• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2017.tde-05122016-152231
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Frederico Alves de Vasconcelos Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Murrieta, Rui Sergio Sereni (Presidente)
Ferreira, Hugo Fernandes
Prado, Helbert Medeiros
Título em português
Atividade caça em uma comunidade da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã (RDSA)
Palavras-chave em português
Amazônia
Atividades Cinegéticas
Ecologia Humana
RDSA
Ribeirinhos
Resumo em português
A história da ocupação recente do Lago Amanã inicia-se nas décadas finais do século XIX com o declínio na produção da borracha brasileira. Após o fim deste ciclo, a economia na região amazônica passou por uma grande diversificação, centrando-se na extração de madeira, pesca, caça (comércio de peles e carne), dentre outros produtos. Com esta mudança na economia extrativista, os regatões que abasteciam o mercado interiorano e, sobretudo, os seringais, passaram a deslocar-se para os interiores em busca de produtos regionais para atender a demanda nas capitais. Desse modo, o capítulo 2 dessa dissertação tem como objetivo realizar uma reconstrução histórica a respeito do processo de ocupação e modo de vida das pessoas que atualmente situam-se na comunidade Boa Esperança (localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã) e fornecer detalhes sobre processos que podem influenciar a atividade de caça relatada no capítulo 3. Já o capítulo 3 se propõe a responder as seguintes questões: 1) a variação sazonal do nível dos rios afeta a atividade de caça na área estudada? 2) a preferência alimentar por determinada espécie influencia no abate das demais? Para obter a resposta, foram utilizados dados de monitoramento de caça entre os anos de 2003 e 2014. Uma etapa piloto foi realizada entre setembro e outubro de 2014, com duração de 22 dias para a seleção da comunidade; durante os meses de fevereiro e março de 2015, em 48 dias de campo, realizou-se a primeira etapa de campo para testes metodológicos; a segunda etapa da pesquisa foi realizada nos meses de agosto a outubro do mesmo ano, totalizando 66 dias em campo. Foram selecionados todos os indivíduos do sexo masculino com idade superior a 18 anos e que participassem da atividade de caça no local. Foram realizadas conversas informais que possibilitaram a elaboração do roteiro de história de vida. Somado a essas entrevistas de caráter mais informal, foram realizadas 47 expedições para realizar a observação participante, sendo 11 para caça, 16 para pesca, 19 para agricultura e apenas uma para coleta de madeira. Os dados de caça utilizados no capítulo 3 fazem parte de um sistema de monitoramento de caça a longo prazo chamado de SMUF (Sistema de Monitoramento do Uso da Fauna), realizado entre os anos de 2002 e 2014. Para identificar se a variação no nível dos rios causa efeito sobre a atividade de caça local foi utilizado dados fluviométricos do mesmo período. Discriminou-se para todos os animais abatidos sua identificação científica, peso individual, local e data do abate, número de caçadores envolvidos e o tempo de caçada. Para responder à questão central do capítulo 3 utilizamos o teste de correlação de Pearson para compararmos se a biomassa animal coletada e esforço exercido pelos caçadores variam de acordo com a fluviometria local. Buscando averiguar se a fluviometria influi diferentemente no abate de algumas espécies, as mesmas análises foram realizadas separadamente com os cinco animais mais caçados. Os dados do capítulo 2 forneceram informações extremamente importantes para compreender o modo de vida dos moradores da Comunidade Boa Esperança. Apesar da caça ter capacidade de gerar grandes impactos na fauna, nossos dados deram luz a fatores ambientais, culturais e socioeconômicos que são capazes de modificar o modo como os animais são caçados localmente. Os dados do capítulo 3 demonstraram que a relação entre biomassa coletada, esforço despendido e fluviometria variam de acordo com a espécie caçada. De modo geral, isso pode estar associado a diversos fatores: 1) heterogeneidade de habitats, diversidade florística e conectividade das áreas de caça com áreas de igapó e várzea; 2) variações sazonais de produtividade e disponibilidade de alimentos entre as áreas; 3) diferenças no forrageio das espécies; 4) comportamento agregativo de algumas espécies; 5) efeitos da sobrecaça e expansão agrícola. Outro fator que pode ser associado as correlações entre biomassa, esforço e fluviometria é a preferência alimentar. Tendo em vista que as demais comunidades que compõem a RDS Amanã podem possuir diferentes históricos socioeconômicos, ambientais e de vida, temas como a migração de bandos, variação sazonal de abate, preferência alimentar, demanda comercial de carne silvestre e inserção de fontes alternativas de renda merecem ser estudados com mais profundidade para que se possa ter uma real compreensão da dinâmica de caça nas comunidades. Esses estudos serão fundamentais para a elaboração de um Plano de Gestão embasado nas diferentes realidades locais
