• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2009.tde-02022010-122646
Documento
Autor
Nome completo
Maira Macedo de Sant'Anna Pernavia
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Mendes, Joao Gustavo Pessini Amarante (Presidente)
Nunes, Anderson de Sá
Zamboni, Dario Simões
Título em português
Papel dos receptores do tipo Toll na morte celular induzida por ativação (AICD) de linfócitos T.
Palavras-chave em português
Apoptose
FasL
Faz
Imiquimod
Linfócitos T
Padrões moleculares associados à patógenos
Receptores celulares
Receptores do tipo Toll
Resumo em português
Durante uma infecção o número de linfócitos T aumenta dramaticamente. A fase de expansão clonal é seguida pela redução do nível de células T ativadas que depende, em parte, de um processo de morte celular induzida por ativação (AICD). Nosso grupo mostrou que APCs quando são estimuladas com LPS, um agonista de TLR4, produzem PGE2, que inibe a AICD de linfócitos T CD4+ através da supressão da expressão de CD95L (Weinlich et al, 2008). Porém, os efeitos da estimulação direta de TLR nos linfócitos T sobre o processo de AICD foram pouco elucidados. Sendo assim, o projeto tem como objetivo verificar se a estimulação dos diversos TLRs com seus agonistas é capaz de modular a AICD de hibridomas de linfócito T DO11.10. Inicialmente, demonstramos que este hibridoma expressa os TLR1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 9 e 11. Dentre todos os agonistas utilizados somente o Imiquimod, um agonista de TLR7, reduziu a morte celular quando adicionado durante a indução de AICD. O efeito protetor desse agonista foi através da inibição da expressão de CD95L, tanto no nível de mRNA quanto protéico.
Título em inglês
Role of Toll-Like receptors in the activation-induced cell death (AICD) of T cells hybridoma.
Palavras-chave em inglês
Apoptosis
Cell receptors
FasL
Faz
Imiquimod
Pathogen-associated molecular patern
T lymphocytes
Toll-like receptors
Resumo em inglês
During an infection the number of T lymphocytes increases dramatically. The clonal expansion phase is followed by reducing the level of activated T cells that depends, in part, a process of cell death induced by activation (AICD). Our group showed that when APCs are stimulated with LPS, a TLR4 agonist, produce PGE2, which inhibits the AICD of CD4 + T cells by suppressing the expression of CD95L (Weinlich et al, 2008). However, the effects of direct stimulation of TLR on T cells on the process of AICD were little explained. Therefore, the project aims to determine whether the stimulation of different TLRs to their agonist is able to modulate AICD of T lymphocyte hybridoma DO11.10. Initially, we demonstrated that this hybridoma expresses TLR1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 9 and 11. Among all agonists used only imiquimod, a TLR7 agonist, reduced cell death when added during the induction of AICD. The protective effect of this agonist was by inhibiting the expression of CD95L, both at the mRNA and protein.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.