Inflammation
Mice
Polymorphism
Skin
Skin cancers
Resumo em inglês
Mice AIRmax and AIRmin differ on sensibility to carcinogenesis. AIRmin mice are significantly more sensitive to skin carcinogenesis than AIRmax mice due to the genetic background and the polymorphism of aryl hydrocarbon receptor (Ahr) gene. Furthermore,these mice have an imbalance of frequency of Slc11a1 gene alleles.To study the interaction of resistant (R) or susceptible (S) Slc11a1 alleles with acute inflammatory reaction loci found in AIRmax and AIRmin mice, homozygous sublines for these alleles were produced: AIRmaxRR, AIRmaxSS, AIRminRR and AIRminSS. The objective of this study was to investigate the difference in skin carcinogenesis sensibility induced by DMBA agent in these sublines.The incidence of skin cancer was 7% in AIRminRR mice and 13% in AIRminSS mice.AIRmaxRR and AIRmaxSS mice did not show skin cancer, but the incidence of internal organs cancer was 100% only in AIRmaxSS mice. These data showed that AIRmaxSS animals have higher susceptibility, suggesting that the S allele in the AIRmax background could influence susceptible to cancer.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.