Título em inglês
Hunting activity in Amanã's Community Sustainable Development Reserve (ASDR)
Palavras-chave em inglês
Amazônia
ASDR
Human Ecology
Hunting
Riverine
Resumo em inglês
The history of recent occupation of Amanã Lake starts in the final decades of the nineteenth century with the decline in the production of Brazilian rubber. After the end of this cycle, the economy in the Amazon region went through a major diversification, focusing on logging, fishing, hunting (trade skins and meat), among other products. With this change in the extractive economy, ship supplying the small-town market and, above all, the rubber plantations, began to move to the interior in search of regional products to meet demand in the capital. Thus, Chapter 2 of this dissertation aims to conduct a historical reconstruction about the process of occupation and way of life of the people who currently are in the community Boa Esperança (located in the Amana Sustainable Development Reserve) and provide details about processes that can influence the hunting activity reported in chapter 3 aims to answer the following questions: 1) the seasonal variation in the level of rivers affects the hunting activity in the study area? 2) food preference for particular species influences the slaughter of others? For the answer, hunting monitoring data were used between 2003 and 2014. A pilot phase was conducted between September and October 2014, lasting 22 days for the selection of the community; during the months of February and March 2015 in 48 field days, held the first field stage for methodological tests; the second stage of the research was conducted from August to October of that year, a total of 66 days in the field. selected were all males over the age of 18 and who participate in the hunting activity on site. Informal talks were held which enabled the development of the life story script. Added to these more informal character interviews, 47 shipments were made to perform participant observation, 11 for hunting, fishing 16, 19 for agriculture and only one for timber harvesting. The game data used in Chapter 3 are part of a long-term game monitoring system called SMUF (Monitoring System of the Wildlife Use), conducted between 2002 and 2014. To identify the variation in the level of rivers cause effect on the local hunting activity was used streamflow data from the same period. Discriminated to all animals slaughtered their scientific identification, individual weight, place and date of slaughter, the number of hunters involved and the hunting time. To answer the central question of Chapter 3 used the Pearson correlation test to compare the animal biomass collected and effort deployed by hunters vary according to the local seasonality. Seeking to establish whether the seasonality influence differently in the slaughter of some species, the same analyzes were performed separately with the five animals most hunted. The Chapter 2 Data provided extremely important information to understand the way of life of the residents of the Community Boa Esperança. Despite the game have the ability to generate large impacts on wildlife, our data gave birth to environmental, cultural and socio-economic factors that are able to modify the way the animals are hunted locally. The chapter 3 data showed that the relationship between collected biomass, effort expended and seasonality vary according to the hunted species. In general, this may be associated with several factors: 1) heterogeneity of habitats, floristic diversity and connectivity of hunting areas with areas of igapó and floodplains; 2) seasonal variations in productivity and food availability between areas; 3) differences in foraging species; 4) affiliative behavior of some species; 5) effects of overhunting and agricultural expansion. Another factor that may be associated correlations between biomass, effort and seasonality is food preference. Given that the other communities that make up the RDS Amanã may have different socioeconomic backgrounds, environmental and life issues such as migration flocks, seasonal variation of slaughter, food preference, commercial demand for bushmeat and inclusion of alternative sources of income they deserve to be studied in greater depth so that you can have a real understanding of the dynamics of hunting in communities. These studies will be fundamental to the development of a management plan grounded in the different local realities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.