• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2011.tde-12082011-110633
Documento
Autor
Nome completo
Sandra Marcia Muxel
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Lima, Maria Regina D'Imperio (Presidente)
Almeida, Sandro Rogerio de
Boscardin, Silvia Beatriz
Keller, Alexandre de Castro
Rodrigues, Mauricio Martins
Título em português
Papel das células T convencionais e não-convencionais do baço durante a infecção pelo Plasmodium chabaudi AS.
Palavras-chave em português
Plasmodium (Imunologia)
Baço
Interferons
Linfócitos B
Linfócitos T
Malária
Resumo em português
As células T CD4+ do baço são importantes na proteção frente à malária através de mecanismos mediados pelas citocinas do perfil Th1. Neste trabalho observamos o aumento das células NK1.1+TCRab por baço nos camundongos C57BL/6, que apresentam o fenótipo de células ativadas, produzem IFN-g, expressam de níveis altos de Fas e PD-L1 que correlaciona com a baixa capacidade proliferativa na fase aguda da infecção pelo Plasmodium chabaudi AS. As células T CD4+ convencionais são a principal subpopulação de células T ativadas na resposta imune frente à infecção, que se desenvolve em duas fases consecutivas concomitantemente com as parasitemias aguda e crônica. Na fase aguda da infecção, a resposta das células T CD4+ convencionais é intensa e de curta duração, com produção grandes quantidades citocinas com cinética semelhante às células T CD4+ não-convencionais. Dessa maneira, as células T CD4+ convencionais possuem um papel central no início da resposta ao P. chabaudi, respondendo em paralelo com as células T não-convencionais como uma ponte entre a imunidade inata e adquirida.
Título em inglês
Role of conventional and non-conventional T cell in the spleen during Plasmodium chabaudi AS infection.
Palavras-chave em inglês
Plasmodium (Immunology)
B lymphocytes
interferons
Malaria
Spleen
T lymphocytes
Resumo em inglês
Spleen CD4+ T cells have an important role for protection against malaria through mechanisms mediated by Th1 cytokines. We observed that the increase in NK1.1+TCRab cell numbers per spleen in C57BL/6 mice, show an activated cell phenotype, with high expression of Fas and PD-L1 correlating with their low proliferative capacity and produce IFN-g during the acute P. chabaudi infection. We show that conventional CD4+ T cells are the main activated T cells subpopulation in the immune response to infection, which develops in two consecutive phases concomitantly with acute and chronic parasitemias. In the acute phase, the conventional CD4+ T cell response is intense and short-lasting, rapidly providing proinflammatory. Taken together, these results indicated the central role of conventional CD4+ T cells during P. chabaudi malaria, acting in parallel with non-conventional CD4+ T cells as a link between innate and acquired immunity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-08-24
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • KELLY, Ben L., et al. The Spleen CD4+ T Cell Response to Blood-Stage Plasmodium chabaudi Malaria Develops in Two Phases Characterized by Different Properties [doi:10.1371/journal.pone.0022434]. PLoS ONE [online], 2011, vol. 6, n. 7, p. e22434.
  • MUXEL, Sandra Marcia, et al. Comparative Analysis of Activation Phenotype, Proliferation, and IFN-γ Production by Spleen NK1.1 [doi:10.1089/jir.2009.0095]. Journal of Interferon & Cytokine Research [online], 2010, vol. 30, n. 6, p. 417-426.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.