• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2012.tde-08032013-163454
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Fernando Devecchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Pirani, Jose Rubens (Presidente)
Perez, Ana Paula Fortuna
Souza, Vinicius Castro
Título em português
As tribos Crotalarieae (Benth.) Hutch. e Genisteae (Bronn) Dumort. (Leguminosae - Papilionoideae) na Serra do Cipó, Minas Gerais, Brasil
Palavras-chave em português
Anatomia foliar
Crotalaria
Flora
Leguminosae
Lupinus
Papilionoideae
Serra do Cipó
Resumo em português
O principal objetivo deste trabalho é o levantamento e estudo taxonômico das espécies das tribos Crotalarieae (Benth.) Hutch. e Genisteae (Bronn) Dumort. de Leguminosae-Papilionoideae, que ocorrem na Serra do Cipó, Minas Gerais. A Serra do Cipó está localizada na porção sul da Cadeia do Espinhaço, um conjunto de elevações que se estende por cerca de 1000 km na direção Norte-Sul, entre os estados de Minas Gerais e Bahia. Inserida no Domínio do Cerrado, a Serra do Cipó apresenta os campos rupestres como o principal tipo vegetacional, associados aos afloramentos rochosos e solos litólicos encontrados nas áreas mais altas das serras. Os campos rupestres mineiros estão frequentemente entremeados por fitofisionomias de cerrado, matas ciliares, capões de mata e brejos estacionais ou perenes. Expedições a campo e levantamento dos principais herbários que abrigam coleções da região, levaram ao reconhecimento de 18 espécies, pertencentes a 2 gêneros dos grupos estudados: 16 espécies de Crotalaria L. (Crotalarieae), e de 2 espécies de Lupinus L. (Genisteae). O capitulo 1 da dissertação compreende o levantamento das espécies e o seu estudo taxonômico segundo o modelo da Série Flora da Serra do Cipó, contendo chaves de identificação, descrições morfológicas e ilustrações dos gêneros e espécies, além de comentários sobre sua distribuição geográfica, fenologia e variabilidade, editados no formato da publicação. O capitulo 2 trata de um estudo de anatomia foliar realizado com as 16 espécies de Crotalaria que ocorrem na área estudada, com o objetivo de levantar caracteres que possam auxiliar na circunscrição das espécies. Esse estudo utilizou amostras de folhas obtidas de material herborizado e técnicas usuais em anatomia vegetal, incluindo análises em microscopia de luz e microscopia eletrônica de varredura. Muitos dos caracteres analisados mostraram-se relativamente uniformes, no entanto alguns deles revelaram-se úteis no diagnóstico de espécies. Destacam-se dentre estes alguns caracteres relacionados à textura, a aspectos de venação, tais como a formação de aréolas e modo de inserção das nervuras secundárias à nervura mediana, e principalmente à epiderme
Título em inglês
The tribes Crotalarieae and Genisteae (Leguminosae-Papilionoidae) of the Serra do Cipó, Minas Gerais, Brazil
Palavras-chave em inglês
Crotalaria
Flora
Leaf anatomy
Leguminosae
Lupinus
Papilionoideae
Serra do Cipó
Resumo em inglês
The main goal of this study is to provide a taxonomic survey of the tribes Crotalarieae (Benth.) Hutch. and Genisteae (Bronn) Dumort. (Leguminosae-Papilionoideae) in the Serra do Cipó, Minas Gerais. The Serra do Cipó is located in the southern portion of the Espinhaço range of mountains, which extends for about 1000 km in north-south direction, from the state of Minas Gerais to the state of Bahia. The Serra do Cipó belongs to the Cerrado Domain, and its main vegetation type is the Campo Rupestre, a mostly herbaceous formation with scattered shrubs and treelets on litholic or sandy soils around rocky outcrops,found in higher areas of the mountains. On lower elevations other phytophysiognomies are found, mostly patches of savannahs formations (cerrados and cerradões), gallery forests, montane forests and swamps. Field expeditions and the examination of herbarium collections led to the recognition of 16 species of Crotalaria L. (Crotalarieae), and 2 species of Lupinus L. (Genisteae) in the area. The first chapter of the dissertation comprises a taxonomic survey of the species of these two genera occurring in the Serra do Cipó. It contains keys for identification, morphological descriptions and illustrations of the species, and comments on their geographical distribution, phenology and morphological variation. The second chapter presents an anatomical study of leaves of 16 species of Crotalaria occurring in the Serra do Cipó, aiming to provide additional characters for the circumscription of the species. Leaf samples were obtained from herbarium specimens and standard techniques in plant anatomy were used, including light microscopy and scanning electron microscopy. Many of the characters analyzed were non-informative, but the following ones were useful to recognize several species: characters related to lamina texture, to the epidermis, and to the venation pattern, specially the formation of areoles and mode of insertion of the secondary veins to midvein
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.