• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2009.tde-13072009-113356
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Yuri Jono
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Ceccantini, Gregório Cardoso Tápias (Presidente)
Angyalossy, Veronica
Marcati, Carmen Regina
Título em português
Anatomia ecológica do lenho e atividade cambial de Roupala rhombifolia (Proteaceae) na Serra do Cipó (MG)
Palavras-chave em português
Anatomia ecológica
Atividade cambial
Roupala rhombifolia
Resumo em português
Nas regiões tropicais, em contraponto com regiões temperadas, as variações ambientais são mais amenas e por anos foi considerado que as espécies tropicais apresentavam crescimento contínuo. Entretanto, as variações ambientais podem ocorrer em grande e pequena escalas, sendo possível que a mesma espécie responda diferentemente aos variados estímulos. Por isso, objetivou-se analisar o comportamento de crescimento de Roupala rhombifolia através do estudo da fenologia, atividade do câmbio e mudanças nas características do lenho em função das características ambientais em pequena escala, com ênfase nas diferenças edáficas. Os resultados fenológicos mostraram que a espécie é sempre-verde, com brotamentos periódicos, perda contínua das folhas e floração não anual, observada apenas em novembro de 2007 após evento de queimada. A frutificação, por sua vez, não foi observada, exceto pela manutenção dos frutos e sementes de reprodução anterior. A atividade cambial é sazonal e apresenta relação positiva com o brotamento e expansão das folhas novas, que por sua vez, estão associados principalmente às primeiras chuvas no final da estação seca, em junho (2006), quando se inicia a reposição hídrica do solo. Durante o intervalo dos períodos de brotação, a atividade cambial reduz a níveis mínimos, próximos à inatividade. A diferenciação do xilema e do floema ocorrem ao longo de todo o ano, entretanto, a ausência de marcadores no floema dificultou a avaliação da sazonalidade da intensidade de sua diferenciação. Na anatomia comparada do lenho, os resultados de análises de variância e de agrupamento mostraram que existem distinções claras entre os indivíduos de cada uma das formações vegetais estudadas (campo, mata ciliar e mata de topo de morro). Os indivíduos do campo são mais distintos, possuindo os menores valores de densidade e área de vasos, altura de raio, comprimento de fibra e porcentagem de área condutora, e os maiores valores de comprimento do elemento de vaso. Os indivíduos de mata ciliar, por sua vez, apresentaram maiores valores, com exceção da densidade de vasos, quando comparado com os de topo de morro, que apresentaram no geral valores intermediários. Grande parte dessas diferenças se deve às características de cada formação vegetal, como proximidade do corpo dágua e principalmente às diferenças físicas e químicas dos solos. Desta maneira, é possível concluir que a espécie é capaz de responder a estímulos ambientais e, apesar de sempre-verde, possui crescimento sazonal em função da precipitação e fotoperíodo, além de apresentar modificações anatômicas do lenho em função de variações edáficas
Título em inglês
Ecological wood anatomy and cambial activity of Roupala rhombifolia (Proteaceae) in Serra do Cipó (MG)
Palavras-chave em inglês
Cambial activity
Ecological anatomy
Roupala rhombifolia
Resumo em inglês
The intensity of environmental variations is smaller on tropical than temperate regions. Therefore, tropical species were considered for years as evergrowing. In addition, environmental variations can exist in small and big scales and species should respond differently depending on each environmental stimulus. By these reasons, the aim of the study was to analyze the growth pattern of Roupala rhombifolia, considering phenology, cambial activity and anatomical wood features changes, concerning the micro-scale with edaphic differences emphasis. Phenological results showed that R. rhombifolia is an evergreen specie with periodical flushes, continuous leaf fall and not annual flowering, that weakly happened only in November 2007 after a fire event. The fruiting event was not seen during the observation period, except by the maintenance of fruits and seeds from previous fruiting period. Seasonal cambial activity was found positively associated with bud break and leaf expansion, which were related with water soil restoration after the first rain in June 2006, during seasonal drought end. Cambial activity decreased, reaching minimal values, between flush and expansion periods. Xylem and phloem differentiation were found all over the year, but seasonal phloem differentiation was not evaluated due to the absence of growth markers. In comparative wood anatomy the variance (ANOVA) and cluster analysis showed that the specimens of the areas compared had clear differences and were grouped in each physiognomy. The best distinctiveness was found in the field specimens, which had the lowest values for vessel area, vessel density, ray height, fiber length and conductive area percentage, and the highest values for vessel element length. Riparian forest specimens showed higher values compared to mountain top forest specimens, except by vessel density. Therefore, mountain top forest specimens had intermediated values. Most of those anatomical differences are associated with each physiognomy characteristics like water body distance and essentially physical and chemical soil differences. In conclusion, R. rhombifolia can respond to environmental stimulus presenting seasonal growth pattern, concerning rain and photoperiod, and anatomical wood changes, concerning edaphic differences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Viviane_Jono.pdf (9.70 Mbytes)
Viviane_Jono_parcial.pdf (139.71 Kbytes)
Data de Publicação
2009-07-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.