• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2015.tde-06102015-134413
Documento
Autor
Nome completo
Alessandra Paes Suppa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro Filho, Orlando Garcia (Presidente)
Mauro, Eliana Faquim de Lima
Oliveira, Ana Paula Ligeiro de
Oliveira, Silvio Luis de
Peron, Jean Pierre Schatzmann
Título em português
Mecanismos reguladores da resposta inflamatória aguda sitêmica produzida pela isquemia e reperfusão intestinal em camundongos geneticamente selecionados para alta ou baixa reatividade inflamatória.
Palavras-chave em português
AIRmax
AIRmin
Hipóxia
Inflamação
Intestino HIF-1α
Isquemia/Reperfusão
Pulmão
Resumo em português
Alterações no mecanismo de transporte de oxigênio (O2) frequentes em inflamações, infecções, tumores, transplantes e isquemia, levam a hipóxia tecidual. Espécies reativas do O2 são produzidas e citocinas inflamatórias são liberadas engatilhando uma série de eventos, os quais são amplificados após a restituição do fluxo sanguíneo resultando em inflamação sistêmica. No presente estudo, caracterizamos a regulação da Resposta Inflamatória Aguda (AIR) após indução de isquemia e reperfusão intestinal (I/Ri) e a participação do HIF-1α neste fenótipo. Camundongos selecionados para alta (AIRmax) e baixa (AIRmin) AIR foram submetidos a I/Ri e avaliados em diferentes períodos de reperfusão (0, 1, 4 e 24h). Nossos resultados demonstraram maior sensibilidade da linhagem AIRmax frente a I/Ri, confirmada por: 1) maior mobilização de neutrófilos para circulação periférica; 2) maior adesão celular e aumento da migração granulocítica no intestino e pulmão; 3) aumento da expressão de genes de citocinas e daqueles expressos em hipóxia (Tnfa, Il1, Il6 e Hif1a); 4) Translocação Bacteriana (TB); 5) maior expressão pulmonar da proteína HIF-1α e de proteínas envolvidas em processos inflamatórios tais como S100A9, Anexina 1, Profilina 1, Tropomiosina. Por outro lado, a linhagem AIRmin foi considerada pouco responsiva aos efeitos da I/Ri. Diante do exposto, nós concluímos que a sensibilidade dos camundongos AIRmax à injuria após indução de IRi está associada ao agravamento da inflamação sistemica, a qual foi determinada pela indução de HIF-1α atrelada à expressão de proteínas pró- inflamatórias e TB, indicando o compartilhamento ou a co- segregação entre os genes envolvidos na AIR e na hipóxia.
Título em inglês
Regulatory mechanisms of systemic acute inflammation produced by intestinal ischemia and reperfusion in mice genetically selected for high or low inflammatory reactivity.
Palavras-chave em inglês
AIRmax
AIRmin
Gut
HIF-1α
Hypoxia
Inflammation
Ischemia/Reperfusion
Lung
Resumo em inglês
Changes in oxygen transport mechanism (O2) frequent in inflammation, infection, tumors, transplantation and ischemia, lead to tissue hypoxia. Reactive species of O2 are produced and inflammatory cytokines are released triggering a series of events, which are amplified after blood flow refund resulting in systemic inflammation. In the present study, we characterized the regulation of Acute Inflammatory Response (AIR) after intestinal ischemia and reperfusion (I/Ri) induction and the involvement of HIF-1α in this phenotype. Mice selected for high (AIRmax) and low (AIRmin) AIR were subjected to I/Ri and evaluated in different periods of reperfusion (0, 1, 4 and 24h). Our results show sensitivity of AIRmax front line I/Ri, confirmed by: 1) higher neutrophils mobilization to peripheral circulation; 2) increase in cell adhesion and granulocyte migration in lung and intestine; 3) higher expression of cytokine genes and those expressed in hypoxia (TNFa, IL-1, IL-6 and HIF1a); 4) Bacterial Translocation (BT), 5) increase in HIF-1α pulmonary protein expression and those involved in inflammatory processes such as S100A9, Annexin 1, profilin 1 Tropomyosin. On the other hand, the AIRmin line was considered unresponsive to effects of I/Ri. We concluded that the I/Ri sensitivity of the AIRmax mice were associated with worsening of systemic inflammation, which was determined by HIF-1α induction linked to the expression of pro- inflammatory proteins and TB, indicating the share and/or co-segregation of the genes involved in AIR.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.